20-05-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

quinta, 01 março 2012 23:26

RME Fireface Ucx já disponível

Depois do estrondoso e rotundo sucesso da Fireface UFX, eis que a RME nos oferece uma solução igualmente profissional, mas para quem tem com maiores restrições de budget e menores necessidades em termos de E/S.

A Fireface foi o buzz absoluto de NAMM e promete ser também da Messe 2012.

Interface Audio USB/FireWire, 36 canais simultâneos a 24-Bit/192kHz com 2 processadores de efeitos e Eq parametrico, dinâmicos para todos as E/S.
Class compliant com Windows/ Mac/ Linux e dispositivos iOS, ou seja 8 ins, 2 outs de prés e conversores RME até num simples iPAD.

Este equipamento já pode ser testado e adquirido na MK2.
 
Publicado em Tech
quinta, 08 novembro 2012 23:28

RMX-1000 disponível em branco pérola

Lançado em junho de 2012, o modelo original de RMX-1000 tornou-se o "must-have" numa cabine: o comprometedor sistema três-em-um inclui software de edição, hardware de alto desempenho e controlador para plug-ins de VSTi e AUii. Agora, a gama de equipamentos RMX-1000 oferece ainda mais flexibilidade, devido à adição do formato RTASiii para Pro Tools para proporcionar maior possibilidade de seleção de plug-ins.
 
Ambos os modelos de RMX-1000, em preto e branco pérola, superam as possibilidades de um simples processador de efeitos. Não se trata apenas da manipulação do som de entrada. Com este processador, os DJ e produtores profissionais podem criar novos beats e produzir os seus próprios sons, bem como reproduzir samples personalizados num instante. E a função Quantize garante a activação dos samples sempre no tempo certo.
 
A gama dos equipamentos RMX-1000 coloca efeitos de estúdio nas pontas de dedos dos DJ e o interface de desempenho intuitivo, incluído na linha de mesas de mistura e processadores de efeitos de topo de gama, oferece resultados que apenas são possíveis de alcançar num estúdio.
 
O software de edição remixbox™ permite personalizar totalmente o RMX-1000 ao estilo dos DJ e carrega-lo com os seus próprios bancos de samples. E, ao guardar as configurações para um cartão SD, os DJ podem transportá-las, de uma forma segura para qualquer lado.
 
Ao utilizar o RMX-1000 como um controlador USB para os plug-ins RMX-1000 VST, AU e RTAS, oferece uma experiência ao nível de um estúdio profissional, adicionando o divertimento à produção.
 
  • As principais características incluem:
  • Misturas no momento - processador de efeitos multiusos, três-em-um;
  • Hardware de alto desempenho totalmente personalizável - inclui o software de edição remixbox™;
  • O primeiro controlador dedicado para os plug-ins VST/AU/RTAS;
  • Recria efeitos de qualidade de estúdio e sons de beatbox;
  • Isoladores de 3 bandas e FX;
  • 10 Scene FX;
  • Release FX para sair com estilo das combinações FX complexas;
  • X-Pad sensível ao toque com o exclusivo Pitch Roll;
  • FX Múltiplo;
  • Novidade: Auto BPM;
  • Quatro bancos de samples;
  • Função Quantize;
  • Entrada para cartão SD;
  • Ligação USB/MIDI;
  • Controladores intuitivos e de fácil utilização;
  • Design compacto e elegante, agora disponível em branco pérola.
 
O RMX-1000 em branco está disponível a partir de novembro de 2012 pelo preço de 749 euros, com IVA incluído.
 
 
Publicado em Tech
A pensar em todos os DJs e produtores a Pioneer revelou nos últimos dias os novos modelos de colunas S-DJ X-Series. S-DJ50X, S-DJ60X e S-DJ80X são os novos modelos da mais alta tecnologia desenvolvidos pela Pioneer e pela sub-marca TAD (Technical Audio Devices), que asseguram um som preciso, graves fortes e médios claros, mesmo em altas frequências.
 
As colunas robustas S-DJ X-Series foram desenvolvidas para produzir graves fortes e uma batida firme e enérgica, mesmo em volumes mais altos. Os woofers de 5, 6 ou 8 polegadas foram construídos a partir de fibra de aramida, o que os torna fortes e resistentes. Além disso, os defletores robustos asseguram um som potente e suave, com uma ressonância zero.
 
As S-DJ X-Series oferecem um som puro graças aos tweeters de cúpula macia de 1 polegada com difusores convexos DECO (Diffusion Effectual Convexity by Olson) da TAD. Com os amplificadores da Classe AB, que estão incluídos nos woofers e tweeters, a clareza de som está garantida. Com várias entradas, controlo de volume, ajustamento da alta frequência e função de standby automático, as S-DJ X-Series podem ser utilizadas para amplificar o DJing em qualquer espaço.
 
As S-DJ X-Series de 6 e 8 polegadas estão disponíveis em preto clássico, enquanto que os modelos de colunas de 5 polegadas podem ser adquiridos na versão em preto clássico e branco brilhante (S-DJ50X-W). Assim, os DJs têm a possibilidade de escolher o tamanho e o design das colunas, conforme o seu orçamento e de modo a condizer com o espaço onde vão ser instaladas.
 
As S-DJ50X e S-DJ50X-W custam 154,00 euros, as S-DJ60X podem ser compradas por 206,00 euros e as S-DJ80X podem ser adquiridas pelo preço de 257,00 euros, todas com IVA já incluído.
 
Sabe mais em pioneer.pt.
 
Publicado em Tech
 
A Pioneer acabou de anunciar o novo leitor CDJ-2000NXS2 e a mesa de mistura DJM-900NXS2, as últimas versões dos seus topos de gama.
 
Dito pela Pioneer como “um passo de gigante”, o CDJ-2000NXS2 em relação ao seu antecessor oferece um ecrã tátil maior, multi-cor, com um teclado QWERTY e filtros de pesquisa para uma mais rápida procura de músicas. Existem também agora dois bancos de 4 Hot Cues e um interface de áudio de 24-bit/96kHz.
 
A DJM-900NXS2 entretanto possui o primeiro processador de mistura de 96-bit que se traduz num som mais quente e mais detalhado. O equalizador e as curvas dos faders foram afinadas e há mais opções de controlo dos efeitos. Do lado da conectividade, temos agora um send/return independente, 4 inputs phono e duas portas USB.
 
A Pioneer fez um trabalho sólido ao ouvir alguns dos pedidos mais requisitados pelos seus utilizadores e transpondo-os para o novo CDJ-2000NXS2. As novas características incluem:
 
- Melhor qualidade de som: Uma placa de som de 96kHz/24-bit incorporada, com um conversor digital/analógico de 32-bit e saída digital melhorada para fornecer a melhor qualidade de som possível. 
 
- Melhor suporte de ficheiros de som: FLAC e ALAC são agora possíveis reproduzir.
 
- Ecrã tátil a cores: Um ecrã tátil de 7” como nos XDJ-1000s. Pode ser usado para procurar músicas através do novo métodos de filtragem de metadata, escrever no teclado QWERTY e muito mais.
 
- 8 Hot Cues com cores: A Pioneer aumentou a secção de Hot Cues para 4 botões (2 brancos) e com cores diferentes.
 
- Controlo Midi: Finalmente o DDJ-SP1 poderá ter uso juntamente com um setup de topo. Pode mesmo ser conectado para controlar até 4 CDJ-2000NXS2 com o Pro Dj Link activado. Isto significa cues, loops, slip e procura mais rápidos - e pads muito melhores (borracha) para activar pontos de cue.
 
- Quantização fracional: Permite-te mudar o nível de quantização do beat entre 1/8, 1/4, 1/2.
 
- Actualização do Pro Dj Link: Um Phase Meter melhorado com dois modos, grelhas de batida com precisão até ao microsegundo e um beat jump quantizado.
 
- Controlo Rekordbox Dj HID
 
- 3 posições de play: Forward, Reverse e Slip Reverse.
 
 
Principais características DJM-2000NXS2
 
- Som digital melhorado: Um processador de 64-bit e uma tecnologia de dithering melhorada oferecem um som analógico mais natural. Existe ainda uma placa de som interna de 96kHz/24-bit, uma ligação digital directa, assim como um novo transformador desenhado para eliminar ruídos.
 
- Input analógico melhorado: A Pioneer tem um novo circuito de amplificador phono e um novo sinal do terminal terra (GND) para facilmente ligar cabos terra partir de gira-discos analógicos.
 
- Eq, Fader e Controlo de Clip: Curvas dos faders melhoradas: as 3 curvas foram ajustadas para maior precisão e controlo, enquanto que as curvas do equalizador agora têm maior precisão ao longo das 3 frequências (Low, Mid, High). Foi introduzido um novo indicador de “clip” juntamente com uma estrutura de “gain” redesenhada para que os indicadores não entrem no vermelho cedo de mais.
 
- Send/Return independente: Agora já não é necessário usar o Beat Fx para enviar e receber um efeito externo. Este novo send/return pode ser usado com um jack de 1/4” ou via USB e servir como input de FX ou AUX. O suporte InterApp permite ainda usar efeitos ou instrumentos a partir de aplicações do ipad - por exemplo, a aplicação virtual do RMX-1000.
 
- 6 Color FX: Um novo Sweep - substitui o gate/comp. Um novo botão altera os diferentes parâmetros para cada efeito e cada canal tem um botão maior para um controlo mais aprimorado.
 
- 14 Beat FX: Novos efeitos: Ping Pong, Vinyl brake, Helix, Pitch, Reverb melhorado e um X-pad maior com visor OLED.
 
- Beat FX aplicado a frequências: 3 botões permitem selecionar a que frequência queremos aplicar o efeito (por exemplo, já não é necessário reduzir os baixos num canal ou usar o filtro enquanto se aplica um efeito).
 
- Novo input/output: Duas portas USB, 4 inputs phono e suporte para DVS (digital vinyl system). Rekordbox Dj DVS pack irá ser lançado brevemente.
 
- Duas entradas de headphones: Jack stereo 1/4” e 3.5mm minijack.
 
- Melhor qualidade de Construção: O novo fader Magvel é um crossfader de alta resposta, desenhado para uma utilização suave e mais durabilidade.
Os RCA´s na parte traseira da DJM são agora revestidos a ouro.
 
 
Conexão Pro Dj Link simplificada
 
A Pioneer simplificou os seu processo de Pro Dj Link. Agora é possível conectar até 4 leitores de cd e partilhar uma única fonte de música, ver informação detalhada de rekordbox e desbloquear um enorme número de funcionalidades avançadas incluindo Quantize. Também é possível conectar um PC/Mac com apenas um cabo USB para controlar o rekordbox dj e outros softwares de Dj com os 4 leitores.
 
 
 
Publicado em Tech
segunda, 20 fevereiro 2012 22:10

Pioneer lança novos auscultadores

A Pioneer apresenta dois novos auscultadores que reproduzem graves de alta qualidade, capazes de gerar um som equiparável ao ambiente de discoteca em qualquer lugar. Para além da qualidade técnica, a estética é também um ponto forte dos SE-MJ721 e SE-MJ751, com o seu arrojado aspecto dicromático.

Desenvolvidos a pensar num público jovem, estes novos auscultadores Pioneer asseguram uma excelente performance com sons harmoniosos e facilmente ajustáveis a qualquer género de música graças aos seus altifalantes de 40 mm.
Disponíveis em preto, branco, vermelho/preto e castanho/branco e com os altifalantes a vermelho, estes modelos dispõem ainda de acabamentos laterais metalizados, almofadas de uretano e acabamento brilhante. Como em todos os equipamentos Pioneer, a sonoridade equilibrada e potente converge com o design elegante e futurista fazendo destes auscultadores referências para os amantes de sons fortes.

Como mais-valia técnica, o controlo giratório do nível de graves do lado direito do auscultador permite aumentar ou diminuir o intervalo de graves para adicionar uma força extra às suas batidas, sendo que o seu longo cabo de 1,2 m pode ser removido, aumentando o tempo de vida dos auscultadores e facilitando a sua arrumação. Estes auscultadores Pioneer estarão disponíveis em Abril de 2012.
 
Para aceder às principais características técnicas clique em http://www.mediafire.com/?qfon3bs9jf3gc54.
 
Publicado em Tech
domingo, 09 novembro 2014 22:55

Prefácio do APC

Em 2009, a Akai Professional, após ter colaborado com os criadores e designers do Ableton Live, um poderoso software de performance e de produção musical, introduz o   APC 40 - Ableton Performance Controller, um potente e inovador controlador midi desktop que revolucionou o design, manipulação, performance e produção deste tipo de equipamentos e com integração em software musical, neste caso o Ableton Live.
 
Desde então, a Akai Professional tem vindo a desenvolver este formato standard e a destacar-se na tecnologia e design de hardware (controladores midi) com integração em software, mostrando ser indispensável quer para simples amadores (musicos/DJ’s), de estúdio, ou mesmo reconhecidos artistas profissionais.
 
Desta vez, passados cinco anos esta mesma empresa volta a surpreender com o ressurgimento de novos modelos APC, de porte mais reduzido, (só na dimensão), e design redefinido, elevando mais ainda este tipo de tecnologia e o legado AKAI APC no design, manipulação e performance em hardware e sofware midi.
 

Formatos APC

O APC existe em 2 formatos distintos, Keyboard (Key 25) e Desktop (Mini ou APC 40 v2).
 

O APC Mini (Desktop)

O pequeno APC mini (apenas no tamanho) segue as pisadas do seu “pai” APC 40-mk2. Nada frágil, bastante portátil, com um design inovador, versátil, estruturado para aceder às funções essenciais do Ableton Live. Equipado com uma porta Usb, plug-and play, pads, botões e faders que espelham bem o layout do software ou que poderão ser mapeados ao gosto e estilo de produção de cada um. Composto por uma matriz de 64 (8 por 8) pads iluminados sensíveis ao toque, 16 botões iluminados (quase todos com dupla funcionalidade) um botão Shift e 9 faders, permite aceder com simplicidade aos diversos parâmetros do Ableton Live. 
Basta pressionar um dos pads da matriz de pads de (8 pistas por 8 cenas). Neste equipamento, cada coluna (vista como pista no Ableton) é composta por 8 slots de clips dispostos na vertical e cada linha (vista como scene no Ableton) por 8 pistas na horizontal. Ao ser pressionado cada pad ilumina segundo um codigo RGB de 3 cores distintas, vermelho, indicando a gravação do clip no slot vazio, verde indicando play do clip no slot ocupado, e âmbar (laranja) para indicar o loading do clip no Ableton Live. Quando não iluminado, este não contém nenhum clip na pista (slot vazio). 
 
Os 9 faders que se encontram abaixo da matriz de 8 por 8 clips, são normalmente utilizados para funções de mistura, alterando o volume de cada pista, incluindo o master volume (último fader da direita) do Ableton Live. Quando associado com o botão Shift, permite activar 4 funcionalidades (Volume/pan/send/macro device) que se encontram descritas abaixo.
 

APC Key 25 (Keyboard)

O APC Key incorpora as mesmas funções que o seu homónimo Mini, com a adição de um teclado de 25 teclas com sensibilidade de resposta. Vem ainda equipado com 8 pots (possivelmente “retirados” do lpd 8) que magnificam o poder criativo deste, (ex: na manipulação de parâmetros de plug-ins(instr./fx), etc.)
 
Este distingue-se do Mini apenas na matriz de pads 5x8 (menos 3 linhas de pads que o APC mini), nas funções de transporte (Rec/Play), transposição de 8 notas (Oct +/-), e de sustain da(s) nota(s). Estes botões estão situados à direita do layout do Key 25. Para as restantes funcionalidades o APC Key é semelhante ao Mini.
 

APC 40 v2 (Desktop)

O APC 40 foi também redesenhado, sendo de porte mais reduzido que o anterior modelo APC 40, layout mais detalhado, robusto, plug-and-play, porta com alimentação por usb, entrada para footswitch, com superior leitura, visibilidade e resposta nos controlos(pots rotativos de 360 graus)/pads retro-iluminados), com novas funcionalidades de DJ, performance e produção, reforçando e mesmo superando as anteriores do seu “irmão mais velho”. Desde o transporte, navegação no projecto, vista detalhada, (vista de clip ou dispositivo(Plug-in(instr./fx)), gravação, mistura, chegando mesmo a poder navegar dentro das racks de dispositivos (device) no Ableton Live.
 
 
Equipado com uma matriz de 5 por 8 pads, e 5 botões, de lançamento de clips/scene, com codigo de cores, ambos RGB, podendo ser alterado (apenas no APC 40 v2), conforme o gosto/estilo, ou simplesmente utilizar o código de 3 cores já pré-definido. Os 16 potenciómetros rotativos (pots) iluminados a amarelo e vermelho estão melhorados. Destes 16, o conjunto de 8 pots que está situado na parte superior do APC 40, acima da matriz de pads pode mudar de função, tendo à escolha (pan), volume de efeito individual em cada pista, (send fx), ou mesmo ser mapeado ao gosto do utilizador. A secção de device control está situada à direita do APC (e contém os outros 8 pots rotativos), possibilitando a modificação de parâmetros do(s) dispositivos (plug-in(s)) que estão assignados na pista seleccionada, chegando mesmo ao ponto de poder "bloquear" o APC para um determinado plug-in para apenas modificar os parâmetros deste, mesmo que outro esteja seleccionado em áreas diferentes do Ableton Live.
 
Para o DJ set e performance, o APC 40 v2 vem ainda equipado com uma secção de crossfade, com resposta rápida e suave, podendo faze-lo entre a pista definida (A/B) ou mesmo desligar este.
 
Botões dedicados para medição dos tempos/click (metronome)/ tap tempo, correção do tempo (nudge +/-), bem como um pot rotativo para modificação dos bpms do projecto fazem parte do layout do APC 40, bem como um botão Shift dedicado para escolher funções secundárias no mesmo layout. (ex: em conjunto com o botão track select, selecciona-se o tipo de quantização que se pretende realizar no clip seleccionado, do projecto (desde None (sem quant.),/ 8/4/2/1/ até 1/16).
 
Consulta mais detalhes deste equipamento na Loja Danceplanet.
 
 
Publicado em Tech
Baseada na sua antecessora, a DJM-2000, a nova mesa DJM-2000nexus utiliza ligações LAN, ProDJ Link, para assegurar uma ligação suave até quadro leitores da série CDJ ou gira-discos e dois computadores pessoais. Desta forma, os ficheiros de música armazenados no dispositivo USB ou no cartão SD podem ser facilmente partilhados entre vários leitores. O novo Sync Master permite definir o master BPM pretendido e a posição das batidas na mesa de mistura e sincroniza até quatro equipamentos CDJ, eliminando a necessidade de defini-las individualmente em cada canal, enquanto o Beat Slice permite o corte e arranjo das faixas em tempo real. Estas novas funções combinadas com os efeitos Quantized Beat, Live Sampler e Instante FX oferecem possibilidades de mistura verdadeiramente poderosas.

A nova mesa de mistura inclui um ecrã LCD tátil de 5,8 polegadas para facilitar a manipulação da música. Para além de ser o cérebro para funções como o Sync Master e Live Sample, o ecrã pode ser utilizado como controlo para três novos modos de desempenho: Frequency Mix, o modo Side Chaining Remix e o modo MIDI para levar a originalidade do som a outros níveis. O ecrã permite visualizar e ouvir os efeitos, samples e informações do master sync e os canais em reprodução.

Concebida para ambiente de discoteca, a DJM-2000nexus contém o Peak Limiter, o novo limitador de picos, que reduz a distorção e o ruído mesmo em volumes muito altos, enquanto faders de canais de alto desempenham proporcionam um movimento suave e longa duração. Dois controladores em metal tornam a operacionalidade dos faders mais suave e duradouro.

O DJMnexus oferece uma qualidade som poderosa baseada no design do áudio de alta qualidade do seu processador. A placa de som USB pode proporcionar entrada e saída de todos os sinais de áudio em simultâneo e sem degradação da qualidade do som. A DJM-2000nexus incorpora também potenciómetros cromados e iluminação de LED para que o design corresponda à alta qualidade do som que produz.

A nova mesa de mistura da Pioneer, a DJM-2000nexus estará disponível a partir de 2.379 euros, IVA incluído.
 
 
Publicado em Tech
sexta, 22 novembro 2013 15:34

Pioneer apresenta o novo leitor CDJ-900NXS

A evolução da linha profissional NXS da Pioneer continua, desta vez com a adição do leitor digital CDJ-900NXS. Repleto de novas tecnologias, incluindo um ecrã LCD a cores, Beat Divide, sincronização de quatro batidas e a vantagem de preparar sets e listas de reprodução a partir de um smartphone.

 
O CDJ-900NXS Pioneer vem equipado com software de gestão de música rekordbox ™ para PC / Mac e um download gratuito da aplicação rekordbox para smartphones e tablets, podendo posteriormente carregar para o CDJ-900NXS via USB ou Wi-Fi as faixas de música com vários formatos. O Pró DJ Link permite compartilhar uma fonte com até quatro DJs conectados através de um cabo LAN.
 
Com uma tela de alta resolução, esta permite aos DJs uma visão rápida e instantânea do Wave Display e Wave Zoom e a capacidade de visualizar e editar as beatgrids do software rekordbox.
 
O CDJ- 900NXS permite uma navegação mais intuitiva com a opção de visualizar faixas em lista, obras de arte e exibições personalizadas. Além disso, contém ferramentas de mistura, como a contagem regressiva das batidas e medidor de fases que podem ser predefinidas no rekordbox para facilitar a visualização durante a performance.
 
A antiga função Auto Beat Loop foi substituída pela Beat Divide e Slip loop: duas novas funções que tornam mais fácil alterar ritmos e fazer edições.
 
Com o Beat Divide, os DJs podem usar botões de batida familiares para dividir cada batida pelo timing escolhido e rolar parcelas de batidas em torno de uma sequência para dar um efeito de staccato que muda com cada batida e barra da pista. O Slip Mode transforma os mesmos controlos para comandar um efeito Slip loop, para uma expressão ainda mais criativa. Acresce ainda as funções herdadas do CDJ- 2000NXS: Loop, Loop Cutter, Loop Edit e Active loop.
 
Outras características herdadas do CDJ-2000NXS incluem a sincronização de quatro batidas, para sincronizar automaticamente o BPM de faixas para o convés principal, e um botão Quantize para um acesso instantâneo às Quantize Loops, sugestões e efeitos. 
 
O CDJ-900NXS estará disponível a partir do próximo mês com um preço de 1446,00 euros, incluindo IVA. Para mais informações visita o site da Pioneer em pioneer.pt.
 
 
 
Publicado em Tech
Dois dos modelos Pioneer mais populares para DJ - o CDJ-2000 e o DJM-900nexus estão disponíveis em edições limitadas que primam por serem versões esteticamente melhoradas e com apontamentos únicos.

O multi-leitor e a mesa de mistura serão agora lançados em branco, sendo que existem apenas mil CDJ-2000 e quinhentos DJM-900nexus em todo o mundo - peças únicas e quase de coleccionador que darão um toque de requinte às performances dos 1500 DJ's que as adquirirem.

Características CDJ-2000
1. Suporta música de todas as fontes e funciona intuitivamente com software para DJ
2. Emite som de qualidade master, digno dos melhores clubs
3. Ecrã LCD grande, a cores, de 6.1 polegadas
4. Função Needle Search™

Características DJM-900nexus
1. Placa de som de quatro canais com excelente entrada e saída sem qualquer perda de qualidade do som
2. Compatilidade completa com o Traktor para que o DJ só tenha que fazer plug and play
3. Uma vasta gama de efeitos de alta-definição para um DJing verdadeiramente criativo
Os efeitos de qualidade profissional incluem:
. Reverb
. Spiral
. Slip Roll

4. Pro DJ Link integrado que optimiza performances
5. Fader durável da próxima geração
 
Publicado em Tech
quinta, 22 março 2012 00:03

Pioneer apresenta o RMX-1000

A Pioneer continua a surpreender os seus utilizadores com equipamentos que deixam cada vez mais espaço para a criatividade e criação de diferentes conceitos de música. Prova disso é o mais recente processador de efeitos RMX-1000 que permite aos DJ's uma mistura harmoniosa de sons e a produção de batidas precisas, com uma extraordinária qualidade de som.

Com uma precisão de estúdio, o RMX-1000 assegura interfaces intuitivas de desempenho com os melhores processadores de efeitos, já integrados nas aplaudidas DJM-2000 e na DJM-900nexus e agora adaptados a este novo universo de funcionalidades.

Potência e simplicidade são as palavras-chave deste novo equipamento. Contempla controlos intuitivos que permitem dominar vários parâmetros em simultâneo e reproduzir de forma original os efeitos da junção de diferentes sons, criando uma experiência de áudio que só seria possível com muitas horas de edição em estúdio.

Para além do software intuitivo, o hardware é também personalizável e ajustável ao estilo de cada DJ, conferindo a cada equipamento a marca própria do seu utilizador. Configurado para gravar as suas produções num cartão de memória SD, o RMX-1000 permite assim a partilha de ficheiros de áudio ou a edição a partir de faixas pre-existentes, garantindo misturas originais e fáceis de guardar. A compatibilidade com outros equipamentos e softwares é ainda assegurada pelas ligações USB.

O RMX-1000 estará disponível em maio com um P.V.P. aproximado de 749 € (IVA incluído).
 
 
Publicado em Tech
Pág. 1 de 2
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.