01-06-2020
  Diretor Ivo Moreira  \  Periodicidade Diária
A estrutura que acolheu as antigas discotecas de verão Sasha Beach, MEO Spot, Búzios e mais recentemente o Blanco Beach Club, está a ser demolida no areal da Praia da Rocha. A falta de segurança foi um dos principais fatores que levou à tomada de decisão por parte da autarquia de Portimão, após ter reavido a posse daquele espaço.

Segundo o comunicado divulgado pela Câmara Municipal, "o elevado estado de degradação daquele espaço, o perigo para a segurança de pessoas que ali circulam e a intenção da autarquia de acabar com o uso daquela estrutura em madeira para festas e discotecas levaram a que se tivesse rapidamente que demolir aquele espaço."

Recorde-se que a discoteca Sasha Summer Sessions funcionou naquele espaço entre os anos 2007 e 2010 - no último ano, apenas funcionou o restaurante. Dez anos depois abriu portas o Blanco onde esteve aberto apenas dois verões. No ano passado e mesmo ainda concessionado já não abriu portas. 

Após vários anos de polémica com moradores e empresários hoteleiros a queixarem-se do ruído causado, a Câmara de Portimão desiste assim de vez deste espaço para utilização de discotecas sazonais.
 
 
Créditos Fotográficos: Município de Portimão / DR
Embora com medidas restritivas, os espaços de diversão noturna da Madeira, estão autorizados a reabrir as suas portas a partir desta segunda feira.

A deliberação tomada pelo Governo Regional refere que a lotação destes estabelecimentos, incluindo as esplanadas e espaços exteriores deve ser limitada a 50% e o horário de funcionamento deve ser até às 2 horas da madrugada.

Além destas medidas, os estabelecimentos devem também assegurar que todas as pessoas estão sensibilizadas para o cumprimento das regras, da lavagem correta das mãos, da etiqueta respiratória, assim como as outras medidas de higiene pessoal e ambiental.

No Continente ainda não existe data de reabertura para estes espaços. Em entrevista à rádio TSF, o primeiro-ministro António Costa admitiu que as "atividades que vivem da proximidade e da interação estarão no último lugar das que poderão reabrir".
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou esta terça feira o diploma do parlamento sobre a proibição de festivais e espetáculos de natureza análoga até 30 de setembro devido à pandemia de COVID-19.

Para o Presidente, "se uma entidade promotora definir como iniciativa política, religiosa, social o que poderia, de outra perspetiva, ser encarado como festival ou espetáculo de natureza análoga, deixa de se aplicar a proibição específica prevista no presente diploma".

Exemplo disso é a Festa do Avante, organizada pelo PCP, que é um dos que encaixa nesta referência de Marcelo, abrindo assim a porta à sua realização em setembro, restando saber em que moldes se poderá realizar.

Marcelo abriu também exceções quanto à realização de festivais e espetáculos de natureza análoga desde que “haja lugares marcados e a lotação e o distanciamento físico sejam respeitados”.

O mesmo diploma, que teve na sua base várias iniciativas legislativas incluindo uma proposta de lei do Governo, determina que "o reagendamento do espetáculo não dá lugar à restituição do preço do bilhete, nem pode implicar o aumento do respetivo custo para quem à data do reagendamento já fosse seu portador".

Esta proposta de lei do Governo a proibir a realização de festivais de música até 30 de setembro foi aprovada a 21 de maio no Parlamento, com a abstenção do CDS, PCP, PEV e  Iniciativa Liberal e não recebeu votos contra.
O jovem produtor e DJ português WYKO acaba de lançar "Too Late", a sua quarta faixa na editora de Hardwell, a Revealed Recordings, desta vez em colaboração com Krimsonn e Flaremode.

"Too Late" traz uma sonoridade mais alegre, com uma forte influência pop, mais afastada do big room que marcou grande parte da carreira do jovem portuense. "É um novo estilo que tenho vindo a experimentar. Demorou a alcançar este tipo de sonoridade mas compensou o esforço". O produtor fez no entanto questão de ressalvar: "não quero que os meus ouvintes pensem que vou abandonar algum estilo. Trabalho apenas para que os meus lançamentos sejam mais variados".

Sobre a relação com a Revealed e os lançamentos frequentes nesta editora, WYKO conta-nos que "não há melhor sensação do que poder fazer crescer o meu número de ouvintes com uma editora deste nível, que foi onde sempre quis lançar música". O jovem produtor pretende que esse facto "sirva de inspiração para quem está a ler: pode passar muito tempo sem nos ser dado reconhecimento, mas se continuarmos a trabalhar, a nossa hora chega".
 
Depois do sucesso da primeira transmissão "United at Home" em Miami, que arrecadou mais de 750 mil dólares para instituições de apoio ao combate do COVID-19 e acumulou mais de 25 milhões de visualizações, David Guetta fará uma nova transmissão ao vivo em Nova Iorque no próximo dia 30 de maio. 

Esta nova transmissão será realizada para angariar fundos para diversas instituições que diariamente contribuem para o combate desta nova pandemia, como é o caso da Organização Mundial da Saúde e a Fundação do Hospital de Paris.
 
A atuação de Guetta decorrerá a partir da meia noite (hora de Lisboa) num local icónico de Nova Iorque que será divulgado apenas durante a transmissão, logo após aos habituais aplausos dos moradores de Nova Iorque para os trabalhadores da linha de frente na área da Saúde.

Desta vez a performance contará com convidados surpresa e pode ser visualizada através das redes sociais do artista francês.

"Nova Iorque é uma das minhas cidades favoritas e é uma honra poder fazer algo para ajudar a cidade durante estes tempos difíceis. Estamos a planear algo especial, para que todos em redor do mundo possam aproveitar. Como DJ, o público é a parte mais importante de todo o espetáculo e mesmo que não possamos estar juntos numa discoteca ou festival, podemos usar este tempo para nos juntarmos de novas formas e ajudar quem mais precisa" conta o DJ.
 
Em entrevista à rádio TSF, o primeiro-ministro admitiu hoje que ainda não há data prevista para a reabertura de bares, discotecas e ginásios. "Ainda não está no nosso calendário, temos de ir fazendo de forma gradual", disse.

António Costa realçou que o desconfinamento da economia começou pelos "setores e atividades onde é mais fácil estabelecer normas de afastamento", e que as "atividades que vivem da proximidade e da interação estarão no último lugar das que poderão reabrir".

Sobre a reabertura dos bares e discotecas durante o verão, o representante governamental foi peremptório: "Se for necessário, terá de ser. Se não for, melhor".

Portugal regista, neste momento, 1.218 mortes relacionadas com a Covid-19 e 29.036 infectados, segundo o mais recente boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde.

A partir desta segunda-feira e seguindo várias regras de higiene e segurança podem reabrir em Portugal, os restaurantes, cafés, pastelarias e casas de chá.
Este ano o aniversário do DJ e produtor Pete Tha Zouk foi bastante especial. Através da plataforma de donativos disponibilizada pela rede social Facebook, o artista português realizou uma angariação de fundos bem sucedida onde foram recebidos cerca de 500 euros entretanto doados à conhecida Operação Nariz Vermelho que tem a sua intervenção nos serviços pediátricos de 17 hospitais portugueses.

"Fiquei muito feliz e surpreso com o excelente resultado" confessa Pete Tha Zouk à 100% DJ. O objetivo começou por ser 200 euros mas ao fim de poucas horas esse resultado já tinha sido atingido. Foi por isso que o DJ quis "elevar a fasquia até aos 500 euros".

O facto da Operação Nariz Vermelho ser uma instituição portuguesa que lida com crianças hospitalizadas, foi motivo suficiente para criar uma angariação de donativos, a coincidir com uma altura em que todos precisamos de todos. "Foram sempre contribuições singulares de 5 a 20 euros. Por muito ou pouco que dê, é quase um dever cívico nosso podermos contribuir para alguma coisa", conta o DJ algarvio.

No próximo dia 12 de junho, Pete Tha Zouk atuará em Ansião, distrito de Leiria, no Parque de Estacionamento do Estúdio 33, no evento "DRIVE IN" promovido pelo mágico Luís de Matos. Neste formato a música chegará ao público através de uma frequência de rádio. Os bilhetes estão à venda na Ticketline, sendo que o valor é por veículo.

"Luis de Matos DRIVE-IN" estreia a 5 de junho e é a resposta criativa, original e segura, num tempo de exceção que a todos obriga a pensar diferente.
 
A partir das 17 horas desta sexta feira, 15 de maio, a Tribuna de Honra do Estádio Nacional do Jamor recebe um evento livestream que, cumprindo todas as recomendações sanitárias atuais, vai alinhar alguns dos DJs da cena eletrónica nacional para celebrar o Dia Internacional da Família e o 75.º Aniversário do Jamor num espetáculo cujo objetivo é o de manter todos, em especial os mais jovens, animados em casa. 

Organizado pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, em parceria com a ProDJ, o alinhamento do Jamor, Música e Juventude conta com Diego Miranda, Karetus, No Maka, André Henriques, Kwan, Hype Myke, Joana Perez e Artix.

O evento, integrado na campanha #SERJOVEMEMCASA, será transmitido em direto até às 22 horas na página do IPDJ e terá a realização de Robert Grabko, realizador norte-americano radicado em Portugal que venceu três prémios Emmy pelas emissões televisivas dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016, Jogos Olímpicos de Pequim em 2008 e NBA All Star Saturday Night.
 
A cidade de Seul, capital da Coreia do Sul, voltou a encerrar mais de 2.100 bares e discotecas, depois de dezenas de novas infeções com o novo coronavírus terem sido ligadas a frequentadores de estabelecimentos de diversão noturna. 

A Coreia do Sul teve uma rápida resposta na fase inicial da pandemia de COVID-19, com vários países a adotar as suas medidas como exemplo de eficácia na redução da propagação do novo coronavírus, mas na fase de desconfinamento o país asiático está a sofrer algumas dificuldades.

Este sábado, o presidente da Câmara de Seul, Park Wong-loo, anunciou o recuo na medida de reabertura de bares e discotecas até se concluir que os riscos de contaminação sejam significativamente reduzidos e sugeriu que o encerramento destes espaços se aplique a todo o país.

Esta medida foi tomada depois de cerca de 40 casos de contaminação terem sido associados ao facto de milhares de pessoas terem frequentado estabelecimentos de diversão noturna durante o passado fim-de-semana. 

As autoridades sanitárias sul-coreanas consideram que o número de infeções poderá aumentar, enquanto os profissionais de saúde procuram rastrear os contactos dos frequentadores de bares e discotecas.

A Coreia do Sul registou 10.840 casos de contaminação com o novo coronavírus, incluindo 256 mortes.
Em parceria com a conhecida marca Pioneer DJ, o artista alemão Boris Brejcha irá realizar uma atuação ao estilo "drive in" onde o público é convidado a assistir à sua atuação dentro do próprio carro.

Além de Brejcha, está também confirmada a atuação de Ann Clue que será realizada num palco a 360 graus e transmitida em quatro ecrãs LED. O som será emitido no rádio dos carros, através de uma frequência FM distribuída aos participantes.

O evento acontece nos dias 5 e 6 de junho, no Drive In Dresden, na Alemanha. A entrada é limitada a 300 carros onde cada um pode ter até duas pessoas. Os bilhetes mais baratos já esgotaram, no entanto ainda existem de outras tipologias à venda no site oficial do artista.

Pág. 1 de 60