22-01-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

quinta, 15 novembro 2012 21:38

Unicer lança sangria em lata

A Unicer acaba de lançar no mercado nacional a primeira sangria em lata da marca Vini Sangria, cujo o conceito e criação da embalagem esteve a cargo da Omdesign.

Esta versão em lata surge com uma imagem diferenciadora, apelativa e um conceito de consumo on the go que pretende proporcionar aos consumidores novos momentos de consumo, dar destaque à marca, bem como incrementar as vendas.

'A sangria que combina com a vida' é a assinatura deste produto, que com a nova embalagem, se propõe explorar oportunidades no mercado interno e externo, com destaque para França, Inglaterra, Angola e Brasil.

A Omdesign fora já a responsável pela última campanha de Vini e Vini Sangria.
Publicado em Marcas
A primeira produção publicitária da Super Bock em Moçambique já está no ar e comunica a entrada da Super Bock Mini Saca Fácil no país. Desenvolvida em parceria com a Executive Moçambique, a campanha decorre até 8 de janeiro do próximo ano nas principais estações de televisão e rádio, para além de incluir materiais de ponto de venda. 
 
"O investimento gradual que a Unicer está a aplicar em Moçambique mostra a relevância do país para a empresa e a expectativa de aumentar as exportações de Super Bock para este mercado, nos próximos anos. Até ao final da década, a empresa portuguesa estima alcançar vendas na ordem dos 20 milhões de litros", refere a Unicer em comunicado.
 
Publicado em Marcas
terça, 09 junho 2015 17:00

A Super Bock paga a rodada de hoje

 

A marca Super Bock continua a apostar na sua mais recente campanha publicitária, intitulada “Leva a amizade a sério”. Ontem foi lançado um novo anúncio televisivo, que convida os amantes da cerveja portuguesa a saírem de suas casas e a dirigirem-se a esplanadas, a partir das 21h30.
 
Esta nova ação de rua vai ter lugar no Largo de São Paulo/Cais do Sodré (Lisboa), na Rua Cândido dos Reis (Porto) e na Praça D. Francisco Gomes (Faro), com a rodada paga pela Super Bock.
 
Durante a noite de hoje, vão ser filmados vários momentos de amizade presentes nas esplanadas, destacando a diferente entre os espaços cheios e vazios, com a companhia da cerveja portuguesa. As imagens vão ser depois transmitidas na televisão.
 
 
Publicado em Marcas
terça, 01 outubro 2013 00:09

Um gin português com traço Omdesing

Chama-se Big Boss e é um gin 'made in Portugal'. Apresenta-se agora ao mercado com imagem da agência portuense Omdesign, que procurou criar uma "identidade forte e diferenciadora".
 
Totalmente destilado e produzido em Portugal pela Neto Costa, este gin tem na origem uma "fórmula secreta e original" de 11 botânicos que são submetidos a quatro destilações individuais por métodos artesanais.
 
Publicado em Marcas

 

A revista Shortlist publicou no seu website oficial uma lista dos melhores gins do mundo. Tanqueray, Hendrick’s e Beefeater são algumas das marcas eleitas.
 
O gin teve origem na Holanda, no século XVII e tem um teor alcoólico entre 40 a 50 graus. A esta popular bebida podem ser adicionados vários ingredientes, como canela e cascas de laranja.
 
Confere a lista dos melhores gins do mundo:
  • 1 – Williams Chase
  • 2 – Martin Millers
  • 3 – Monkey 47
  • 4 – Sainsbury’s Taste The Difference Blackfriars
  • 5 – Bloom
  • 6 – Beefeater 24
  • 7 – Hendrick’s
  • 8 – Hayman’s 1850 Reserve
  • 9 – Tanqueray No. 10
  • 10 - Caorunn
 
Publicado em Mix
Foi a 30 metros de profundidade, em Lisboa no passado dia 19 de abril, que a raposa da Bandida do Pomar desvendou uma secret party para comemorar a chegada da sidra aos supermercados.
 
A marca desafiou vários digital influencers e convidados através de mensagens anónimas apenas com o local da festa. Quando chegaram, receberam um código que lhes deu acesso à festa e a cofres espalhados pelo local, com as novas latas de Bandida do Pomar de 50cl e peças de roupa.
 
Nesta festa não houve bar, empregados nem DJ, que apenas estava presente através de uma projeção. Esta festa ‘que nunca aconteceu’ pretendeu apenas divulgar a marca e a chegada do produto aos supermercados, desafiando convenções e regras diferentes do habitual.
 
Publicado em Marcas
O primeiro gin biológico da Península Ibérica e o sexto do mundo está a ser produzido por uma empresa de Évora, que aposta na produção biológica e artesanal para se diferenciar e conquistar o mercado.
 
Na fábrica da empresa 3Bicos, na periferia de Évora, produz-se gin e vários licores, como o de poejo e o de romã, recorrendo a técnicas artesanais, mas o "segredo" está na utilização de apenas produtos biológicos.
 
"Todos os ingredientes são biológicos", diz à agência Lusa João Monteiro, relações públicas da empresa, referindo que tanto as ervas aromáticas como os cereais maltados para a produção da aguardente "são certificados biologicamente". Além disso, acrescenta que todo o processo de produção do gin "é feito de forma artesanal", com recurso a barricas para a fermentação dos cereais maltados e a alambiques de cobre para a destilação do gin. "A única máquina é a de enchimento das garrafas", porque o resto "é feito artesanalmente, até o próprio arrolhamento da garrafa é feito à mão", conta.
 
Perante as "particularidades" da bebida, não tem dúvidas em afirmar que o facto de ser biológico, que "é saudável e está na moda", vai "diferenciar este gin de tantos milhares de gin's espalhados por esse mundo fora". 
 
"São ervas aromáticas, tudo produtos biológicos. A base do gin é o zimbro", mas a receita inclui "o poejo e a hortelã da ribeira, entre outras", desvenda Cláudia Cascalho, técnica da empresa.
O gin "Templus", cujo nome lhe foi atribuído em "homenagem ao Templo Romano" de Évora, já pode ser consumido em bares e hotéis da cidade e está à venda em lojas "gourmet" em vários pontos do país.
 
No entanto, o objetivo da empresa, segundo o responsável, é fazer chegar o gin alentejano "a toda a parte do mundo", mas "sempre em pequenas quantidades" para não massificar o produto e manter a qualidade.
 
A 3Bicos está ainda a desenvolver testes e ensaios para a produção de uma vodka, para uma outra empresa, e prevê começar a produzir, a curto prazo, o primeiro whisky português.
 
Fonte: Dinheiro Vivo.
 

Publicado em Marcas
sexta, 28 novembro 2014 16:12

Licor Beirão renova imagem

O Licor Beirão renovou por completo a imagem mas manteve a sua fórmula que existe já desde do século XIX. A nova garrafa adotou um rótulo mais sóbrio assim como um tom revivalista com o regresso da fita de cetim que envolve o gargalo. A embalagem também foi renovada e apresenta agora símbolos da cultura portuguesa.
 
A nova caixa terá uma edição limitada em que é acompanhada pelos chocolates do Licor Beirão. Esta remodelação, que chega a tempo do natal, veio sublinhar os valores que a marca representa de forma que outros países possam apreciar o licor português e conhecer um pouco melhor Portugal.
 
Fonte: Imagens de Marca.
 
Publicado em Marcas
Absolut Originality é a nova edição limitada da vodka Absolut, que pretende celebrar a originalidade e a arte, valores que a marca garante possuir no seu ADN.
 
Cada garrafa desta série, é, segundo a marca, uma peça de arte única, tornada original com uma gota de azul cobalto artisticamente integrada no vidro. Inspirada no tradicional artesanato de vidro sueco, cada garrafa é produzida e numerada individualmente e, desta forma, tornada única com uma gota daquela cor vertida no vidro e fundida num molde a 1100ºC, temperatura a que o cobalto é invisível. 
Conforme o vidro esfria, surge uma única infusão azul dentro do vidro de cada garrafa, o traço de cobalto azul cria um contraste com o vidro cristalino e faz cada garrafa ser especial, de acordo com a Absolut.
 
Esta é uma edição que conta com 4 milhões de garrafas produzidas e está, agora, disponível em Portugal. À semelhança das edições limitadas anteriores, também Absolut Originality teve o seu lançamento na 41ª edição da Moda Lisboa.
 
Ao longo dos anos, a Absolut tem apresentado várias edições limitadas, incluindo Absolut Glimmer, Absolut Rock e Absolut Unique e contou já com uma grande quantidade de criadores reconhecidos a nível mundial que fizeram as suas interpretações da garrafa.
 
 
Publicado em Marcas
 
Com a proposta de Orçamento do Estado para 2015, o imposto sobre as cervejas e bebidas espirituosas vai aumentar 2,9%.  A medida aguarda agora aprovação do Parlamento.
 
O imposto das cervejas irá desde os 7,75 euros por hectolitro para volumes de álcool mais baixos, até 27,24 euros por hectolitro em volumes elevados. Atualmente, este imposto era de 7,53 euros até 26,45 euros por hectolitro.
 
Em relação às bebidas espirituosas, o valor passa de 1.251,72 euros por hectolitro para 1.289,27 euros, valor a aplicar a partir de janeiro do próximo ano.
 
Com este aumento de 2,9%, o Governo tem a previsão de uma receita líquida de 201,1 milhões de euros com o Imposto sobre Álcool e Bebidas Alcoólicas. Para 2014, a estimativa era de 177,9 milhões de euros.
 
Publicado em Nightlife
Pág. 1 de 5
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.