21-03-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

sexta, 11 setembro 2015 20:45

Steve Aoki é o melhor DJ americano de 2015

A revista DJ Times, em colaboração com a Pioneer DJ, lançou uma votação para eleger o melhor DJ americano de 2015 com votos do público. Os resultados foram agora revelados, dando vitória a Steve Aoki.
 
“Estou incrivelmente honrado por ter sido escolhido como vencedor este ano. Primeiro que tudo, eu quero agradecer a todos os meus fãs pelo apoio durante estes anos. Estou muito agradecido por continuar a ter os melhores fãs do mundo. Quero também agradecer à DJ Times e à Pioneer pelos anos de apoio, incluindo também os fantásticos promotores que marcam os meus shows nos melhores clubs e festivais na América do Norte. Não tenho palavras para expressar o quanto eu aprecio este prémio e vou continuar a minha paixão por djing nas próximas décadas”, referiu Steve Aoki.
 
O grande vencedor vai receber o galardão personalizado, um Pioneer DJM-900nexus mixer dourado, no próximo dia 11 de outubro, na cerimónia dos America’s Best DJ Awards no Omnia Nightclub em San Diego.
 
Confere abaixo o Top 10 dos melhores DJs americanos:
 
  • 1 – Steve Aoki
  • 2 – Kaskade
  • 3 – Diplo
  • 4 – Skrillex
  • 5 – Claude von Stroke
  • 6 – Dillon Francis
  • 7 – Bassnectar
  • 8 – Flosstradamus
  • 9 – A-Trak
  • 10 - Audien
 
{youtube}GUFvedRFijY{/youtube}
Publicado em Artistas
Pelo quarto ano consecutivo, o Portal 100% DJ vai realizar a única ação em Portugal, que reconhece a dedicação, o esforço e o trabalho desenvolvido ao longo do ano, por parte dos DJs e produtores nacionais. Esta listagem pretende ainda distinguir os que mais se destacaram e contribuíram para o desenvolvimento da música eletrónica em Portugal.
 
Este ano a lista vai apresentar novamente 20 artistas, sendo que 17 são eleitos por parte da redação do Portal 100% DJ e 3 serão o resultado dos mais votados pelo público, através de um formulário online, que estará disponível entre os dias 23 de outubro e 30 de novembro.
 
Os “20 Mais de 2015” serão apresentados a 8 de dezembro, data do 8.º aniversário da única plataforma nacional, 365 Dias ao Ritmo da Noite, disponível em www.100-dj.pt.
 
De recordar que esta lista de artistas não representa um “Top” de popularidade com posições de primeiro, segundo ou terceiro lugar. Todos os artistas serão eleitos de forma uniforme e todos se incluem no mesmo patamar, onde serão apresentados por ordem alfabética.
 
Publicado em 100% DJ
Conhecido pela sua simplicidade e profissionalismo explosivo, o DJ algarvio, acarinhado por todos os portugues venceu na noite de ontem um importante prémio que valoriza por completo a sua carreira de DJ.
Levada a cabo pela Revista DJ Mag, o TOP 100 DJ's é uma importante votação a nível Mundial na dance scene que se realiza todos os anos, através de uma votação que é disponibilizada na web. Este ano, 500 mil pessoas votaram nos seus DJ favoritos.
Pela primeira vez, um DJ Português alcançou um lugar no TOP bastante reconhecedor.
Pete Tha Zouk subiu 44 posições e arrecadou este ano o 37º lugar. Sendo que é 2010 deu entrada neste importante TOP no lugar 81º.
O TOP também é ocupado pelo português DJ Vibe (84º) que subiu 16 posições em relação a 2010 que estava no último lugar (100º).
Esta dupla vitória é sem dúvida um orgulho para Portugal. 'O que é Nacional, é bom!'
Em jeito de 'medir a pulsação' e ainda na euforia do lugar alcançado, o Projecto 100 % DJ foi ao encontro de Pete Tha Zouk.

 

O que representa para ti estar entre os 100 melhores DJ’s do Mundo?
Representa todo o reconhecimento de um trabalho enquanto DJ, que faço com todo muito gosto, adoro aquilo que faço, principalmente sentir que faço muitas pessoas felizes enquanto estou a tocar!

Esta é uma excelente forma de recompensar o teu trabalho até agora desenvolvido?
Sim, é óptimo ter obtido esta classificação, para mim é quase indescritível o que senti quando vi a tabela deste ano... fiquei MUITO FELIZ!!!

Que mensagem deixas aos teus fiéis seguidores?
LUTEM PELOS VOSSOS SONHOS... mesmo que vos digam em algum ponto da vossa vida... Não vais conseguir!

 

Parabéns Pete Tha Zouk e DJ Vibe!
Publicado em Mix
Para comemorar o Dia Internacional da Música (1 de outubro), o Spotify divulgou a lista das músicas mais ouvidas durante o verão de 2015, a nível nacional e internacional, na plataforma de streaming.
 
Artistas como Kygo, Major Lazer, Jack U e Avicii fazem parte da lista que, segundo o jornal Sol, “resulta do número de pessoas que partilham uma música, dividido pelo número de escutas”.
 
Confere abaixo as músicas mais ouvidas:
 
Global:
 
Major Lazer (feat. MØ and DJ Snake – Lean On)
OMI – Cheerleader (Felix Jaehn Remix Radio Edit)
Wiz Khalifa feat. Charlie Puth – See You Again
The Weeknd – Can’t Feel My Face
Jason Derulo – Want To Want Me
Jack Ü, Skrillex and Diplo (feat. Justin Bieber) – Where Are Ü Now
Avicii – Waiting For Love
David Guetta (feat. Nicki Minaj, Bebe Rexha & Afrojack) – Hey Mama
Fetty Wap – Trap Queen
Kygo – Stole the Show      
 
Portugal:
 
Major Lazer (feat. MØ and DJ Snake) – Lean On
OMI - Cheerleader – Felix Jaehn Remix Radio Edit
Avicii  - Waiting For Love      
Nicky Jam, Enrique Iglesias - El Perdón      
Wiz Khalifa (feat. Charlie Puth) - See You Again     
Jack Ü, Skrillex and Diplo (feat. Justin Bieber) - Where Are Ü Now
Kygo - Stole the Show          
Lost Frequencies - Are You with Me - Radio Edit    
Jason Derulo - Want To Want Me 
 
{youtube}BgfcToAjfdc{/youtube}
Publicado em Mix
Com as votações encerradas, só resta contabilizar os resultados da tabela mais famosa e polémica da história da música eletrónica. O Top 100 da DJ Mag, realizado anualmente, vai decorrer no próximo dia 19 de outubro no Heineken Music Hall em Amesterdão.
 
No ano passado, o topo da tabela foi conquistado pela dupla Dimitri Vegas & Like Mike e houve ainda espaço para os portugueses Diego Miranda e Kura, colocados nas posições 58 e 61, respetivamente.
 
A cerimónica de entrega dos prémios do Top 100 da DJ Mag vai ser acompanhada ao vivo e com atualizações ao minuto a partir do Portal 100% DJ e nas redes sociais associadas, numa cobertura com direito a conteúdos exclusivos.
 
A festa na Holanda continua entre os dias 22 e 23 de outubro no Amsterdam Music Festival que conta com nomes como Alesso, Armin van Buuren, Blasterjaxx, Dash Berlin, Hardwell e Steve Aoki.
 
{youtube}Dp4_-GwZNW0{/youtube}
Publicado em Mix
Poucos eventos no mundo da música de dança suscitam mais controvérsias nas redes sociais do que o famoso TOP 100 da Revista DJ Mag. As disputadas posições serão reveladas este sábado numa cerimónia integrada no Amsterdam Music Festival, evento onde são esperadas mais de 35 mil pessoas e que já tem os ingressos esgotados.
 
Mais uma vez a contagem regressiva começará ao final do dia na página do Instagram e do Twitter da DJ Mag e mais tarde terá lugar a transmissão em direto da Amsterdam Arena.
 
Nos últimos anos, o topo da listagem foi ocupado por Martin Garrix, Armin van Buuren, Hardwell, Dimitri Vegas e Like Mike, Tiësto e o épico Carl Cox. As representações portuguesas têm sido feitas por Diego Miranda, Kura, Pete Tha Zouk e DJ Vibe.
 
No ano passado, Martin Garrix tornou-se o mais jovem vencedor deste ranking. O DJ e produtor holandês recebeu o prémio de "DJ número 1" das mãos do seu mentor, Tiësto.
 
Publicado em Mix
O consumo médio per capita até pode ter descido, mas Portugal continua a um ser um dos países que consomem mais álcool.
 
Os novos dados foram divulgados esta segunda-feira num relatório da Organização Mundial da Saúde. Entre 2003 e 2010, o consumo do álcool em Portugal teve uma redução de 1,5 litros per capita, descendo de 14,4 no período 2003-2005 e para os 12,9 litros entre 2008-2010. Ainda assim um consumo mais elevado que a média europeia - desceu dos 11,9 litros para os 10,9. Na Europa, os homens consomem, em média, 18,7 litros per capita. Já as mulheres ficam-se pelos 7,6 litros, ou seja, menos de metade.
 
No documento, que contém uma lista com 44 países, a Bielorrússia surge como o país com consumo mais elevado - 17,5 litros de álcool per capita. É seguida de perto pela Moldávia, com 16,8 litros, e pela Lituânia, com 15,4.
 
Em território nacional, o vinho representa 55% do álcool consumido. Em segundo lugar surge a cerveja, com 31%, as bebidas espirituosas com 11% e outro tipo de bebidas com apenas 3%.
 
 
Fonte: Quero Saber.
 
Publicado em Mix
quinta, 19 novembro 2015 14:32

5 motivos para votares nos "20 Mais de 2015"

Pelo quarto ano consecutivo, o Portal 100% DJ vai realizar uma ação singular em território nacional que reconhece a dedicação, o esforço e o trabalho desenvolvido ao longo do ano, por parte dos DJs e produtores portugueses.
 
Este ano, a lista volta a apresentar 20 artistas, sendo que 17 deles serão eleitos pela redação do Portal e três sairão do resultado dos mais votados pelo público, através de um formulário online que está disponível até dia 30 de novembro. 
 
Os "20 Mais de 2015" vão ser apresentados ao público a 8 de dezembro, na data exata em que o Portal 100% DJ comemora o seu 8.º aniversário.
 
Para os indecisos e para quem ainda não inseriu o seu voto, apresentamos em baixo cinco boas razões para o fazer nos próximos dias.
 
1É uma ação única em Portugal, que distingue sem posições e de forma igualitária o trabalho realizado durante este ano por parte dos artistas nacionais, tendo em conta o lançamento de produções originais, álbuns, atuações em Portugal e no estrangeiro, prémios recebidos, qualidade musical e técnica.
 
2A música eletrónica é de e para todos. Entendemos mesmo que deve ser encarada como uma arte e não como uma competição. Nos "20 Mais de 2015" serão tidos em conta os diversos géneros musicais da eletrónica.
 
3Cultura do DJing e da música eletrónica está numa evolução contínua no nosso país. A dedicação pela área é cada vez mais notória e assenta em vários princípios que distinguem o talento português de outros países.  
 
4A opinião do público, de quem paga e quem consome música, tem uma importância bastante elevada nesta ação. O desafio lançado passa por, em consciência, votar nos três artistas que na sua visão mais se destacaram durante este ano, pelo seu talento, dedicação e trabalho desenvolvido em prol da música eletrónica nacional.
 
5Através do voto e da inserção dos dados solicitados, como a localização e a idade, o Portal 100% DJ terá noção de importantes segmentos de forma a poder proporcionar melhores conteúdos, adequados aos gostos musicais e artísticos dos nossos leitores.
 

Clica aqui para votar

 
Publicado em 100% DJ
quarta, 26 agosto 2015 16:10

E os DJs mais bem pagos do mundo são...

Pelo segundo ano consecutivo, Calvin Harris lidera a tabela da revista Forbes, dos DJs mais bem pagos em todo o mundo deste último ano, com uma fortuna de 66 milhões de dólares. “Tudo aconteceu no sítio certo e no momento certo”, confessou o DJ e produtor de “Summer” à Forbes.
 
Nomes habituais como David Guetta, Skrillex, Tiesto e Steve Aoki fazem parte da lista, onde se nota a falta de artistas como Hardwell e Armin van Buuren, que têm sucesso internacional semelhante a todos os outros.
 
Desta tabela, Calvin Harris, Steve Aoki e David Guetta estiveram no nosso país este ano, no MEO Sudoeste e no Estádio Municipal de Vilamoura/Quarteira, respetivamente.
 
Confere abaixo a lista completa:
 
  • 1 – Calvin Harris – 66 milhões de dólares
  • 2 – David Guetta – 37 milhões de dólares
  • 3 – Tiesto – 36 milhões de dólares
  • 4 – Skrillex – 24 milhões de dólares
  • 4 – Steve Aoki – 24 milhões de dólares
  • 5 – Avicii – 19 milhões de dólares
  • 6 – Kaskade – 18 milhões de dólares
  • 7 – Martin Garrix – 17 milhões de dólares
  • 7 – Zedd – 17 milhões de dólares
  • 8 – Afrojack – 16 milhões de dólares
  • 9 – deadmau5 – 15 milhões de dólares
  • 9 – Diplo – 15 milhões de dólares
 
{youtube}uqnSQWeNiDo{/youtube}
Publicado em Mix
Foi com agrado que recebi o convite da 100% DJ para efectuar uma antevisão do TOP 100 da DJ MAG. 
Se em anos anteriores foi relativamente "fácil" acertar nas posições cimeiras desta tabela (um lugar acima ou abaixo), este ano não tenho tantas certezas. 
Muitos de vocês poderão estar neste momento a pensar que é óbvio que este será o ano do Martin Garrix, outros que o Hardwell ou o Armin Van Buuren regressam ao primeiro lugar e ainda outros que os vencedores do ano passado (Dimitri Vegas e Like Mike) permanecem no topo da tabela, no entanto, nenhum de nós pode afirmar com toda a certeza que o seu palpite será o correcto. 
 
2016 foi ano de Campeonato Europeu de Futebol e tivemos o David Guetta com uma exposição planetária com o seu tema oficial, temos sempre um Tiësto na "corrida" e não nos podemos esquecer do "adeus" do Avicii, do "Sr. dos bolos" Steve Aoki, do Calvin (Harris) e do ano em grande do Oliver Heldens, sem esquecer o DJ Snake, KSHMR e o Kygo (qualquer um destes últimos três nomes devem subir lugares na tabela). 
 
A "luta" pelo Top 20 vai ser mais renhida que nunca e não arrisco dar a minha previsão para posições certas. Estou a esquecer-me de muitos nomes que poderão entrar nos 20 primeiros? 
Certamente que sim (Skrillex, Alesso, W&W, Afrojack, DVBBS, Axwell e Ingrosso, Nicky Romero e até os JackU ou o próprio Diplo). 
 
Por esta altura, já estarás tão baralhado e sem certezas tal como eu estou e nem sequer mencionei os Yellow Claw, Eric Prydz, Major Lazer, Carnage, Kaskade, Don Diablo ou o Steve Angello. Percebes agora as minhas dúvidas para a tabela deste ano? 
 
Falta-me falar dos "nossos" portugueses. Parece-me óbvio que o Kura e o Diego vão fazer parte do Top 100 mas também não consigo prever se irão subir ou descer na classificação. O importante para mim e para os portugueses é que ambos se mantenham nesta tabela sendo a sua classificação irrelevante. Teria certamente um relevo maior se estivessem a competir ou com probabilidades de entrar num Top 10 ou 20 mas não é o caso e assim sendo a classificação que tiverem, para nós portugueses, já é motivo de orgulho (seja ela qual for). 
 

O importante para mim e para os portugueses é que ambos se mantenham nesta tabela sendo a sua classificação irrelevante.

 
Gostava de deixar uma última nota. 
Muitos de vocês ainda se lembram dos nomes que compunham esta tabela à meia dúzia de anos atrás. Certamente 70% ou 80% desses nomes não entram neste Top. Podíamos divagar e voltar a abrir a discussão dos motivos e/ou da forma como estas votações são efectuadas e seria algo que não nos levaria a lado nenhum. Todos temos de compreender que a indústria da música electrónica mudou. É uma indústria que envolve milhões (dinheiro e pessoas) e devido a isso teve de ser adaptada. Hoje em dia "não se vende música" (formato físico ou até digital) como se vendia antigamente, as fontes de rendimento são outras (actuações, streaming, youtube, etc.) e o marketing tem uma importância vital no sucesso dos DJs, mas, na minha opinião, o principal factor de mudança foi a própria musica. 
 
Se à 10 anos atrás me dissessem que o D&B ia mover multidões, que ia haver um estilo "esquisito" como o Dubstep que enchia pavilhões e arenas ou que o Electro ia ter este impacto, eu iria desatar a rir. Tudo acelerou e o que antigamente era "Underground" passou a ser "pop". O que era "moda" e todos ouviam (House, Techouse, etc.) passaria para segundo plano em termos de massas. Alguém conseguiria prever que haveria festivais só com DJs que levassem mais pessoas que os concertos de bandas Internacionais? 
 
Quero acreditar que a música era e vai continuar a ser o principal factor para todas as tabelas, rankings, escolhas do público e até investimento desta indústria. Quem decide é sempre quem consome a música que é produzida. A dimensão que um DJ ou produtor atinge, se é com investimento em marketing, se é produzida por terceiros, se são factores externos (sejam eles quais forem) é sempre algo secundário porque se o público não consumir a música desse artista, não há marketing que lhe valha ou investimento que dê retorno. A música é sempre o primeiro factor de diferenciação.
 
Ricardo Silva
 
Publicado em Mix
Pág. 1 de 5
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.