23-03-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

×

Erro

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario4/28946914_1216323671832508_1100040736_o.jpg, 36578304 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario4/28946914_1216323671832508_1100040736_o.jpg, 36578304 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

 
Dia 4
 
Acordámos bem cedo de forma a aproveitarmos a praia. À tarde, espera-nos uma das maiores festas da Miami Music Week: o evento da Axtone no hotel Delano Beach Club em South Beach. O cenário era fantástico: sol, palmeiras, uma piscina enorme e um mega palco para receber os melhores DJs internacionais. O cartaz contemplava nomes como Bob Sinclar, Cid, Dirty South, Kryder, Shapov, Matisse & Sadko e claro, o grande Axwell. Pudémos ver a presença de alguns DJs a assistir a esta festa tais como Hardwell, Thomas Gold, Yves V, entre outros. Saímos depois do set de Axwell para jantar.
 
A noite prometia ser longa numa das maiores discotecas de Miami: a Liv. Sunnery James & Ryan Marciano já tocavam. O ambiente era indiscritível, típico das discotecas americanas. Toda a gente aos saltos a vibrar com a música e bailarinas a dançarem em cima da cabine. De seguida, entrou Cedric Gervais num set sem igual.
 
Não temos palavras para descrever a noite que vivemos. Uma coisa chamou-nos à atenção: de cada vez que eram lançados confetis, vinham empregados da Liv varrê-los.
 
Terminámos o dia cansados, mas de coração cheio.
 
{gallery}stories/ultra/diario4/{/gallery}
Publicado em Ultra Music Festival
sexta, 29 janeiro 2016 21:14

Ultra Music Festival regressa ao Brasil

O Ultra Music Festival está de volta ao Brasil. Segundo a Phouse, projeto parceiro do Portal 100% DJ, o festival de música eletrónica vai realizar-se no próximo dia 14 de outubro, na Marina da Glória do Rio de Janeiro.
 
O anúncio oficial foi feito hoje durante a Rio Music Conference, no Porto Maravilho do Rio de Janeiro. Até ao momento não há artistas confirmados para o line up do Ultra Music Festival Brasil, mas a Phouse avança com nomes como Martin Garrix e Carl Cox como prováveis presenças no evento.
 
Nos últimos anos o Brasil tem sido palco de grandes festivais como é o caso do Tomorrowland e o Electric Daisy Carnival. O território carioca já recebeu outras edições do Ultra Music Festival no passado, mais propriamente em 2008, 2010 e 2011, em locais diferentes e com artistas como Erick Morillo, Benny Benassi, Gui Boratto, Kaskade, Swedish House Mafia e Laidback Luke no cartaz.
 
{youtube}VhyCqQ3b1U8{/youtube}
Publicado em Ultra Music Festival
1828 dias passaram desde a última atuação do mais bem sucedido projeto de música de dança eletrónica. No palco principal do Ultra Music Festival em Miami e perante milhares de pessoas, não só presentes no evento como a assistir à transmissão em direto em todo o mundo, o trio despediu-se de forma emotiva das luzes da ribalta, pelo menos enquanto tutores da "máfia sueca".
 
Nos últimos anos, os rumores dispararam sempre que existia algum movimento, um encontro entre artistas. Muita tinta correu a propósito de um possível regresso e muitos arrepios foram sentidos no corpo só de pensar nisso mesmo. A estratégia de três artistas juntos é delineada ao pormenor e nada pode falhar, nem o término, nem o regresso: cinco anos depois, no mesmo local, numa edição em que tudo pode acontecer, assim garante a organização.
 
A confirmação é feita em exclusivo à redação do Portal 100% DJ por fontes próximas dos artistas e juntando inúmeros factos que ocorreram nas últimas semanas, a margem de erro é quase nula. Garantidamente os três artistas estarão juntos no palco principal durante cerca de 1 hora, no domingo, 25 de março, quando forem 03 horas da madrugada em Portugal. Fica a dúvida se Axwell, Sebastian Ingrosso e Steve Angello darão continuidade ao projeto Swedish House Mafia.
 

As movimentações

O primeiro sinal foi dado no início deste mês na Página de Facebook do coletivo, aquando a atualização de uma nova fotografia de perfil e de capa.
 
O possível reencontro também foi dado como certo por Hardwell. Numa entrevista à rádio holandesa SLAM!, o DJ e produtor holandês foi questionado sobre os rumores do regresso do projeto sueco. “Eu acredito que vai acontecer. Do nada, Steve Angello cancelou sua tour na Ásia, não tem nenhum espetáculo agendado e está em Miami. Para mim, isso significa que vão voltar”.
 
Charly Bendenounm, técnico de iluminação que já trabalhou com o trio, também deixou os fãs a salivar, quando recentemente colocou uma publicação (entretanto eliminada) no seu Facebook, afirmando que os artistas iriam atuar no festival.
 
A pressão é gigante e a fasquia está elevada. Diariamente as redes sociais dos artistas são inundadas com centenas de comentários com pedidos muito sentidos. Dificilmente os artistas suecos não irão ceder. É esperar e ver para crer.
 
Última atualização às 19:00h, 25-03-2018: Hora de atuação. 
 
Publicado em Artistas
Alex Omes, um dos co-fundadores do Ultra Music Festival faleceu hoje, aos 43 anos. Segundo o jornal Miami New Times, a causa da morte ainda é desconhecida.
 
Foi considerado uma das lendas da noite de Miami e criador do Ultra Music Festival, um dos maiores eventos de música eletrónica da atualidade. Alex Omes trabalhou no mundo da noite durante mais de 20 anos e esteve também envolvido em vários eventos com os Swedish House Mafia entre 2011 e 2012, em Miami.
 
A organização do festival americano publicou um comunicado oficial, onde lamenta a morte de Alex Omes: “A organização do Ultra Music Festival presta as mais profundas condolências à família de Alex Omes e estamos tristes com as notícias do seu falecimento. Nós iremos continuar a relembrar e a celebrar o Alex pelo seu amor, paixão e pelos contributos para a comunidade de EDM”.
 
Publicado em Mix
O Ultra Music Festival, que decorre em Miami nos próximos dias 27 a 29 de março acaba de revelar os nomes que constam da primeira fase na edição de 2015. Hardwell, Martin Garrix, Avicii, Afrojack, Tiesto e Steve Aoki são alguns dos nomes que regressam à cidade norte americana para atuar num dos maiores festivais de música eletrónica a nível mundial. 
 
No recinto vão existir três palcos, intitulados de "Carl Cox & Friends", "A State Of Trance" e "Resistance", que vão receber os festivaleiros com artistas de vários géneros de música eletrónica.
 
Mais uma vez, os artistas portugueses ficaram de fora do cartaz do Ultra Music Festival, que é composto por grandes DJs internacionais e alguns live acts. Como é habitual, algumas atuações deverão ter transmissão em direto para todo o mundo, através do canal oficial do Ultra Music Festival no Youtube.
 
Confere abaixo o cartaz oficial:
 
 
Publicado em Ultra Music Festival
O Ultra Music Festival em Miami, que decorrerá entre os dias 27 e 29 de março, fechou hoje o line up da edição de 2015, onde consta um nome português.
 
RAC é o nome artístico de André Allen Anjos, nascido no Porto, mas vive atualmente em Portland, nos Estados Unidos da América. Uma das suas especialidades são os remixes de grandes artistas como Lady Gaga, Katy Perry, Kings Of Leon ou Lana Del Rey. Recentemente lançou um álbum de originais pela Cherrytree/Interscope Records intitulado “Strangers”, onde estão incluídos os singles “Let Go”, “Hollywood” e “Cheap Sunglasses”.
 
O artista português faz parte do line up do Ultra Music Festival em Miami, subindo ao Live Stage no dia 27 de março. RAC também irá atuar na edição americana do Coachella, nos dias 12 e 19 de abril.
 
No cartaz do festival americano estão ainda incluídos nomes como Afrojack, Alesso, Armin van Buuren, Avicii, Axwell /\ Ingrosso, Carl Cox, David Guetta, Eric Prydz, Hardwell, Knife Party, Nicky Romero, Skrillex, Martin Garrix, Steve Angello, Tiesto, Steve Aoki, entre outros. Podes consultar a lista completa no site oficial do evento.
 
Publicado em Ultra Music Festival
Disse aos amigos, que no Ultra Music Festival, não se importava de tocar em qualquer lado, nem mesmo na roulotte das bifanas. Este ano, João Rosário, membro da dupla KEVU, estreou-se no cartaz do evento e atuou, não na roulotte, mas no palco The Arrival, que embora pequeno em tamanho, tem um significado gigante na sua carreira. Uns metros ao lado e pela segunda vez consecutiva, o jovem português, em conjunto com Mykris subiu à cabine do palco principal para apresentar o seu novo remix para Sean Paul. Além dessa experiência, nesta entrevista exclusiva realizada em Miami, quisemos também saber que oportunidades tem tido nos vários eventos internacionais por onde tem passado e que novidades tem na sua carreira.

Pelo segundo ano consecutivo subiste ao palco principal do Ultra Music Festival. Conta-nos como foi essa experiência.
Tanto este como no ano passado fui ao mainstage com o Mykris. O Ultra para mim é o melhor festival do mundo, além do Tomorrowland. Prefiro o Ultra porque gosto muito de Miami. Subir ao palco foi uma experiência incrível. Começámos a ver o livestream há 4 anos, ainda não eramos DJs e estarmos a ver na televisão é uma coisa e depois pisar o palco é um pouco surreal. Foi uma experiência espetacular que também me ajudou a nível de credibilidade da marca KEVU. Foi inesperado para muita gente e ajudou-nos também no nosso país. A experiência em si é surreal. 

Que expectativas tinhas para a edição deste ano?
A representar os KEVU, fui tocar num palco novo, pequenino, mas que já é um palco do Ultra. Eu disse aos meus amigos, que no Ultra, nem que fosse na roulotte das bifanas, eu não me importava de tocar. Toquei num palco bastante interessante, o The Arrival, penso que é para aqueles DJs que estão agora a entrar no Ultra. Quem sabe, para o ano, não tocamos no mainstage, não é impossível. Se há 4 anos eu nem sequer era DJ e agora estou aqui… tudo pode acontecer.

Qual é a sensação de representarem Portugal na Miami Music Week e também no Ultra Music Festival?
Portugal é um dos países mais fortes, senão o mais forte a nível de público e paixão pela música. Tivemos a oportunidade de estar na EDP Beach Party no ano passado e conseguir ver isso. É um orgulho imenso mas a vontade é cada vez chegar mais longe, para podermos continuar a crescer como marca e colocar o nosso país no mapa, porque há mesmo muito talento em Portugal.

Certamente que este tipo de eventos internacionais dá-vos a oportunidade de conhecer artistas e personalidades do meio da música eletrónica. Consideras que são importantes para a vossa carreira? Já vos abriram algumas portas?
Sim, quer seja o Ultra, a Miami Music Week ou o Amesterdam Dance Event na Holanda, são eventos onde está presente todo o negócio. Já conheci nestes dias muita gente, conversei com várias pessoas no backstage e depois surgem colaborações, troca de ideias e números de telefone. Ou seja, em casa não se conseguia fazer isto. Aqui há uma facilidade muito maior de se chegar a outros DJs de renome, a outras labels e fazer contactos com pessoas de outros países, como do México ou do continente asiático. São esse tipo de coisas que vamos falando no backstage e que vai ajudar-nos na carreira certamente.

Que novidades podem desvendar sobre o futuro dos KEVU?
Felizmente temos uma agenda muito preenchida daqui para a frente. Temos também quatro ou cinco músicas já assinadas em grandes labels mundiais, colaborações com Blasterjaxx a sair agora, com o MOTi também. 
 

Publicado em Entrevistas
terça, 16 fevereiro 2010 22:31

Ultra Music Festival: de cortar a respiração

Já alguma vez foste a um evento em que tenhas ficado sem respiração? Não?
Então faz as malas para os melhores dias da tua vida e prepara-te para voares até ao maior evento do mundo de música electrónica ao ar livre - Ultra Music Festival.
 
É realizado anualmente em Miami, na Flórida no mês de março, coincidindo com o Winter Music Conference.
Este festival lendário já ganhou os prémios: "Evento Best Music" pela International Dance Music Awards (IDMA) em 2009, 2008, 2007 e 2005, "International Dance Music Festival" pela Ibiza DJ Awards, em 2008 e "Melhor Festa" pela Village Voice Media New York Times em 2009, 2008, 2007 e 2006.
 
Até à data, Ultra tem crescido a cada ano no atendimento, na força do line-up e no valor da produção.
Em 2009 este mega festival, estabeleceu um novo recorde com mais de 85.000 pessoas na festa, presentes durante dois dias, vindos de 56 países e territórios, 50 estados.
 
Originalmente criado em 1999, Ultra tem crescido ao longo dos anos para apresentar os mais quentes, os maiores e os melhores artistas do mundo.
The Prodigy, The Chemical Brothers, Tiesto, Underworld, Moby, Fatboy Slim, Carl Cox, Paul van Dyk, David Guetta, Armin Van Buuren, Erick Morillo, Deadmau5 e Paul Oakenfold, são alguns dos exemplos.
 
Todos os promenores do UMF estão em www.ultramusicfestival.com.
 
Publicado em Ultra Music Festival
Armin van Buuren, Axwell /\ Ingrosso, Hardwell e Martin Garrix são os cabeças de cartaz da edição do Ultra Music Festival da África do Sul, que vai decorrer nos dias 13 e 14 de fevereiro, na Cidade do Cabo e em Joanesburgo, respetivamente.
 
Outros nomes como a dupla DVBBS, Oliver Heldens e DJ Fresh também foram confirmados para a segunda edição africana do Ultra Music Festival.
 
A organização considera o evento como o “maior festival de música da história de África” e está prevista a presença de 40 mil pessoas.
 
Confere abaixo toda a programação:

 

 
Publicado em Eventos
segunda, 19 março 2018 15:12

Miami Music Week: Dia 1 - A chegada

Dia 1
 
Chegou o tão aguardo dia 18 de março de 2018. A viagem estava marcada há quase um ano e finalmente chegou o dia. Encontrei-me com a Márcia no aeroporto do Porto e fizemos escala em Lisboa onde o Dylan, que vive em França, se juntou a nós. É sempre tão bom reencontrar quem partilha a mesma paixão por música! Estamos prontos para quase 10 horas de voo.
 
São 18h00 em Miami e já 21h00 em Portugal. Finalmente chegámos! Tão bom sentir este calor depois de muitos dias de chuva intensa no nosso país. Estamos cansados mas felizes por cá estar. Na viagem até ao nosso apartamento, pudemos disfrutar das magnificas paisagens de Miami, mas também do louco dia-a-dia dos americanos. Segundo o motorista do Uber, Miami está repleto de gente pelo facto de ser o St.Patrick’s day, a Spring Break, o Miami Music Week, mas também o Open de Miami.
 
Miami não dorme e vê-se de tudo na Washington Avenue. Estamos cansados e aproveitamos para dormir mais um pouco porque avizinham-se dias intensos. 
 
Publicado em Ultra Music Festival
Pág. 1 de 5
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.