27-06-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

×

Erro

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario2/29425743_1214856351979240_1381610006104768512_o.jpg, 36578304 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

O cenário urbano do Bayfront Park, em Miami, que caracteriza o Ultra Music Festival pode estar prestes a mudar. Na passada quinta-feira foi realizada uma reunião com a comissão de Miami, que recusou a realização do evento no Bayfront Park.
 
Além dessa decisão unânime, o valor do aluguer do espaço foi aumentado e a próxima edição do festival pode estar em risco. O Ultra Music Festival tem datas marcadas para os dias 29, 30 e 31 de março do próximo ano.
 
Segundo o Miami Herald, a organização do festival está com esperança de chegar a um acordo com os moradores daquela zona, que têm feito várias queixas ao longo dos anos em relação ao barulho, à confusão e o facto do parque ficar fechado ao público durante muito tempo.
 
Recorde-se que o Ultra Music Festival chegou a decorrer no Bicentennial Park, em Miami, entre 2005 e 2011.
 
Publicado em Ultra Music Festival

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario2/29425743_1214856351979240_1381610006104768512_o.jpg, 36578304 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

 

Dia 2
 
Acordámos cedo, talvez pela vontade de descobrir este mundo à parte que é Miami. São centenas as máquinas que desfilam pelas principais ruas de Miami, tais como Mustang, Roll Royce, Lamborghini, BMW, entre outras.
 
Dirigimo-nos até à praia, apreciando até lá todas as lojas. A praia é lindíssima e o cenário é perfeito: céu azul, areia branca, água azul turquesa, palmeiras... Há grupos de americanos que levam colunas enormes para a praia e ouvem música nas alturas a tarde toda.
 
São vários os promotores de festas, clubes e restaurantes que percorrem a praia a distribuir panfletos e tentar recrutar turistas para os seus estabelecimentos.
 
Aproveitámos a praia o dia todo. No final do dia chegaram mais portugueses assim como os DJs Steven Rod e KEVU. Jantámos num restaurante cubano e aproveitámos para passear pela Ocean Drive, com bares repletos de turistas.
 
 Amanhã é outro dia com festa no Nikki Beach.

{gallery}stories/ultra/diario2/{/gallery}

Publicado em Ultra Music Festival

 
É um dos maiores e mais desejados festivais de música eletrónica a nível internacional e está de regresso a Miami, entre os dias 23 e 25 de março. O Ultra Music Festival comemora 20 anos e a organização já prometeu muitas surpresas que vão deixar tudo e todos boquiabertos.

O festival norte-americano, inserido na Miami Music Week, conta este ano com a presença dos portugueses Kura e Kevu, mas também de artistas internacionais como Laidback Luke, Andy C, Pete Tong, Armin van Buuren, Carl Cox, Axwell /\ Ingrosso, entre outros.

Como já vem sendo um hábito, o Portal 100% DJ entrevistou em exclusivo quatro festivaleiros portugueses que se preparam para viver a melhor semana das suas vidas, em Miami, com a melhor música eletrónica do mundo.
 
 
Aos 24 anos, o português Dylan Silva parte de Paris diretamente para Miami, para assistir pela primeira vez ao Ultra Music Festival. "Como é o 20.º aniversário espero que surpreendam!", confessou em exclusivo ao Portal 100% DJ.
 
Segundo Dylan, essas surpresas podiam ser "nomes que não estão no line-up" já divulgado, como é o caso de Alesso, Martin Garrix e também de Swedish House Mafia "que muito se fala".
 
No festival de música eletrónica, o português não quer perder os espetáculos de Armin van Buuren, Hardwell, The Chainsmokers e Eric Prydz. Na bagagem levou roupa, dinheiro e, claro, "umas garrafinhas de vinho português para animar a malta!", concluiu.
 

Apesar de já ter estado presente em grandes festivais de música eletrónica um pouco por todo o mundo, Laëtitia Esteves decidiu "este ano conhecer o Ultra", uma vez que desde o ano 2013 a sua escolha "sempre foi o Tomorrowland".
As suas expectativas são altas "pelo facto do Ultra prometer várias surpresas devido à comemoração do seu 20.º aniversário". Apesar de estar "um pouco desiludida com o cartaz" da edição deste ano, Laëtitia garante que só vai ser realmente surpreendida "com o regresso dos Swedish House Mafia", há muito esperado por todos os fãs de música eletrónica.
 
Habituada a percorrer todos os palcos de vários festivais, a portuguesa de 32 anos, natural de Guimarães, quer estar na frontline das atuações de Kaskade, Armin van Buuren, Axwell /\ Ingrosso e dos portugueses KEVU.
 
Como "Miami é sinónimo de calor e praia", Laëtitia leva consigo protetor solar, óculos de sol, bikini, a câmara GoPro e as bandeiras de Portugal e do seu grupo Tomorrowland Crew Portugal.
 
Para os interessados em fazer uma viagem deste género, Laëtitia aconselha a "comprar tudo com antecedência, principalmente os voos e estadia". Este ano, o seu grupo preferiu reservar um apartamento, para assim "poupar nas refeições".
 
 
Desde Lousada e também pela primeira vez no Ultra Music Festival, estreia-se Márcia Pinto, de 23 anos. "Como este é o 20º aniversário, espero que haja surpresas", como já referiu a própria organização do festival.
 
Durante o festival, Márcia não quer perder nem um segundo de Armin van Buuren, Carl Cox, Tiësto, KSHMR e da dupla Sunnery James & Ryan Marciano. Na sua bagagem transporta o essencial, "roupa e calçado bem confortável" e tudo preparado para o calor porque tudo aponta para as "temperaturas estarem altas na altura do festival", referiu ao Portal 100% DJ.
 
 
Lilita Menezes, de 47 anos, vai estrear-se no Ultra Music Festival em Miami, com um plano bem definido, para que "seja um festival memorável". A festivaleira natural de Porto Santo pretende ver Carl Cox, Armin van Buuren, Alesso, Tiësto, "entre tantos outros", durante os dias em que vai estar presente no Ultra.
 
Nas suas malas, além da roupa, leva também bandeiras "alusivas ao festival", equipamento para captar foto e vídeo e o seu telemóvel.
 
Na preparação de toda esta aventura, Lilita aconselha todos a "planear bem a viagem, de maneira a que possamos desfrutar desde as festas a sítios a visitar, por preços mais acessíveis" e que possam também "aproveitar o máximo o Ultra, e não só!", afirmou em entrevista ao Portal 100% DJ.
 
Publicado em Reportagens
A notícia foi recebida de forma inesperada e o artista português não acreditou à primeira. Na atuação deste sábado no palco principal do Ultra Music Festival em Miami, Armin van Buuren incluiu no seu set a faixa "For Life" assinada pelo DJ e produtor português Francisco Cunha, que atualmente ocupa a posição número 18 do TOP 30 da 100% DJ. 

Esta sua última faixa, lançada em janeiro pela Release Records tem recebido feedback positivo e apoio de grandes nomes da música eletrónica como é o caso de Yves V, Lost Frequencies, Oliver Heldens, Blasterjaxx, Don Diablo e agora do holandês Armin van Buuren.

A par disso, Cunha prepara-se para viajar esta sexta-feira até Londres onde irá ter uma presença especial no conhecido Ministry of Sound ao lado dos Third Party, numa apresentação da "For Life".

Publicado em Artistas
A Organização do Ultra Music Festival acaba de surpreender tudo e todos ao divulgar um comunicado que anuncia o fim da Era do Ultra Music Festival em Miami, 20 anos depois.

O anúncio revela que após serem analisados vários feedbacks sobre a experiência do festival do passado mês de março, num novo local (o Virginia Key Beach Park), a organização percebeu que os festivaleiros não tiveram a melhor experiência no evento, facto pelo qual pesou no término do evento em Miami. "Decidimos terminar voluntariamente a licença com o Governo de Miami e estamos à procura de um outro local que possa ser a casa permanente do Ultra no Sul da Flórida", pode ler-se no comunicado.

Recorde-se que os dissabores com as autoridades de Miami começaram em novembro do ano passado onde foi recusada a realização do evento no Bayfront Park, colocando-se em cima da mesa o seu cancelamento. As queixas dos moradores, o barulho, a confusão e o facto do parque ficar fechado ao público durante muito tempo foram determinantes para que o festival rumasse até Virginia Key, que acaba agora por ser a sua última "casa".

Confere o comunicado na íntegra:
 
Publicado em Ultra Music Festival
O habitual livestream do Ultra Music Festival, que decorre em Miami nos próximos dias 27, 28 e 29 de março, foi hoje anunciado, incluindo os horários das transmissões.
 
As rádios SiriusXM e UMF Radio vão reproduzir em direto os sets de vários artistas que compõem o cartaz da edição deste ano do festival americano, bem como entrevistas exclusivas. A transmissão ao vivo com imagens pode ser vista no site Twitch.tv, a partir de sexta-feira, às 20 horas.
 
Martin Garrix, que vai atuar no palco principal do festival, é a cara do anúncio publicitário deste livestream. Também presente no line up está o portuense RAC, que terá o apoio de cinco portugueses que vão viajar até Miami.
 
Confere abaixo os horários das transmissões:
 
  • Sexta-feira: 20h00 às 04h00
  • Sábado: 19h00 às 04h00
  • Domingo: 19h00 às 03h00

 

 

Publicado em Ultra Music Festival
É uma das semanas da música eletrónica mais esperadas ano após ano. A Miami Music Week decorreu na semana passada nos Estados Unidos da América, entre os dias 15 e 20 de março e incluiu o famoso Ultra Music Festival.
 
À semelhança do que aconteceu no Amsterdam Dance Event, foram vários os artistas portugueses que se deslocaram a Miami para viver uma aventura recheada de boa música.
 
 
Diego Miranda foi um dos DJs lusitanos que mais se destacou, sendo o único português a atuar na edição deste ano do Ultra Music Festival, no palco Stage7. Apesar da sua performance não ser transmitida no livestream, foram vários os festivaleiros portugueses que estiveram presentes e ergueram a bandeira nacional. E como o que é nacional é bom, Diego Miranda aproveitou para estrear o seu mais recente single “Kami”, uma colaboração com o jovem produtor Prilho.
 
Antes do grande festival, o português a ocupar a posição 58 do Top 100 DJs viu a sua mais recente faixa “Nashville”, uma colaboração com Wolfpack, ser reproduzida no início do set da dupla Dimitri Vegas & Like Mike, numa das muitas atuações dos artistas belgas em Miami. Para recordar os seus tempos mais dedicados à música underground, Diego Miranda assumiu a cabine do Blume Nightclub e reproduziu temas como “So Get Up” dos Underground Sound Of Lisbon. Dimitri Vegas & Like Mike, Kura, Steven Rod e Wolfpack foram alguns dos artistas com quem privou em Miami.
 
 
Já habituado a Miami está Steven Rod, que mais uma vez partiu para a cidade norte-americana com uma mão cheia de atuações. Os seus gigs decorreram no Vedado Social Club, Mambo, Seaspice, Segafredo Brickell, Lolita’s Lounge e Baôli. Steven foi um dos companheiros de viagem de Diego Miranda, mas também encontrou outros nomes da música eletrónica internacional como Norman Doray, Carl Cox, Don Diablo e Dimitri Vegas.
 
 
Após uma atuação no Porto, a dupla Club Banditz rumou até Miami, preparados para uma semana musicalmente ativa. Além de subirem ao palco de uma festa, cujo line-up era composto por Dubvision e Moti a dupla teve ainda a oportunidade de conviver com artistas como Martin Garrix, Third Party, Oliver Heldens, Matisse & Sadko, Otto Knows, Swanky Tunes e Shapov.
 
 
O jovem DJ e produtor Ben Ambergen foi também um dos sortudos que viajou até Miami viver um sonho. Com atuação marcada no The Bunker e partilhando a cabine com Halfway House e Exodus, o artista teve ainda tempo de conhecer Chuckie, Sander van Doorn e Jay Hardway. Como o saber não ocupa lugar, Ambergen assistiu à masterclass da Revealed Recordings, que contou com testemunhos de Dannic, Kura, Thomas Gold, Lucky Date, Sick Individuals e Kill The Buzz.
 
 
Kura já está habituado a grandes palcos e em Miami não foi uma exceção. O artista português atuou nas festas oficiais da Revealed Recordings e da Spinnin’ Records, no Nikki Beach e no Nautilus Hotel respetivamente, além de lecionar uma masterclass da editora de Hardwell. Antes do lançamento oficial da sua colaboração com Hardwell, Kura viu a faixa ser reproduzida no mainstage do Ultra Music Festival e transmitida em direto para todo o mundo através do livestream.
 
Quem também ganhou algum destaque durante o Ultra Music Festival foram os portugueses KEVU (Kerafix & Vultaire), pois uma das suas mais recentes faixas, a colaboração com Olly James, foi reproduzida pelos Blasterjaxx e teve um feedback extraordinário.
 
Publicado em Reportagens
quinta, 09 abril 2009 23:38

DJ Nox confirma presença em 2010

DJ Nox que fez o Diário da Winter Music Conference em Miami num exclusivo 100% DJ, afirmou "Prometo voltar à WMC 2010. Estarei lá e vocês vão puder saber tudo novamente, dia a dia aqui pelo 100% DJ!"

Nox, esteve em contacto exclusivo com o 100% DJ, durante oito dias, o qual apresentou a todos os visitantes deste Portal, o que se passava em Miami concretamente na WMC.

Para o 100% DJ, esta é mais uma acção que superou as espectativas e que nos deixa bastante satisfeitos com o nosso trabalho e profissionalismo diário.
De salientar que esta acção foi feita pela primeira vez num portal relacionado com a área e o 100% DJ terá o maior gosto em analisar propostas que nos sejam enviadas por parte de todos os DJ's.
Publicado em Artistas
O passado fim de semana ficou marcado pelo estrondoso evento eletrónico Ultra Music Festival. Segundo a organização, durante os três dias com bilhetes esgotados, passaram pela Downtown Area em Miami, cerca de 150 mil pessoas.
 
Três palcos com diferentes sonoridades musicais, fizeram as delícias dos ouvidos dos festivaleiros. Desde Avicii a David Guetta, de Skrillex a Fatboy Slim, por lá passaram mesmo os melhores, os mais conceituados e com mais fãs a nível mundial.
 
Portugal foi um dos países da privilegiada e restrita lista que pôde assistir ao vivo e a cores através do canal do festival no Youtube, a várias atuações fenomenais e de arrepiar. Muitos foram os portugueses que passaram a noite de olhos postos no Youtube a acompanhar o festival.
 
No próximo ano de 2013 a 15ª edição do Ultra Music Festival será nos dias 22, 23 e 24 de Março. Ainda sem local definido e estando vários países interessados em receber o festival, incluíndo o Brasil, a Polónia, entre outros, é certo que se esta edição esgotou, nas próximas terá a organização que aumentar a lotações dos recintos, pois para 150 mil pessoas torna-se pequeno e apertado.

Publicado em Ultra Music Festival
O DJ português Steven Rod encontra-se em Miami, com várias atuações marcadas durante a semana da música eletrónica, em clubes como Ora, D-A Vila Downtown, Ocean’s Tem Ocean Drive e Seaspice. Estivémos à conversa com o artista acerca da cidade norte-americana, do espírito da Miami Music Week e da sua carreira.
 
Já atuaste em Miami por várias vezes, quase já é a tua segunda casa. Além de boa energia, o que consideras importante transmitir ao público durante estes cinco dias?
Sim é verdade, já são alguns anos a atuar em Miami e podem acreditar que cada vez mais me sinto em casa, tem sido uma caminhada fantástica. Na semana do Miami Music Week, a maior parte das pessoas vem para cá com o espírito de festa, à procura de grandes eventos com os melhores artistas do mundo! Toca-nos a nós que estamos em cima dos palcos dar um grande show e acima de tudo fazer algo que ninguém está à espera, apresentar temas novos e fazer com que as pessoas passem realmente um bom momento. Nesta semana, Miami está repleto de várias culturas, pessoas de todas as partes do mundo e é sem dúvida fantástico podermos mostrar o que tenho vindo a trabalhar ao longo deste tempo.
 
Na área dos eventos o que encontras em Miami que não existe e fazia falta em Portugal?
O clima! O ambiente tropical. Cada evento é uma experiência, cada evento ensina-nos algo diferente e na verdade eu penso que é a vontade que as pessoas têm de ouvir uma boa sessão. Sinto que aqui vão a um evento e esperam ouvir algo diferente, têm vontade de ouvir o que o DJ tem para lhes mostrar. Não vou dizer que nunca senti isso em Portugal, já senti mas gostava de ver ainda mais esse espírito no meu país. Acredito que no futuro isso vai acontecer. Gostava também que este tipo de eventos em clubes começassem mais cedo, como aqui em Miami.
 
Atuar no Ultra Music Festival é uma meta que pretendes alcançar?
Sem dúvida! Todos sonham em subir ao palco do Ultra Music Festival em Miami. Já alcancei tantas coisas na minha vida que até eu mesmo pensava que nunca iria lá chegar... Porque não continuar a trabalhar para conseguir isso?! 
 
Qual é a sensação de representar Portugal na Miami Music Week?
A sensação é muito boa e torna-se ainda melhor quando sentes o apoio do público português, seja daqueles que estão por cá ou os que me seguem diariamente nas minhas redes sociais. É brutal, muito satisfatório ver e reconhecer portugueses nos eventos onde estou a atuar!
 
Que novidades a curto prazo podes desvendar a cerca da tua carreira?
Felizmente como em todos os anos vou ter o calendário repleto de grandes eventos em Portugal e também em outros países. O início de 2018 foi absolutamente incrível e assim vai continuar! Há também umas colaborações com um artista nacional e outra com um grande internacional e espero que o prazo seja mesmo curto para poder relevar o trabalho que tenho vindo a fazer.
 
Que mensagem gostarias de deixar aos leitores e seguidores do Portal 100% DJ?
Continuem a apoiar a música eletrónica em Portugal e nunca deixem de marcar a vossa presença nos eventos que são produzidos no nosso país. Temos muita qualidade e podemos ser o melhor party people do mundo!
 
Publicado em Entrevistas
Pág. 1 de 5
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.