17-07-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

A organização do Rock In Rio Lisboa 2010, confirma a presença de John Digweed, Calvin Harris Dj Set, Diego Miranda e Zombies for Money na Electrónica e anuncia o primeiro DJ Contest da história do evento.
 
John Digweed, Calvin Harris Dj Set, Diego Miranda e Zombies for Money encerram a lista de Djs que irão passar pela Electrónica do Rock in Rio-Lisboa 2010. Contudo, o line-up só ficará completo quando for anunciado o vencedor do primeiro Dj Contest do evento que irá actuar no dia 22 de Maio (data sujeita a confirmação).
 
Esta é a oportunidade para um novo Dj assumir o controlo da cabine da Electrónica e dividi-la com alguns dos maiores nomes da actualidade.
John Digweed é um dos gigantes da música de dança que vai actuar na Electrónica no dia 27 de Maio. O DJ inglês é conhecido pelos sons progressivos e contagiantes da sua música, bem como as remisturas de músicas de Danny Tenaglia, Underworld, Quincy Jones e New Order. Este mega-astro da música electrónica está em 17º lugar no top 100 da DJ Mag.
Calvin Harris é o rei do Electro-Pop. Este DJ escocês de 23 anos está a revolucionar o conceito de música electrónica e tem produzido para nomes como Kylie Minogue ou Dizzee Rascal. O seu último álbum “Ready for the Weekend” chegou ao primeiro lugar do top de álbuns do Reino Unido.
Diego Miranda é um dos nomes mais conhecidos da música de dança portuguesa. A actuar nas cabines nacionais e internacionais há mais de 10 anos, o português tem vindo a ocupar um lugar cada vez maior no mainstream da música electrónica.
 
 
Os Zombies For Money, compostos por DJ Manaia e Klipar, são dois Djs e produtores nacionais com uma reputação que já ultrapassou fronteiras. Nas suas produções e dj sets encontram inspiração nas novas tendências musicais (Midget, Dutch House, Fidget), misturam-nas com ritmos tropicais e africanos ou linhas de baixo e sintetizadores característicos do Techno, House e Electro.
 
Sobre o Dj Contest
Pela primeira vez, a organização do maior evento de música e entretenimento do mundo, em parceria a SIC Radical e a Mega Hits, vai dar a oportunidade a um DJ amador de assumir o controlo da cabine da Electrónica. Para participar, os djs, que deverão ter mais de 18 anos, terão de fazer o upload de um set com a duração máxima de 30 minutos no site oficial do Rock in Rio-Lisboa 2010 – www.rockinrio-lisboa.sapo.pt – entre 17 de Março e 4 de Abril.
 
O público poderá votar no seu preferido de 5 a 11 de Abril no site oficial do evento e o resultado da votação do público e do júri – composto por Miguel Marangas (Presidente do Júri), Dj Vibe, João Xavier (Curto Circuito), Nelson Cunha (Mega Hits), António Afonso (DancePlanet) e Homero Bettencourt (MK2) – vai indicar quem são os três finalistas do DJ Contest que serão anunciados no dia 12 Abril. Em seguida será realizada nova votação online, de 12 a 25 de Abril. O vencedor será escolhido exclusivamente pelos visitantes do site oficial do Rock in Rio-Lisboa 2010 e será divulgado no dia 26 de Abril. O regulamento está disponível para consulta em http://rockinrio-lisboa.sapo.pt.
 
Para além da oportunidade de actuar durante 30 minutos no Rock in Rio-Lisboa a 22 de Maio, o vencedor deste concurso irá ganhar ainda dois bilhetes com acesso ao backstage da Electrónica para poder levar dois amigos ao evento.
Publicado em Rock in Rio
Os Metallica, banda mais votada pelo público na pesquisa do Ibope contratada para ajudar na escolha dos artistas para o próximo Rock in Rio, será a grande atracção da terceira noite do evento que, após quatro edições em Lisboa e duas em Madrid, voltará a ser realizado no Rio de Janeiro entre os dias 23 de Setembro e 2 de Outubro de 2011.

Criado em 1981, o grupo de James Hetfield (voz e guitarra), Lars Urich (bateria), Kirk Hammett (guitarra) e Robert Trujilo (baixo), um dos mais influentes e populares nomes da história do heavy metal, é o primeiro confirmado para o evento, dividindo o Palco Mundo com outros nomes que serão divulgados em breve.

Além disso, no Palco Sunset, o Rock in Rio receberá as duas maiores bandas de heavy metal brasileiras. Sepultura e Angra, consagradas internacionalmente, apresentarão os seus sucessos e novas composições, promovendo ainda jam sessions ao lado de convidados que serão revelados em breve.

A divulgação das primeiras banda do evento com quase um ano de antecedência deixa a certeza de que este Rock in Rio reunirá mais uma vez os maiores nomes do rock e do pop mundial - nacionais e estrangeiros, clássicos e contemporâneos -, oferecendo ao público brasileiro uma ideia do que será o retorno ao Rio de Janeiro do maior evento de música e entretenimento do mundo.

O Rock in Rio é um evento para todas as tribos, com cada dia destinado a um estilo diferente. Novas atracções serão divulgadas em breve.
Publicado em Rock in Rio
A organização do Rock in Rio assinala o início da contagem decrescente para a quinta edição portuguesa do maior evento de música e entretenimento do mundo disponibilizando nas suas redes sociais o vídeo dos artistas portugueses a cantar a música oficial e veiculando excertos desse vídeo em televisão e rádio.

Em Abril foram convidados alguns dos mais importantes artistas portugueses da actualidade para gravar uma versão nacional da música do Rock in Rio, mostrando que mesmo num ano em que não há edição portuguesa, o evento promove experiências marcantes para os artistas e para o público português.

Boss AC, Buraka Som Sistema, Carminho, David Fonseca, Expensive Soul, Lúcia Moniz, Luís Represas, Mariza, Paulo Gonzo, Rita RedShoes, Rui Veloso e Xutos & Pontapés foram os artistas que participaram na gravação disponibilizada a partir de hoje nas redes sociais do Rock in Rio, que atingiram recentemente o primeiro lugar do mundo no ranking do segmento, alcançando a marca de 630 mil fãs na soma de amigos e seguidores nas redes Orkut, Facebook e Twitter.

Também a partir de hoje e até ao dia 2 de Junho o público em geral vai poder assistir a excertos dessa gravação com os artistas portugueses através da SIC, SIC Notícias, RR e RFM.
Em simultâneo vai ser publicada uma mensagem de Roberto Medina no Diário de Notícias e no Correio da Manhã (25 de Maio), no Expresso (28 de Maio) e nos números de Junho da Marketeer e Executive Digest (em anexo).
Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio, explica “Já só falta um ano para a próxima edição do Rock in Rio em Portugal e a gravação da música do evento com artistas portugueses, celebrando o trabalho que temos desenvolvido em Portugal desde 2004, captou maravilhosamente o espírito e a energia do Rock in Rio, e decidimos utilizá-la para iniciar a contagem decrescente para o Rock in Rio-Lisboa 2012. Acreditamos em Portugal e estamos gratos pelo papel fundamental que teve na internacionalização da marca Rock in Rio. Em 2012 podem contar com mais cinco dias de muita festa, emoções e alegria no Parque da Bela Vista!”.

O Rock in Rio-Lisboa regressa ao Parque da Bela Vista nos dias 25 e 26 de Maio e 31 Maio, 1 e 2 de Junho de 2012.
 
Publicado em Rock in Rio
segunda, 11 janeiro 2010 20:20

Rock In Rio comemora hoje 25 anos

O maior evento de música e entretenimento do mundo assinala 25 anos de existência hoje, dia 11 de Janeiro de 2010!

O conceito deste projecto começou a ser sonhado por Roberto Medina quando o publicitário detectava a maneira “pouco ousada” como as pessoas usavam a publicidade e acreditava que a riqueza musical brasileira tinha uma representação mínima no mercado internacional. A paixão pela sua cidade e pelo seu país serviu de motivação para Roberto Medina acreditar que podia fazer alguma coisa para conseguir que o mundo percebesse a alegria e a fraternidade do povo brasileiro.

Da ideia inicial até à realização da primeira edição do Rock in Rio foram necessários longos meses de muito trabalho. Além de toda a estrutura para construir a “Cidade do Rock” foi necessário desenvolver uma complexa teia de comunicação e marketing, de relacionamento com patrocinadores, as vertentes fundamentais para o desenvolvimento de um conceito tão inovador.

No dia 11 de Janeiro de 1985 teve início o maior projecto de música e entretenimento do mundo. Foram 10 dias, 90 horas de uma grande maratona musical. Depois de três edições de sucesso no Rio de Janeiro – 1985, 1991 e 2001 – chegou o momento de cruzar fronteiras. Roberto Medina decidiu internacionalizar a marca e trouxe o Rock in Rio para Lisboa em 2004, apresentando aos europeus a grandiosidade do projecto já consagrado no Brasil.

O evento voltou a Lisboa em 2006 mas Roberto Medina tinha ainda mais sonhos para realizar e já estava a pensar ir mais longe. Ao mesmo tempo que a terceira edição portuguesa ganhava forma, o empresário avançava com a internacionalização do Rock in Rio, com o objectivo de chegar a cada vez mais países. O segundo passo deste movimento concretiza-se em 2008 com a realização do Rock in Rio em Lisboa e em Madrid.

Em 2010 Lisboa e Madrid vão receber novamente o maior evento de música e entretenimento do mundo! A capital portuguesa prepara-se para receber a sua 4ª edição que volta ao Parque da Bela Vista nos dias 21, 22, 27, 28 e 29 de Maio. E a capital espanhola vai receber pela 2ª vez o Rock in Rio, na Cidade do Rock de Arganda del Rey, nos dias 4, 5, 10, 11 e 12 de Junho de 2010.
Publicado em Rock in Rio
DJay Rich e António Mendes são os DJs oficiais da emissora portuguesa RFM e residentes do festival RFM SOMNII. Quer a nível individual ou em dupla, jápercorreram muitos dos palcos nacionais mas agora são artistas indispensáveis de se ter no line-up de um festival. Detentores de uma energia única e contagiante, unem-se, ajudam, apoiam e incentivam os jovens talentos da música eletrónica e essa atitude éde louvar. O Portal 100% DJ esteve àconversa com a dupla portuguesa nos bastidores do Music Valley, momentos antes de subirem ao palco do Rock in Rio Lisboa.
 
Estrearam-se no Rock In Rio. Qual é a sensação desta primeira vez no festival?
Mendes: A sensação é óptima. Já tínhamos noção da dimensão do festival por causa da relação que temos através da RFM com o Rock in Rio, mas ter o nome no cartaz está a ter um feedback muito espetacular. As pessoas estão a dizer que é um outro nível. E isso é muito bom. 
 
Contam um verão preenchido: Rock in Rio, RFM Somnii, Algarve... O que é que o público pode esperar de vocês?
Mendes: Além desses locais, ainda vamos estar no RFM Beach Power na Madeira, nos Açores... 
 
Rich: Podem esperar o mesmo de sempre: muita alegria nos sets. Gostamos de tocar aquilo que apreciamos mesmo. Tentamos fazer sets diferentes, principalmente no RFM Somnii onde tocámos três noites, pois somos residentes do festival. Este ano levámos dois convidados, para fazer algo diferente: o Pete Tha Zouk e o Pedro Cazanova. São pessoas com quem lidamos e trabalhamos há muitos anos, portanto fazia todo o sentido convidá-los.
 
Como está a ser a aceitação da vossa nova música com o Michael Teixeira?
Rich: A música é muito boa. Tem um hook muito forte e muito fácil e nós tocámos o remix no Rock in Rio pela primeira. Ainda está um pouco em segredo, mas já temos alguns DJs internacionais interessados em fazer remixes. Estamos muito satisfeitos com o resultado final e ter um contacto como o Michael que, para além de ser um excelente produtor, está nos Estados Unidos da América e dá-nos a vantagem de termos vozes norte-americanas. Essa é uma das nossas preocupações quando lançamos um tema cantado em inglês, porque quando temos alguém cá a cantar inglês, temos de estar sempre a mandar corrigir as letras lá fora para ver se existe alguma coisa que não faça sentido. Assim, manda-se a ideia, trabalha-se a ideia, discutimos, faz-se um rascunho e fica perfeito. 
 
Cláudio.Photos
 
No vosso radioshow dão algum destaque a novos talentos. Como é que encaram a nova geração da música eletrónica em Portugal?
Mendes: Essa tem sido sempre uma preocupação nossa: dar espaço a novos talentos. Mesmo no recente concurso que fizemos para o RFM Somnii, tivemos muitas participações e a dificuldade foi mesmo escolher e chegar ao lote de 10 finalistas. Apareceram-nos faixas muito bem produzidas nos vários sub-géneros da música eletrónica, o que é sempre bom. Diria que há muito bom talento em Portugal nesta área. 
 
Rich: Na área da produção, vemos chegar músicas brutais. As pessoas que participam pensam muita coisa. Houve DJs conhecidos a concorrerem ao concurso e não passaram. Nós não os escolhemos porque quisemos ser fiéis à nossa opinião e as pessoas têm que aceitar que nós fomos o júri. Foi a nossa opinião e foram as músicas que nós mais gostámos, independentemente de haver muito boa produção. Foram 267 participações e quando começámos a reduzir chegámos às 150 e ficámos sem saber o que fazer. Eram 150 artistas que nós gostávamos de meter numa página a votação. Tínhamos de escolher 10 e foi a nossa opinião em termos de gosto e foi isso que prevaleceu. Já fizemos algo semelhante, não tão absorvida como esta, para o disco do RFM Somnii e lançámos um desafio o mais transparente possível. Também escolhemos sete produtores, eram para ser cinco mas não conseguimos e abrimos exceção. Foram sete artistas para o disco e a votação nessa altura foi através de downloads do iTunes. A escolha foi completamente transparente como foi no site, desta última vez. Quem ganhou foi quem conseguiu mais votos, independentemente daquilo que conseguisse fazer. É sempre complicado não conseguir, mas o importante é participar e há que respeitar a decisão das pessoas. 
 
Mendes: O importante é os participantes acreditarem em si próprios, não desistir. Frustrações e coisas que correm mal, toda a gente tem. Se acreditas, continua a acreditar. 
 
Querem dar alguns exemplos de novos talentos que estejam debaixo de olho?
Mendes: Ao dizer nomes não ia ser politicamente correto. Se destacar um ou dois nomes, vamos sempre correr o risco de deixar alguém de fora. É um pouco difícil. 
 
Rich: Nessa perspetiva, nós já trabalhámos com jovens produtores. O ano passado no RFM Somnii levámos dois produtores novos para cima do palco. Acho que isso é um incentivo magnífico para eles. Foram o Batista e o Khamix. É muito importante para estes artistas tentar trabalhar com alguém que já tenha nome no mercado e que tenha ferramentas e meios para divulgar o trabalho. Não conseguimos dar a todos mas não somos aqueles produtores que dizem: “Não vamos fazer música com produtores desconhecidos”… Não, nós adoramos a nova produção, ‘fazemos bandeira’ no RFM Somnii Radioshow e queremos divulgar novos talentos e incentivá-los. As oportunidades surgem. As coisas não caem do céu. É trabalho, é sorte, são oportunidades que temos de agarrar. Temos de estar dispostos a muita coisa para que isso aconteça. Às vezes há muitos destes jovens que pensam que, por exemplo, o Martin Garrix que fez uma música e foi um sucesso, que vai ser igual. Mas, outro exemplo, o Avicii foi o produtor que durante muito tempo ninguém lhe ligava nenhuma. O próprio Bob Sinclar ou o David Guetta que em 2004 esteve no Porto e ninguém se lembra disso. Quando ele rebentou, foi a loucura. Ele não caiu do céu. Se as pessoas olharem, há, de facto, jovens talentos que começam logo e há outros que só começam a aparecer mais tarde. 
 
Que novidades podem revelar sobre o futuro da vossa carreira?
Mendes: Estamos a preparar mais umas músicas. 
 
Rich: Nós levamos isto muito na boa. Já não estamos cá há dois dias. Porque os nossos objetivos profissionais foram outros, apesar de que esta sempre foi uma carreira que ficou sempre. Nunca tivemos o objetivo de ser vedetas. Gostamos disto e levamos a nossa carreira de uma forma muito descontraída. A prova disso é que nós somos muito pouco ‘facebookianos’. 
 
Que mensagem gostariam de deixar aos leitores e seguidores do Portal 100% DJ que estão a ler esta entrevista?
Rich: Sigam os nossos conselhos.
Mendes: E, sobretudo, divirtam-se!
 
 
Publicado em Entrevistas
A organização do Rock in Rio lança a partir de 19 de Novembro o “Kit de Natal Rock in Rio-Lisboa 2010”. Depois do enorme sucesso das edições de 2006 e 2008, com a totalidade dos kits de Natal a serem vendidos rapidamente, o maior evento de música e entretenimento do mundo volta a surpreender com uma nova edição limitada do Kit de Natal Rock in Rio-Lisboa 2010.

Para a próxima edição, que volta ao Parque da Bela Vista nos dias 21, 22, 27, 28 e 29 de Maio de 2010, a organização preparou uma surpresa muito especial: para além do voucher, que pode ser trocado por um bilhete para um dos dias do evento, o kit inclui uma t-shirt exclusiva!

E há quatro modelos diferentes, dois para homem e outros dois para mulher, o que torna o Kit de Natal Rock in Rio-Lisboa 2010 uma oferta de Natal para toda a família!

À venda a partir de 19 de Novembro na FNAC, o Kit de Natal Rock in Rio-Lisboa 2010 tem o custo de um bilhete normal para o evento (58€), podendo o seu voucher ser depois trocado em exclusivo na FNAC, de 2 de Fevereiro a 31 de Março de 2010, por um bilhete para qualquer dia do evento à escolha, de acordo com o gosto musical de cada um.
 
Publicado em Rock in Rio
O Rock in Rio-Lisboa regressa ao Parque da Bela Vista a 23, 25, 30 e 31 de maio e a 1 de junho de 2014, numa edição que assinala os dez anos do maior evento de música e entretenimento do mundo na capital portuguesa. A Vodafone Portugal é o Patrocinador Oficial desta 10ª edição, reforçando a sua ligação a um evento que patrocina desde 2004.
 
Associada ao Rock in Rio-Lisboa desde a primeira edição, em 2004, a Vodafone Portugal continua a apostar na sua ligação à música e está já a preparar um conjunto de experiências inéditas que, em maio e junho de 2014, irão surpreender os milhares de visitantes esperados na Cidade do Rock.
 
Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio, afirma "Estamos muito felizes pelo apoio que a Vodafone Portugal tem dado ao Rock in Rio-Lisboa durante todos estes anos e é com grande prazer que lhe damos as boas-vindas agora no seu novo papel de 'Patrocinador Principal'. Ao anunciarmos as datas da próxima edição, confirmamos a nossa convicção de que vale a pena continuar a apostar e a investir em Portugal e que Lisboa é a cidade ideal para acolher o Rock in Rio. Vamo-nos dedicar ao máximo para, com a Vodafone, fazer desta 10ª edição um momento ainda mais especial, e para podermos voltar a ver os sorrisos e olhos brilhantes do público na Cidade do Rock."
 
A organização anunciou também que os bilhetes para a edição do próximo ano vão manter-se inalterados, no valor diário de 61€.
Publicado em Rock in Rio
O Rock in Rio, a SIC e a RFM continuam à procura de uma rapariga e de um rapaz para serem os protagonistas da campanha de televisão e de rádio da 5ª edição portuguesa do maior evento de música e entretenimento do mundo.
As inscrições encerraram no passado dia 19 de Junho e a tarefa de pré-seleccionar os melhores candidatos ficou a cargo do júri, que analisou as centenas de candidaturas recebidas para ver as que melhor cumpriam os requisitos.

No Site oficial do Rock in Rio-Lisboa – www.rockinriolisboa.sapo.pt – os 300 vídeos que preenchem os requisitos básicos do regulamento do concurso estão abertos a votações.
O público tem até ao dia de amanhã, 26 de Junho – para votar nos seus candidatos preferidos de forma a ajudar a que passem à próxima fase de casting. As 50 raparigas e os 50 rapazes mais votados passam para uma segunda votação online que decorre de 27 de Junho a 3 de Julho.
 
Nesta segunda votação vão ser escolhidos os 20 semi-finalistas do Casting Rock in Rio SIC RFM – 10 raparigas e 10 rapazes – que vão passar dois dias no Hotel Dom Pedro em Lisboa a prestar provas de fotogenia, dicção e capacidade comunicativa e a ser avaliados pelo júri composto por elementos do Rock in Rio, da SIC e da RFM: Roberta Medina (Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio), Raquel Pinhão (Directora de Marketing Adjunta do Rock in Rio), Pedro Boucherie Mendes (Director dos Canais Temáticos da SIC), Daniel Oliveira (Produtor e Apresentador da SIC), Carla Rocha e José Coimbra (Apresentadores do Programa da Manhã da RFM).
 
Aos vencedores vai ser dada a oportunidade de receber formação técnica sobre televisão e rádio, ir ao primeiro fim-de-semana do Rock in Rio 2011, no Rio de Janeiro, para gravar os anúncios de promoção da próxima edição portuguesa, fazer parte da equipa de reportagem da SIC e da RFM na edição brasileira de 2011 e na edição portuguesa de 2012 e receber um cachet no valor de 1.000 euros cada um.
 
Publicado em Rock in Rio
No dia em que foram divulgados os vencedores do casting para protagonistas da campanha de televisão e de rádio do Rock in Rio Portugal (Nuno e Inês), a vice-presidente do evento, Roberta Medina, evidenciou, em entrevista ao Diário Económico, novos projectos da marca para Portugal.

“O objectivo é fazer do Rock in Rio a maior marca de música do mundo e música não quer dizer festival. Estamos a trabalhar para ter mais países, queremos três países por ano. Depois queremos entrar no lifestyle. No site do Brasil já temos uma rádio que pode até ganhar uma proporção maior. Uma televisão com conteúdos de música…”, refere Roberta Medina, acrescentando que a ideia é ser global.

Por isso, Portugal vai também passar a contar com uma rádio Rock in Rio.
Porém, Medina citou ainda: “não sei se tocará a mesma música em todo o lado mas como marca será única”.
Publicado em Rock in Rio
Foi na passada Segunda-Feira apresentado à imprensa brasileira o projecto Rock in Rio 2011. Roberto Medina e o Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, reuniram-se no Palácio da Cidade para apresentar todas as novidades do maior evento de música e entretenimento do mundo que tem data marcada para os dias 23, 24, 25 e 30 de Setembro, 1 e 2 de outubro de 2011. O Rock in Rio será realizado em Jacarepaguá, Zona Oeste da cidade, no mesmo bairro onde se estreou em 1985, numa posição geograficamente favorável: 150 mil m² e uma lagoa natural na paisagem.
 
O “Parque Olímpico Cidade do Rock”, como vai ser chamado o local, é uma área que a Prefeitura do Rio de Janeiro vai ceder ao evento e antecipa a obra do que será o parque para lazer dos atletas nos Jogos Olímpicos de 2016.

“O sonho está de volta. É emocionante estar aqui no Brasil e ter a certeza de que o Rock in Rio é nosso. Esta é a minha terra e o lugar que me proporcionou realizar toda esta história. São dez anos longe e o evento volta com uma estrutura diferente. Apresentaremos um parque temático da música, onde as pessoas poderão fazer um pouco de tudo”, disse Roberto Medina, Presidente do Rock in Rio, adiantando que o evento contará também com um Espaço Fashion, uma tenda onde acontecerão desfiles diariamente; uma área Kid’s, para que pais e filhos possam se divertir simultaneamente; um Espaço Village, rua de comércio com lojas; além de uma área voltada para gastronomia, com bares e restaurantes.

Os concertos serão realizados no “Palco Mundo” onde bandas mundialmente consagradas se apresentarão, a tenda “Electrónica” reunirá os melhores DJ’s nacionais e internacionais da actualidade e o “Sunset” será o palco da integração de artistas brasileiros e os seus convidados — nomes nacionais e internacionais —, que juntos criam jam sessions, encontros inéditos e inesquecíveis. 

Consagrado também na Europa, o Rock in Rio cresceu e amadureceu a sua fórmula de sucesso com uma equipa de produção internacional. No total são nove edições: três no Brasil (1985, 1991 e 2001), quatro em Portugal (2004, 2006, 2008 e 2010) e duas em Espanha (2008 e 2010). A expectativa é que, em 2011, 600 mil pessoas passem pelo evento e desfrutem com segurança e conforto cada uma das atracções que o Rock in Rio vai oferecer.

O Rock in Rio 2011 já conta com o apoio da Rádio Mix FM (102,1), eleita como sua rádio oficial. A emissora terá boletins diários sobre as novidades do evento, além de activar a marca Rock in Rio por meio de blitz nas ruas, promoções exclusivas no site (www.mixriofm.com.br) e também durante a programação.
Publicado em Rock in Rio
Pág. 1 de 14
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.