20-10-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 109

A Super Bock é a marca de cervejas com maior visibilidade online, tendo recolhido 64 por cento das referências monitorizadas na primeira edição do Barómetro Social da Identidade Digital e Cision. Seguem-se a Carlsberg, também uma marca do portefólio Unicer, com 18,10 por cento das referências, e a Sagres, da Central de Cervejas, com 10,9 por cento.
 
Esta ordem de fatores mantém-se quando se analisa a presença online por plataformas: assim é nos blogues, no Facebook e no Twitter, sendo aqui, aliás, que a Super Bock se distancia das demais cervejas, com 77,8 por cento das referências.

Em março, o dia com maior número de referências à marca foi o 27, devido ao anúncio da participação de Lana Del Rey no Super Bock Super Rock. A música é, aliás, um dos temas que mais leva os internautas a falarem da marca.

Também as marcas de café estiveram em foco neste barómetro e a conclusão é que o Twitter é o canal privilegiado pelos consumidores para falarem sobre estas marcas, surgindo depois os blogues e o Facebook.
 
E no Twitter a marca de café mais falada em março foi a Nespresso, com 2.128 referências. A nível global da presença online, a Nespresso também liderou, com 30,05 por cento das referências: em segundo ficou a Delta, com 21,1 por cento, e em terceiro a Nicola, com 18,2 por cento.
Publicado em Marcas
 
Levar a “amizade a sério” é o novo repto da Super Bock. Um apelo que pretende posicionar a marca junto dos consumidores portugueses através da valorização de valores como a emoção, partilha, autenticidade e convívio.
 
O novo conceito criativo que faz parte de uma megaprodução televisiva, apresentada ao país como um compromisso da marca em defesa das relações de amizade. Em comunicado, a marca refere que “numa conversa “olhos nos olhos” com o público, a Super Bock faz a construção de uma imagem de marca para o futuro, mais adulta, verdadeira, relevante, próxima e por isso também mais mobilizadora”.
 
O filme publicitário, com criatividade d’O Escritório, procura destacar-se pela fusão entre uma linguagem visual forte e um discurso implicativo e “perturbador”. Rui Freire, administrador marketing e comunicação Unicer, refere que “esta campanha é o primeiro passo de um movimento em que queremos mobilizar o consumidor para a criação de iniciativas que promovam genuínos gestos de amizade”.
 
O filme vem acompanhado de um investimento multimeios que reforça o novo posicionamento da Super Bock com “uma nova forma de estar no terreno e uma narrativa em que os verdadeiros amigos serão os heróis e voltarão a partilhar experiências, emoções e histórias”.
 
 
Publicado em Marcas
A Desperados, cerveja com aroma a tequila, promoveu uma nova experiência musical em parceria com os Mount Kimbie intitulada de “Train Trax”. Esta iniciativa é assinada pela Inner Tequila Studios e consistiu numa atuação inédita dentro de um comboio em Varsóvia, na Polónia, para um pequeno número de fãs.
 
Os Mount Kimbie tiveram a oportunidade de produzir uma das suas faixas ao vivo, recorrendo a sensores exteriores de RFID que foram colocados no percurso do comboio, convertidos depois o sinal em notas musicais integradas in loco pelos artistas, durante a viagem.
 
A velocidade do meio de transporte resultava no BPM do bass drum, ou seja, quando maior a velocidade, maior era a batida. O público também teve um papel muito importante na produção da faixa e na iniciativa, através das luzes e câmaras.
 
O resultado final deste projeto é um ‘live train remix” de Synthi, uma nova produção que será lançada no final do ano juntamente com um vídeo dos Mount Kimbie.
 
“A experiência foi surreal porque atuámos numa área de experimentação musical nunca antes explorada. Ver como as pessoas e o comboio criaram o próprio set tornou esta atuação completamente única. A reação dos nossos fãs foi incrível”, referiu Kai Campos, um dos elementos dos Mount Kimbie.
 
{youtube}4mau57UVWGw{/youtube}
Publicado em Marcas
sábado, 06 junho 2015 16:08

Cerveja de alfarroba nasce em Tavira

 

Chama-se Moura e é uma cerveja artesanal algarvia, cujo ingrediente principal é a alfarroba. Chegou ao mercado nacional durante o mês de maio e os stocks já estão esgotados.
 
A cerveja nasceu em Tavira pelas mãos de Sebastião Afonso e Ivânia Lourenço, que tiraram o curso de produção de cerveja artesanal no Porto e em Barcelona. O nome escolhido para o produto, Moura, teve origem na lenda da Moura Encantada de Tavira, com o lema “Artesanal de Alfarroba, Cerveja de Encantar”.
 
O sucesso foi imediato, pois vinte dias após a entrada do produto no mercado, os stocks esgotaram. São feitas cerca de 50 garrafas por dia, mas os proprietários já estão a trabalhar no aumento de produção.
 
Podes encontrar à venda esta cerveja em Tavira, Olhão, Faro e Almancil, em algumas lojas gourmet e restaurantes, a um preço médio de 3 euros. O público alvo a que se destina o produto são hotéis, feiras medievais, campos de golf, restaurantes e lojas gourmet. A marca Moura vai estar presente também em algumas feiras e festivais.
Publicado em Marcas
quarta, 31 julho 2013 16:09

Museu da Cerveja 'Brinda a Lisboa'

Brindar a Lisboa é o mote da iniciativa com a qual o Museu da Cerveja, Núcleo Museológico e espaço de cervejaria no Terreiro do Paço, se associa, pelo segundo ano consecutivo, às celebrações do Dia Internacional da Cerveja, comemorado a 2 de agosto.
 
Definido como um espaço de cultura, gastronomia e cerveja, onde se celebra o património da cerveja dos Países de Língua e Expressão Portuguesa, o Museu da Cerveja pretende, com a ação, enaltecer o são convívio entre as pessoas em torno desta bebida.
 
A iniciativa, que envolve um conjunto de atividades, a realizar em 2 e 3 de agosto, entre as 21 e as 23 horas e inclui no primeiro dia, o programa "Rocha no Ar", da RFM, parceira oficial do Museu da Cerveja, a transmitir em direto da esplanada com a presença de um painel de convidados - nomeadamente do diretor-geral da Associação Turismo de Lisboa, Vítor Costa, e do ator Carlos Cunha -, para além da atuação ao vivo de Miguel Ângelo, e acesso gratuito ao núcleo museológico, situado no primeiro piso deste espaço.
 
No segundo dia mantém-se o acesso gratuito ao núcleo museológico (entre as 15 e as 20 horas) e realiza-se o "Live Music", com o DJ Paulo Fragoso, na esplanada.
 
O Dia Internacional da Cerveja, criado em 2007, conta com a participação de mais de 50 países, entre os quais Portugal, representado pelo Museu da Cerveja.
 
Publicado em Eventos
"Ridículo" é a palavra utilizada pelo hepatologista Fernando Ramalho para classificar o diploma aprovado na passada quinta-feira no Conselho de Ministros que proíbe a venda e consumo de bebidas espirituosas a jovens até aos 18 anos, mas mantém nos 16 anos a idade limite para o vinho e a cerveja. O especialista considera que o álcool é todo igual e acusa o Governo que não querer proteger a saúde dos portugueses, mas "patrocinar algumas empresas de bebidas".
 
"O Governo, ao aprovar uma lei do álcool que permite que com 16 anos se continue a beber cerveja e vinho, não está a proteger a saúde dos portugueses." Esta é a opinião do responsável da unidade de hepatologia do Hospital de Santa Maria, em Lisboa.
 
"Eu sou frontalmente contra isso. É o diploma mais ridículo que já vi. O álcool é todo igual, seja vinho, cerveja ou outra coisa", referiu Fernando Ramalho que indignado lamenta que "os interesses das empresas que vendem álcool se sobreponham ao interesse da saúde dos portugueses".
 
O Conselho de Ministros aprovou na reunião de 21 de fevereiro, um novo diploma que prevê a proibição de venda e consumo de bebidas espirituosas a jovens até aos 18 anos, mas mantém nos 16 anos a idade limite para o consumo de vinho e cerveja.
 
Na Europa ainda há países que permitem o consumo de algumas bebidas aos 16 anos, como o Reino Unido e a Bélgica, mas em Espanha, França, Irlanda ou Finlândia já se impõe os 18 anos como limite mínimo de consumo de qualquer bebida alcoólica.
 
O hepatologista de Santa Maria e professor na Faculdade de Medicina de Lisboa alerta que o álcool "é todo igual", independentemente de ser cerveja, vinho ou vodka, e lastima que haja políticos que "continuam interessados em patrocinar algumas empresas de bebidas", escusando-se a ouvir a opinião "de quem está no terreno".
 
Recorde-se que o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Leal da Costa, anunciou diversas vezes que a nova legislação iria aumentar a idade legal para consumo e aquisição de álcool para os 18 anos.
 
Fonte: RTP.
Publicado em Mix
sexta, 08 janeiro 2016 00:07

Super Bock lança nova cerveja artesanal

A Super Bock lançou recentemente uma nova cerveja artesanal, a Super Bock Selecção 1927 - Reims Brut Lager. De acordo com a marca, a nova cerveja “nasceu para ser servida em flute como aperitivo” em momentos de descontração e festa.
 
Criada pelos mestres cervejeiros da Unicer, a nova cerveja “vai buscar inspiração à cidade que lhe dá nome. Em Reims, onde eram coroados os Reis de França, cultiva-se a cortesia, a graça e celebra-se a Paz. O mote perfeito para a criação desta cerveja, que vai ainda buscar influência na região francesa de Ardennes-Champagne, nas intermináveis caves de Reims, onde se promove a refermentação na garrafa que meteoriza as bolhas de gás, lembrando o método tradicional Rémuage e Dégorgement, próprio da produção de champagne.”
 
A nova cerveja artesanal está disponível ao público em garrafa de 75 cl e a um preço de 4,99 euros.
Publicado em Marcas
segunda, 12 fevereiro 2018 15:08

Cultura da cerveja tem uma nova marca

A Associação Portuguesa dos Produtores de Cerveja (APCV), sofreu recentemente um rebranding, passando agora a denominar-se Cervejeiros de Portugal. À nova identidade gráfica junta-se também um site renovado, tendo como principal objetivo valorizar a cultura da cerveja.
 
“A mudança da designação de marca, pretende reforçar o posicionamento de inovação, dinamismo e modernização que queremos projetar para este setor. Um processo que resulta do compromisso e união de todos os parceiros empenhados na promoção de uma verdadeira cultura da cerveja, e do seu valor estratégico para a economia nacional” referiu, em comunicado, o presidente da Associação, François-Xavier Mahot.
 
Segundo dados divulgados por esta associação o consumo de cerveja em Portugal cresceu 8% no ano passado, face a 2016, e as exportações subiram 12,6%.
Publicado em Marcas
quinta, 05 dezembro 2013 19:42

Sagres Mini mostra 'swag' em Angola

A Sagres lançou hoje no mercado Angolano a mesma Sagres mini, mas numa garrafa com um novo estilo, através de uma nova campanha, em diversas plataformas de comunicação, que desafia os Angolanos a mostrarem o seu 'SWAG'.
 
A nova campanha, sob o mote "Mostra o teu SWAG", tem como protagonistas os músicos angolanos Adi Cudz e JD, e vai estar presente em TV, rádio, outdoors, digital e ponto de venda, e pretende destacar o 'SWAG' (estilo) da nova garrafa Sagres mini, com uma nova imagem mais moderna, apelativa e elegante, com o escudo em relevo e gargantilha.
 
Paralelamente, a marca lança no mercado angolano a caixa de Sagres mini de 24 unidades, com uma nova imagem, com um design mais atrativo, disponível em todos os pontos de venda. Recorde-se que a cerveja Sagres foi a primeira marca de cerveja portuguesa a lançar o formato mini em Angola.
 
Publicado em Marcas
terça, 26 agosto 2014 20:32

Cerveja Sagres quer conquistar o Brasil

A Cerveja Sagres anunciou hoje que está a produzir no Brasil, numa unidade da Heineken Brasil. O objetivo, para já, é comercializar no Rio de Janeiro a cerveja Premium Sagres Clássica adaptada ao perfil e gosto dos consumidores cariocas.
 
Com um teor alcoólico de 5%, a receita desta cerveja foi desenvolvida pelo mestre cervejeiro da Sociedade Central de Cervejas em parceria com o homólogo brasileiro da Heineken Brasil. A marca garante que para o lançamento foram realizados vários estudos de mercado junto dos consumidores brasileiros, assim como o desenvolvimento de ações de degustação em diversos pontos de venda.
 
Nuno Pinto de Magalhães, Diretor de Comunicação e Relações Institucionais da Sociedade Central de Cervejas referiu, em comunicado, que este lançamento "só é possível através da disponibilidade e oportunidade que a plataforma de produção e de distribuição local nos proporciona".
 
Fonte: Imagens de Marca.
 
Publicado em Marcas
Pág. 1 de 8
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.