17-07-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 62

A 3ª edição do Concurso Nacional de Cervejas Caseiras & Artesanais realiza-se este sábado, 18 de abril, pela primeira vez na Cerveteca Lisboa. Numa organização conjunta dos sites Cervejas do Mundo, Cerveja Caseira e Sabor Artesanal, o evento, para além da componente competitiva propriamente dita, tem como objetivo proporcionar uma jornada de confraternização entre cervejeiros e apreciadores de cerveja.
 
O concurso está aberto a todos os cervejeiros caseiros e artesanais, com cervejas originais, cuja produção não possua características comerciais (inferiores a 100 litros por estilo de cerveja).
 
A competição está divida nas categorias "Destaque" que compreende um estilo de cerveja selecionado pela comissão organizadora e "Livre" que compreende os demais estilos, no entanto dentro desta categoria, cada cerveja será julgada de acordo o respetivo estilo mas numa classificação única.
 
O painel de jurados será constituído por mestres-cervejeiros, provadores e outros aficionados desta nobre bebida e os três primeiros lugares de cada categoria receberão um troféu, sendo que os vencedores terão um prémio especial, nomeadamente matérias-primas para a produção cervejeira e a oportunidade de elaborar a receita vencedora nas instalações da Mean Sardine, uma das marcas de maior destaque na produção de cerveja artesanal portuguesa.
 
Publicado em Eventos
A Rússia, país que recebe o próximo Campeonato Mundial de Futebol, em 2018, vai moderar a proibição que impôs à publicidade de cerveja até lá. Acredita-se que o evento, que tem a marca de cerveja Budweiser como bebida oficial, irá dar um impulso aos fabricantes de cerveja daquele país.
 
A expectativa é que o país gaste cerca de 20 mil milhões de dólares com o Mundial e o facto de atenuar as regras publicitárias podem permitir que seja beneficiado com os gastos de marketing das empresas de cerveja para o Campeonato.
 
A mudança na lei publicitária permite que cervejas, e bebidas à base de cerveja, possam ser promovidas na televisão, desde que o contexto esteja relacionado com o próximo Campeonato do Mundo. Uma mudança que beneficia todas as marcas de cerveja presentes naquele país, como por exemplo a Heineken e a Carlsberg.
 
O país, onde a cerveja só foi classificada formalmente como bebida alcoólica em 2012, tem apertado as regras ao mercado de álcool nos últimos anos, incluindo a proibição da publicidade deste tipo de bebida, como parte de uma campanha para reduzir o alcoolismo. Durante anos, a cerveja foi considerada um refrigerante na Rússia, país classificado entre os maiores consumidores de álcool do mundo. Mas, após muito debate, em 2012 o governo aprovou uma lei que considera a cerveja uma bebida alcoólica, proibindo assim a sua venda, por exemplo, em bancas de jornais ou no metro, como era comum até então.
 
Fonte: Imagens de Marca.
 
Publicado em Mix
O consumo médio per capita até pode ter descido, mas Portugal continua a um ser um dos países que consomem mais álcool.
 
Os novos dados foram divulgados esta segunda-feira num relatório da Organização Mundial da Saúde. Entre 2003 e 2010, o consumo do álcool em Portugal teve uma redução de 1,5 litros per capita, descendo de 14,4 no período 2003-2005 e para os 12,9 litros entre 2008-2010. Ainda assim um consumo mais elevado que a média europeia - desceu dos 11,9 litros para os 10,9. Na Europa, os homens consomem, em média, 18,7 litros per capita. Já as mulheres ficam-se pelos 7,6 litros, ou seja, menos de metade.
 
No documento, que contém uma lista com 44 países, a Bielorrússia surge como o país com consumo mais elevado - 17,5 litros de álcool per capita. É seguida de perto pela Moldávia, com 16,8 litros, e pela Lituânia, com 15,4.
 
Em território nacional, o vinho representa 55% do álcool consumido. Em segundo lugar surge a cerveja, com 31%, as bebidas espirituosas com 11% e outro tipo de bebidas com apenas 3%.
 
 
Fonte: Quero Saber.
 
Publicado em Mix
sábado, 01 fevereiro 2014 11:41

Cervejas voam até aos consumidores

A Amazon anunciou recentemente estar a fazer testes para a realização de entregas de encomendas através de drones - veículos aéreos não tripulados - e agora a ideia parece estar a inspirar outras empresas.
 
A marca de cervejas americana Lakemaid apresentou um spot, com assinatura da agência Pocket Hercules, no qual é possível ver-se uma grade de cervejas a ser entregue por um daqueles aparelhos.
 
Inicialmente um grupo de pescadores envia a sua localização via GPS para o bar. Pouco tempo depois, o robot entrega as cervejas sem qualquer tipo de problema. Graças a uma pequena câmara instalada no drone, o espetador pode ainda assistir a toda a trajetória até ao destino.
E se a moda pegasse em Portugal?
 
 
Publicado em Marcas
O chefe Ljubomir Stanisic, conhecido pelo programa "Pesadelo na Cozinha", e a cerveja Letra, de Vila Verde, lançaram recentemente uma cerveja artesanal própria, feita de maltes e lúpulos mas também de ras-el-hanout, uma especiaria de origem marroquina, a que deram o nome "Bicho do Mato".

"É Ljubo levado à Letra - duro de roer, mas fácil de beber", indica a cervejeira, adiantando que a novidade poderá ser provada, para já, nos dois bares da Letra (Porto e Vila Verde) e no restaurante 100 Maneiras. Mais tarde, chegará a outros pontos de venda de Norte a Sul do País.

A apresentação da bebida aconteceu na Festa da Serra, em Santa Margarida da Serra (Grândola), onde Ljubomir Stanisic transformou o habitual lanche anual num banquete para cerca de 200 pessoas. A Letra explica que a comunidade se juntou à iniciativa com o objetivo de angariar fundos para a recuperação da igreja da freguesia e recolher bens alimentares e vestuário para apoiar a população mais carenciada.
 
Publicado em Marcas
Ter mais de 19 anos, disponibilidade para viajar e experiência em beber cerveja de forma responsável há mais de um ano são os requisitos necessários para ser um profissional da cerveja, de acordo com a Guinness.
A marca procura um candidato para promover e defender os seus valores, com direito a um contrato e a uma viagem à Fábrica da Cerveja em Dublin, para conhecer o legado desta cerveja.

O escolhido terá como funções descobrir a história e rituais da Guinness, beber cerveja, visitar bares e relatar a experiência nas redes sociais. O processo de seleção decorrerá até 28 de abril, na página da marca no Facebook.

O candidato selecionado terá um contrato de termo certo de seis meses com a agência de promoção da marca e deverá ser um comunicador nato, que defenda os valores de convivialidade e compreenda o que é a "experiência Guinness".
Publicado em Marcas
A Damm acaba de lançar em Portugal a Daura Damm, cerveja sem glúten, apta para celíacos e para todos os adeptos de um estilo de vida saudável. Daura Damm tem o mesmo sabor que uma cerveja lager normal e é a cerveja sem glúten mais premiada do mundo.
 
A nova cerveja conta com um teor alcoólico de 5,4% e ingredientes que a marca afirma serem 100% naturais. Da investigação desenvolvida pelos Mestres Cervejeiros da Damm e da Unidade de Glúten do Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC) resultou a Daura Damm. A garrafa é identificada com o símbolo da espiga cortada e a menção “isenta de glúten” e em Portugal conta com uma parceria com a Associação Portuguesa de Celíacos (APC).
 
De acordo com a APC (Associação Portuguesa de Celíacos) existem em Portugal 10 mil casos de celíacos diagnosticados, mas o número tende a aumentar. A crescente preocupação com uma dieta mais equilibrada leva ainda muitas pessoas a procurarem alternativas à sua alimentação habitual e a optar por produtos isentos de glúten.
 
Os passos da produção da Daura Damm são muito semelhantes aos das cervejas lager, mas Damm promove a hidrólise de proteínas para garantir que tem menos de três ppm de glúten. Para garantir a qualidade é sempre enviada para análise do CSIC uma amostra de todos os lotes produzidos de Daura Damm.
 
Elsa Cerqueira, Marketing Manager Damm, acrescenta que “até há pouco tempo, o ato de desfrutar de uma cerveja em convívio com os amigos era impossível para um celíaco, mas Daura Damm veio revolucionar a vida destes consumidores. Acompanhando as tendências do mercado e exigências dos consumidores, não só dos celíacos, mas também daqueles que seguem dietas sem glúten.”
 
Esta cerveja tem sido alvo de inúmeras distinções internacionais, sendo neste momento a cerveja sem glúten mais premiada do mundo, segundo a marca. De entre várias distinções, ganhou por quatro vezes (2014, 2011, 2009 e 2008) o prémio de “Melhor cerveja isenta de glúten do mundo” nos World Beer Awards em Londres.
 
Publicado em Marcas
domingo, 28 setembro 2014 17:06

Publicidade a cervejas tem novas regras

A publicidade a cerveja só estará em antena a partir das 22.30 horas, quer tenha ou não álcool. Trata-se de uma decisão da Associação Portuguesa de Produtores de Cerveja (APCV), que congrega todas as empresas cervejeiras que operam no mercado nacional.
 
Em sede de autorregulação, a APACV decidiu que a publicidade em televisão e rádio a marcas de cerveja sem álcool devia seguir o exemplo da publicidade a cervejas com álcool, isto é, ser interdita entre as 7 e as 22.30 horas.
 
Além disso, a associação acordou com o Instituto Civil da Autodisciplina da Comunicação Comercial (ICAP) o envio prévio de toda a comunicação de marcas de cerveja com álcool nos formatos publicitários de outdoor, nomeadamente para análise da mensagem de responsabilidade social "Seja responsável. Beba com moderação".
 
Fonte: Briefing.
 
Publicado em Mix
A aplicação Untappd, que já tem presença no iOS e Android, chegou ao Windows Phone 8 a semana passada e alarga o número de utilizadores que podem partir à procura da 'loira' mais fresquinha com a ajuda do telemóvel. 
 
Sem adotar o estilo visual que carateriza os atuais sistemas operativos da Microsoft, o Untappd funciona como uma rede social de geolocalização que utiliza a opinião dos vários utilizadores para recomendar bares e cervejas que merecem ser testados. 
 
A chegada a mais um ecossistema móvel vem acompanhada de novidades. Os utilizadores agora podem fazer o carregamento de fotos para acompanhar "visualmente" as críticas, que agora podem incluir classificações de meia estrela. 
 
Com o Untappd, bebe-se socialmente e com moderação. 
 
Fonte: Sapo Tek.
Publicado em Mix
quinta, 14 novembro 2013 21:15

Sagres dá força a Portugal

A Sagres foi a primeira patrocinadora da Seleção Nacional e desde 1993 que a marca de cerveja tem entrado em campo com a equipa das quinas. Aproveitando o momento decisivo que se vive nas aspirações da seleção, a Sagres lançou mais uma campanha publicitária de apoio.
 
Na véspera do jogo do playoff Portugal x Suécia, a frase "Força Portugal" vai fazer parte de uma campanha presente na plataforma digital e na rede de mupis do país.
 
Apelar ao espírito nacional e apoiar a Seleção é o grande objetivo de uma campanha que vai ainda estender numa das bancadas do estádio da Luz, no dia do jogo, uma camisola gigante de 14 metros de altura da Seleção Nacional.
 
Publicado em Marcas
Pág. 1 de 8
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.