23-03-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 62

A Rússia, país que recebe o próximo Campeonato Mundial de Futebol, em 2018, vai moderar a proibição que impôs à publicidade de cerveja até lá. Acredita-se que o evento, que tem a marca de cerveja Budweiser como bebida oficial, irá dar um impulso aos fabricantes de cerveja daquele país.
 
A expectativa é que o país gaste cerca de 20 mil milhões de dólares com o Mundial e o facto de atenuar as regras publicitárias podem permitir que seja beneficiado com os gastos de marketing das empresas de cerveja para o Campeonato.
 
A mudança na lei publicitária permite que cervejas, e bebidas à base de cerveja, possam ser promovidas na televisão, desde que o contexto esteja relacionado com o próximo Campeonato do Mundo. Uma mudança que beneficia todas as marcas de cerveja presentes naquele país, como por exemplo a Heineken e a Carlsberg.
 
O país, onde a cerveja só foi classificada formalmente como bebida alcoólica em 2012, tem apertado as regras ao mercado de álcool nos últimos anos, incluindo a proibição da publicidade deste tipo de bebida, como parte de uma campanha para reduzir o alcoolismo. Durante anos, a cerveja foi considerada um refrigerante na Rússia, país classificado entre os maiores consumidores de álcool do mundo. Mas, após muito debate, em 2012 o governo aprovou uma lei que considera a cerveja uma bebida alcoólica, proibindo assim a sua venda, por exemplo, em bancas de jornais ou no metro, como era comum até então.
 
Fonte: Imagens de Marca.
 
Publicado em Mix
O Village Underground Lisboa foi o palco escolhido para o duelo final da promoção da cerveja premium Heineken relacionada com a UEFA Champions League “Quem quer ganhar a cada minuto de cada jogo?”.
 
O duelo final onde os concorrentes se candidatam a um bilhete duplo para a final da UEFA Champions League, tem como host2 o antigo guarda-redes Vítor Baía, e o animador de rádio, Pedro Ribeiro para “arbitrar” os respetivos duelos.
 
O evento oferece aos participantes a possibilidade de ganhar prémios através da acumulação de pontos conquistados na compra de cerveja Heineken ou através da participação em quizzes sobre a UEFA Champions League.
 
Fonte: Imagens de Marca.
 
Publicado em Marcas
 
Com a proposta de Orçamento do Estado para 2015, o imposto sobre as cervejas e bebidas espirituosas vai aumentar 2,9%.  A medida aguarda agora aprovação do Parlamento.
 
O imposto das cervejas irá desde os 7,75 euros por hectolitro para volumes de álcool mais baixos, até 27,24 euros por hectolitro em volumes elevados. Atualmente, este imposto era de 7,53 euros até 26,45 euros por hectolitro.
 
Em relação às bebidas espirituosas, o valor passa de 1.251,72 euros por hectolitro para 1.289,27 euros, valor a aplicar a partir de janeiro do próximo ano.
 
Com este aumento de 2,9%, o Governo tem a previsão de uma receita líquida de 201,1 milhões de euros com o Imposto sobre Álcool e Bebidas Alcoólicas. Para 2014, a estimativa era de 177,9 milhões de euros.
 
Publicado em Nightlife
A Desperados, cerveja com aroma a tequila, promoveu uma nova experiência musical em parceria com os Mount Kimbie intitulada de “Train Trax”. Esta iniciativa é assinada pela Inner Tequila Studios e consistiu numa atuação inédita dentro de um comboio em Varsóvia, na Polónia, para um pequeno número de fãs.
 
Os Mount Kimbie tiveram a oportunidade de produzir uma das suas faixas ao vivo, recorrendo a sensores exteriores de RFID que foram colocados no percurso do comboio, convertidos depois o sinal em notas musicais integradas in loco pelos artistas, durante a viagem.
 
A velocidade do meio de transporte resultava no BPM do bass drum, ou seja, quando maior a velocidade, maior era a batida. O público também teve um papel muito importante na produção da faixa e na iniciativa, através das luzes e câmaras.
 
O resultado final deste projeto é um ‘live train remix” de Synthi, uma nova produção que será lançada no final do ano juntamente com um vídeo dos Mount Kimbie.
 
“A experiência foi surreal porque atuámos numa área de experimentação musical nunca antes explorada. Ver como as pessoas e o comboio criaram o próprio set tornou esta atuação completamente única. A reação dos nossos fãs foi incrível”, referiu Kai Campos, um dos elementos dos Mount Kimbie.
 
{youtube}4mau57UVWGw{/youtube}
Publicado em Marcas
segunda, 12 fevereiro 2018 15:08

Cultura da cerveja tem uma nova marca

A Associação Portuguesa dos Produtores de Cerveja (APCV), sofreu recentemente um rebranding, passando agora a denominar-se Cervejeiros de Portugal. À nova identidade gráfica junta-se também um site renovado, tendo como principal objetivo valorizar a cultura da cerveja.
 
“A mudança da designação de marca, pretende reforçar o posicionamento de inovação, dinamismo e modernização que queremos projetar para este setor. Um processo que resulta do compromisso e união de todos os parceiros empenhados na promoção de uma verdadeira cultura da cerveja, e do seu valor estratégico para a economia nacional” referiu, em comunicado, o presidente da Associação, François-Xavier Mahot.
 
Segundo dados divulgados por esta associação o consumo de cerveja em Portugal cresceu 8% no ano passado, face a 2016, e as exportações subiram 12,6%.
Publicado em Marcas
terça, 21 agosto 2012 23:23

Nova cerveja chega a Portugal

A marca de cerveja alemã Fucking Hell vai começar a ser distribuída em Portugal e Espanha pela empresa B33R, criada por Rui Faustino e Bruno Queirós. Trata-se de uma pilsner à base de cevada, lúpulo e água, com 4,9 graus.
 
A marca chegou a gerar alguma polémica na Alemanha e na Áustria. O nome da cerveja, que em inglês pode ser entendido como uma expressão de irritação ou de surpresa, conjuga a designação da localidade austríaca de Fucking e a palavra hell (significa cerveja branca no sul da Alemanha e na Áustria). Após uma primeira recusa em 2007, em 2010 as autoridades europeias autorizaram a criação da marca Fucking Hell, permitindo o arranque da produção.
 
Em causa estava uma queixa da autoridades de Fucking que consideravam que se estava perante a apropriação do nome da localidade, onde não existe qualquer cervejeira, além de que a própria designação Fucking Hell poderia ser considerada ofensiva.
 
Não foi esse, no entanto, o entendimento do Trade Marks and Designs Registration Office (departamento de registo de marcas e design) da União Europeia. "A combinação de palavras não tem referência a uma pessoa ou a um grupo de pessoas. Não incentiva a um acto em particular. Não pode ser entendida como uma indicação de que o leitor deva ir para o inferno", podia ler-se na deliberação.
Publicado em Marcas
quarta, 31 julho 2013 16:09

Museu da Cerveja 'Brinda a Lisboa'

Brindar a Lisboa é o mote da iniciativa com a qual o Museu da Cerveja, Núcleo Museológico e espaço de cervejaria no Terreiro do Paço, se associa, pelo segundo ano consecutivo, às celebrações do Dia Internacional da Cerveja, comemorado a 2 de agosto.
 
Definido como um espaço de cultura, gastronomia e cerveja, onde se celebra o património da cerveja dos Países de Língua e Expressão Portuguesa, o Museu da Cerveja pretende, com a ação, enaltecer o são convívio entre as pessoas em torno desta bebida.
 
A iniciativa, que envolve um conjunto de atividades, a realizar em 2 e 3 de agosto, entre as 21 e as 23 horas e inclui no primeiro dia, o programa "Rocha no Ar", da RFM, parceira oficial do Museu da Cerveja, a transmitir em direto da esplanada com a presença de um painel de convidados - nomeadamente do diretor-geral da Associação Turismo de Lisboa, Vítor Costa, e do ator Carlos Cunha -, para além da atuação ao vivo de Miguel Ângelo, e acesso gratuito ao núcleo museológico, situado no primeiro piso deste espaço.
 
No segundo dia mantém-se o acesso gratuito ao núcleo museológico (entre as 15 e as 20 horas) e realiza-se o "Live Music", com o DJ Paulo Fragoso, na esplanada.
 
O Dia Internacional da Cerveja, criado em 2007, conta com a participação de mais de 50 países, entre os quais Portugal, representado pelo Museu da Cerveja.
 
Publicado em Eventos
A banda norte-americana de heavy metal originária de Los Angeles, lançou esta segunda-feira uma edição especial de cerveja Budweiser com a sua assinatura.
 
Esta edição limitada conta com 91 mil latas que foram produzidas para marcar a inauguração da Centre Vidéotron, no Canadá, uma nova casa de espetáculos onde a banda Metallica irá dar dois concertos.
 
Em comunicado, a Budweiser afirma que foi inspirada na força e vibração deste espetáculo histórico para criar uma cerveja com a "imagem do poder do rock". A marca anunciou ainda que esta edição limitada de cervejas, apenas estará à venda no Canadá.
Publicado em Marcas
A Estrella Damm, marca de cervejas com 136 anos de experiência e tradição cervejeira, chegou ao mercado português em maio de 2012 através de um acordo com a SUMOL+COMPAL, que previa a distribuição exclusiva dos produtos em Portugal.
 
Com um universo de mais de 3700 clientes no canal HORECA, a marca chega agora a um conjunto de lojas de distribuição moderna, estando à venda na rede de hipermercados da Sonae, Auchan, El Corte Inglés e E.Leclerc.
 
"A entrada na distribuição moderna permite-nos apresentar a marca DAMM a um conjunto mais alargado de consumidores, bem como tornar disponível o nosso portefólio de cervejas, que acreditamos ir ao encontro dos mais exigentes apreciadores de cerveja.", afirma Cidália Almeida, Marketing Manager da SUMOL+COMPAL.
 
As cervejas DAMM estão presentes em Portugal através de uma gama de cinco cervejas, que segundo a marca, se adequam aos mais variados palatos e momentos de consumo.
Publicado em Marcas
A Super Bock celebra o Verão com o lançamento da caixa para gelo Icebocks e de uma “cerveja especial mais leve, mais refrescante e de baixo teor alcoólico”, segundo refere a marca. Duas edições limitadas que já estão à venda e disponíveis apenas durante os próximos meses.

A Icebocks é uma caixa que permite a colocação de gelo no seu interior, refrescando as 24 Super Bock minis em apenas 30 minutos, mantendo a temperatura para consumo durante 5 horas.

Apesar de ter surgido no mercado nacional em 2010, este ano regressa com nova imagem, onde sobressai o elemento principal da embalagem, a frescura.

As duas edições especiais da marca de cerveja estão disponíveis em exclusivo nos hiper e supermercados.
Publicado em Marcas
Pág. 1 de 8
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.