21-04-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

sexta, 09 janeiro 2015 21:13

Festival Holy Ship pode chegar à Europa

O Holy Ship é um dos festivais de música eletrónica mais ‘diferentes’ do mundo, pois decorre maioritariamente dentro de um cruzeiro e pode chegar às águas do mar Mediterrâneo em breve.
 
Segundo o produtor Destructo, responsável pelo festival flutuante, em entrevista à Revolt TV afirmou que está a pensar em fazer uma edição europeia do Holy Ship: “Seria bastante parecido com o que já fazemos, mas obviamente haverá muitos mais artistas europeus. Há vários artistas que sempre quisemos, mas por problemas de planificação e outros detalhes nunca puderam participar. Aqui na Europa seria muito mais fácil. Por isso estamos preparando tudo para ter pronto um terceiro barco funcionando no continente”.
 
A edição de janeiro terminou no dia 6, mas em fevereiro terá início viagem entre os dias 18 e 21, já com lotação esgotada. O cruzeiro terá a duração de quatro dias: o primeiro e o último em Miami e o segundo e o terceiro em Nassau e Coco Cay, nas Bahamas. O cruzeiro faz uma paragem numa praia privada nas Bahamas durante algumas horas, onde irá decorrer uma beach party. Skrillex, Fatboy Slim, DJ Snake e Basement Jaxx são alguns dos artistas que fazem parte do cartaz que também incluí festas temáticas.
 
Restaurantes, spa, casino, piscinas e escorrega aquático são algumas das atracões a bordo co MSC Divina, inspirado na Sofia Loren.
 
Grandes nomes como Buraka Som Sistema, Rudimental, Knife Party, Laidback Luke, Disclosure, Skrillex e Fatboy Slim já passaram pelos palcos do festival em edições anteriores.
 
Publicado em Festivais
Os festivais Optimus Alive, Paredes de Coura e Boom Festival estão entre os finalistas dos prémios para os melhores eventos de música da Europa de 2012, cujos vencedores serão conhecidos hoje, em Groningen, na Holanda.

Os prémios - intitulados European Festival Awards - serão atribuídos na abertura do festival Eurosonic, que anualmente acontece em Groningen, Holanda, em torno da mais recente música que se produz na Europa.

O Optimus Alive, no Passeio Marítimo de Algés (Oeiras), e que, em 2012, contou com artistas como Radiohead, The Cure e Stone Roses, está nomeado para melhor festival de grandes dimensões, para melhor cartaz e para o prémio de melhor evento escolhido por jornalistas e promotores ("Artist's Favourite Festival").

Nesta última categoria, além do Optimus Alive, está também nomeado o festival Paredes de Coura, cuja 20.ª edição aconteceu em agosto de 2012 naquela localidade minhota, com Ornatos Violeta, dEUS, Patrick Watson e Of Montreal a integrar o cartaz.

A empresa Everything is New, que organiza o Optimus Alive, está indicada na categoria de promotora do ano.

O Boom Festival, que decorre em Idanha-a-Nova, está nomeado na categoria de festival ecológico.

A organização dos European Festival Awards distingue os melhores festivais de música em mais de uma dezena de categorias, mas também premeia artistas que se destacaram em digressão, nomeadamente os cabeças-de-cartaz - como os Foo Fighters, Bon Iver e os Pearl Jam -, e os artistas revelação - como os Alabama Shakes e os Alt-J.

Os três festivais portugueses competem ao lado de eventos como o Primavera Sound (Espanha), o Roskilde Festival (Dinamarca), o Printemps De Bourges (França), o Melt! Festival (Alemanha) e o Rock Werchter (Bélgica).
Publicado em Festivais
Embora ainda sem datas definidas e depois de uma primeira edição de sucesso, a organização acaba de anunciar que o Festival BPM regressa a Portugal em setembro do próximo ano, concretamente a Lagoa e a Portimão. No comunicado pode ainda ler-se que a edição mexicana não será realizada devido à instabilidade que existe naquela região. 
 
O festival fundado por Craig Pettigrew e Philip Pulitano teve a sua estreia europeia em Portugal entre os dias 14 e 17 de setembro, recebendo inúmeros amantes da música eletrónica oriundos de 91 países. Danny Tenaglia, Chus & Ceballos, Audiofly e Paco Osuna, foram alguns dos artistas que animaram a edição portuguesa.
 
O BPM Festival é um evento originário do México, focado em talentos emergentes, que atrai público de todo o mundo para as suas pistas de dança, ao apresentar no mesmo cartaz, os artistas, marcas e editoras mais procurados do mercado da música eletrónica Nas suas edições, o tem programado festas de selos como All Day I Dream, ANTS, DIYNAMIC Music, Drumcode, ENTER., Intec, Music On, Paradise, SCI+TEC, Stereo Productions ou Toolroom Records.
 
Na sua última edição mexicana, em janeiro deste ano, foi alvo de um tiroteio que fez cinco vítimas mortais. A tragédia deu-se durante a festa de encerramento do festival na discoteca Blue Parrot na Playa del Carmen.
 

Publicado em Festivais
A nova dupla da música eletrónica mundial chama-se Europa e é composta por dois grandes DJs e produtores: Martin Solveig e Jax Jones. 
 
Os dois amigos pretendem, com este novo projeto, explorar os géneros musicais que nunca experimentaram durante as suas carreiras a solo. Os Europa são amizade, uma mistura de pop com música de dança numa combiação inesperada de liberdade total.
 
O single de estreia, "All Day And Night" já se encontra disponível nas habituais plataformas digitais e conta com a participação da cantora norte-americana Madison Beer.
 
Publicado em Artistas
A pequena cidade de Zalec, na Eslovênia tem sinal verde para a construção de uma fonte que, em vez de água, deitará cerveja. Zalec fica situada no chamado “vale do ouro verde”, devido às plantações de lúpulo, um dos ingredientes essenciais da cerveja.
 
“A ideia de uma fonte de cerveja partiu da população, dos cidadãos do nosso país. O projeto já conta com o apoio de muitas empresas, que o encaram como uma oportunidade para o turismo crescer e dinamizar a economia, através da visita de turistas ao nosso vale”, explica o município esloveno na sua página na internet.
 
Os turistas e apreciadores da bebida milenar poderão encontrar naquela fonte uma variada oferta da melhor cerveja eslovena e para degustarem três cervejas numa caneca comemorativa terão de pagar cerca de seis euros.
 
O custo da obra está estimado em 350 mil euros e ainda não tem data prevista para a sua conclusão. A autarquia local aceita donativos.
Publicado em Mix
A noite em Portugal está a poucas semanas de ficar mais pobre. As conhecidas discotecas Europa, Jamaica e Tokyo vão encerrar no próximo dia 14 de abril, para dar lugar a projetos hoteleiros.
 
Os espaços de diversão noturna localizados no Cais do Sodré pagam rendas baixas, de valor inferior a 1000 euros o conjunto das três discotecas. A Jamaica será a única que irá reabrir, com novas condições, renda atualizada e a desistência dos processos que decorrem em tribunal contra os senhorios.
 
Em 2010 um colapso no prédio obrigou aos proprietários das discotecas a realizar obras de recuperação e o processo em tribunal é um pedido de indemnização de 400 mil euros aos senhorios pelos danos causados enquanto os espaços estiveram de portas fechadas durante aquele período.
 
Os arrendatários dos três espaços afirmaram à agência Lusa que este caso trata-se de especulação imobiliária e que a nova lei do arrendamento não defende o património cultural. Já foram entregues à Câmara Municipal de Lisboa vários relatórios assinados por peritos que defendem que a obra pode começar sem obrigar ao encerramento das discotecas.
 
A notícia foi avançada pela SIC e muitos são os clientes das discotecas que já se demonstraram descontentes nas redes sociais por esta situação que apanhou todos de surpresa. Pela internet já decorre uma petição pública, assinada até ao momento por mais de mil pessoas.
 
Lisboa perde assim três locais de eleição para os noctívagos da capital portuguesa, de uma só vez.
Publicado em Nightlife

 

A revista norte americana Billboard realizou uma lista dos melhores festivais de música eletrónica da Europa, que vão acontecer este verão. A tabela conta com 20 festivais, espalhados por vários países do velho continente, que englobam os diversos tipos de música eletrónica.
 
Os famosos festivais Tomorrowland, Mysteryland, Ultra Europe e Sonar constam na lista, liderada pelo Berlin Festival, que decorreu na Alemanha, nos dias 29, 30 e 31 de maio.
 
Confere a lista completa:
 
  • 1 – Berlin Festival (Berlim, Alemanha, 29 e 31 de maio) – Cabeças de cartaz: Richie Hawtin, Dixon
  • 2 – Sonar (Barcelona, Espanha, 18 a 20 de junho) – Cabeças de cartaz: The Chemical Brothers, Skrillex
  • 3 – Fusion Festival (Larz, Alemanha, 25 a 28 de junho)
  • 4 – Hideout Festival (Pag, Croácia, 28 de junho a 2 de julho) – Cabeças de cartaz: Duke Dumont, Gordon City, Loco Dice
  • 5 – Exit Festival (Navi Sad, Sérvia, 9 a 12 de julho) – Cabeças de cartaz: Hardwell, Martin Garrix, Dixon
  • 6 – Ultra Europe (Split, Croácia, 10 a 12 de julho) – Cabeças de cartaz: Afrojack, David Guetta, Carl Cox, Zedd
  • 7 – Dour Festival (Dour, Bélgica, 15 a 19 de julho) – Cabeças de cartaz: Flume
  • 8 – Melt Festival (Ferropolis, Alemanha, 17 a 19 de julho) – Cabeças de cartaz: Bonobo, Jamie XX
  • 9 – Secret Garden Party (Abbots Ripton, Reino Unido, 23 a 26 de julho) – Cabeças de cartaz: Jungle, Caravan Palace
  • 10 – Tomorrowland (Boom, Bélgica, 24 a 26 de julho) – Cabeças de cartaz: David Guetta, Tiesto, Avicii, Axwell /\ Ingrosso
  • 11 – Dekmantel (Amesterdão, Holanda, 30 de julho a 2 de agosto) – Cabeças de cartaz: Machindrum, Mano Le Tough, Recondite
  • 12 – Kazantip (Popovka, Geórgia, 31 de julho a 16 de agosto) – Cabeças de cartaz: Marco Carola, Ricardo Villalobos, Jamie Jones
  • 13 – Eastern Electric (Londres, Reino Unido, 1 de agosto) – Cabeças de cartaz: Jamie Jones, Joris Voorn
  • 14 – SonneMondeStern (Saalburg Beach, Alemanha, 7 a 9 de agosto) – Cabeças de cartaz: Calvin Harris, The Chemical Brothers, Steve Aoki
  • 15 – Barrakud (Pag, Croácia, 8 a 15 de agosto) – Cabeças de cartaz: Sven Vath, Dubfire
  • 16 – Sziget Festival (Budapeste, Hungria, 10 a 17 de agosto) – Cabeças de cartaz: Avicii, Martin Garrix, Major Lazer
  • 17 – Pukkelpop (Hasselt, Bélgica, 20 a 22 de agosto) – Cabeças de cartaz: Kygo, Madeon, Knife Party
  • 18 – Creamfields (Cheshire, Reino Unido, 28 a 30 de agosto) – Cabeças de cartaz: Avicii, The Chemical Brothers, Armin van Buuren, Martin Garrix
  • 19 – Mysteryland (Haarlemmermeer, Holanda, 29 e 30 de agosto) – Cabeças de cartaz: Alesso, Martin Garrix, Steve Angello, The Martinez Brothers
  • 20 – Bestival (Isle Of Wight, Reino Unido, 10 a 13 de setembro) – Cabeças de cartaz: The Chemical Brothers, Skrillex, Duke Dumont
 
Publicado em Festivais
O Ultra Europe, a versão do velho continente do Ultra Music Festival, vai decorrer nos próximos dias 10, 11 e 12 de julho, em Split, na Croácia, com grandes nomes da música eletrónica internacional.
 
Afrojack, Alesso, Andy C, Armin van Buuren, Axwell /\ Ingrosso, Blasterjaxx, Carl Cox, Dash BErlin, David Guetta, DVBBS, Galantis, Hardwell, Jamie Jones, Knife Party, Nicky Romero, Paul van Dyk, Steve Angello, Tiesto e Zedd são alguns dos artistas confirmados para o Ultra Europe deste ano, em vários palcos.
 
 
O conceito do palco Resistance, que se estreou no Ultra Music Festival de Miami, é uma das novidades deste ano, para os amantes da música eletrónica alternativa. O Ultra Europe está inserido no Destination Ultra Croatia Music Week, composto ainda por uma festa de abertura no Giraffe Palm Beach House (9 de julho), Yacht Regatta na Ilha de Brac Zlatni Rat em Bol (13 de julho), o Ultra Beach, na ilha de Hvar no hotel Amfora Grande Beach Resorte (14 de julho) e pela festa de encerramento na ilha de Vis, em Fort George (15 de julho).
 
O Portal 100% DJ esteve à conversa com alguns portugueses que vão embarcar em direção à Croácia, para vivenciar a experiência única do Ultra Europe. Fábio Lindeza, Marc Matos e Pedro Lino são três amigos do Fundão e contaram-nos alguns pormenores da sua viagem.
 
“Esta será a minha primeira vez no Ultra Europe e as minhas expetativas são altíssimas, com a ansiedade à mistura, sinto-me capaz de dizer que ir a um Ultra é a realização de um sonho”, confessou Fábio Lindeza, de 25 anos. A escolha deste festival foi devido a “todas as emoções” que o mesmo proporciona e “ao facto da realização de outras festas, como o Ultra Beach e a Boat Party”, além de que o português é “fã incondicional de tudo o que seja Ultra Music Festival”.
 
Na sua mala leva “a bandeira do glorioso” e “uma pitada de felicidade misturada com excitação”, pois vai ser “o festival mais importante” da sua vida. Galantis, Steve Angello, Axwell /\ Ingrosso e o “mítico” Carl Cox são os artistas que não quer perder nem um minuto.
 
“Em Portugal seria interessante ver um festival desta dimensão, mas na minha opinião nunca será possível, pois não reunimos condições financeiras para tal”, afirmou Fábio ao Portal 100% DJ, dias antes de embarcar no avião para a Croácia. O adepto de música eletrónica deixou ainda um conselho aos leitores “que trabalhem e juntem dinheiro e vão para fora, pois aí é que a electronic dance music é grande. Para não falar do ambiente vivido lá fora, onde se pode experienciar mais de 100 nacionalidades diferentes”.
 
Marc Matos, de 23 anos, estreia-se também este ano no Ultra Europe, que considera como o “melhor festival da Europa” devido às festas que lhe estão associadas. Na bagagem leva calções, toalha, uma câmara GoPro e uma bandeira de Portugal, a representar a nação. Para ir ao Ultra Europe teve de “poupar bastante” e considera que “Portugal poderia ter um festival deste género, apesar de ter um evento muito bom como a EDP Beach Party”. Axwell /\ Ingrosso são, sem dúvida, os artistas que mais quer ver em palco do Ultra Europe.
 
As expectativas de Pedro Lino, de 24 anos, são “as melhores” para a sua primeira vez no Ultra Music Festival da Croácia. É “uma grande panóplia de DJs excecionais e um multiculturalismo humano” que Pedro tem “muito interesse em conhecer e assistir”. Para ir a este festival, o português aconselha a “comprar os bilhetes com antecedência” e, principalmente em relação à viagem de avião. Na sua mala leva o cachecol do Sport Lisboa e Benfica e a bandeira nacional, para marcar presença nas atuações de Afrojack, Martin Garrix e Galantis, os artistas que mais deseja ver no Ultra Europe. Pedro Lino considera ainda que Portugal tem falta de um festival deste género, mas “cada vez temos mais festas que atraem um bom número de DJs com qualidade”.

 

Publicado em Reportagens
Segundo os últimos dados publicados pela International Wine & Spirit Research’s Database 2011, a Ballantine's reforçou a sua posição como whisky escocês mais vendido na Europa.
Em 2010, a marca aumentou o seu volume de vendas no velho continente para quatro milhões de caixas.

Mantendo a liderança em vendas em 12 países, a Ballantine's vendeu, no ano passado, mais de 70 milhões de garrafas do whisky escocês, distanciando-se, deste modo, do segundo lugar da tabela por 600 mil caixas de nove litros.

Este ano, a Ballantine's Finest lançou no Facebook uma campanha digital, com o nome “The Human API”, onde se pôde ver um vídeo de um artista a tatuar um cliente em directo.
Durante as quatro horas da sessão, os fãs participaram em algumas das decisões criativas e a tatuagem resultou num código de barras a duas dimensões que, quando lido, ligava a uma animação. O vídeo obteve mais de um milhão de visualizações no YouTube.
Publicado em Marcas
O DJ e produtor Steve Aoki vai ser operado às cordas vocais e foi obrigado a cancelar cinco atuações na Europa. O anúncio foi feito através da sua página oficial de Facebook e até ao momento a sua presença no festival MEO Sudoeste, em agosto, não está em risco.
 
“Estou profundamente triste por partilhar esta terrível notícias com vocês. Durante 20 anos, os gritos que dei nas minhas atuações danificaram as minhas cordas vocais. Resultado disso, vou ser submetido a uma cirurgia ou nunca mais volto a falar”, confessou Steve Aoki, que na sua adolescência chegou a cantar em bandas de rock.
 
As performances marcadas para Espanha, Holanda e Reino Unido de 25 de maio a 1 de junho foram canceladas por motivos de saúde, mas há muito que o DJ sabia deste problema.
 
“Adiei esta operação por algum tempo e o médico disse que era agora ou nunca. Devido a isso, infelizmente tenho de cancelar algumas das minhas atuações, presentes na lista abaixo, na Europa. Peço desculpa a todos que estavam à espera de me ver atuar. Vou voltar a fazê-lo para todos vós em breve! Eu prometo. Obrigado pela compreensão. Amo-vos a todos!”, afirmou o produtor norte americano na sua página oficial de Facebook.
 
Steve Aoki estreia-se este ano no festival MEO Sudoeste, na Zambujeira do Mar, no dia 9 de agosto.
 
Confere abaixo as datas canceladas:
 
  • 25 de maio – Aoki’s Playhouse – Ibiza, Espanha
  • 30 de maio – Emporium Festival – Wijchen, Holanda
  • 31 de maio – We Are Fstvl – Upminster, Reino Unido
  • 31 de maio – Northern Lights – Newscatle, Reino Unido
  • 1 de junho – Aoki’s Playhouse – Ibiza, Espanha
 
 
Posted by Steve Aoki on Quinta, 14 de maio de 2015
Publicado em Artistas
Pág. 1 de 2
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.