Diretor Ivo Moreira  \  Periodicidade Semanal
O DJ português Bernas faleceu na passada sexta-feira em Cascais, na sequência de um acidente de viação. Bernardo Freitas tinha 35 anos e trabalhou com vários nomes do hip hop nacional.
 
O acidente envolveu dois veículos ligeiros, provocando três feridos e uma vítima mortal e levou ao corte da Avenida Marginal, na zona da Parede, durante cinco horas. A PSP, INEM e Bombeiros estiveram presentes para socorrer as vítimas mas o DJ acabou por falecer no local.
 
“Um dia estaremos todos juntos a scratchar no céu. RIP Bernas”, partilhou DJ Kwan na sua página oficial de Facebook.
 
DJ Bernas começou a sua carreira com o nome de Konecta, participando no primeiro álbum dos Missão a Cumprir, em 2005. Posteriormente, quando começou a trabalhar com o rapper Boss AC, foi rebatizado com o nome de DJ Bernas e produziu o scratch de uma faixa do artista de hip hop nacional no álbum “Preto no Branco” em 2009. Além de várias datas por todo o país, o DJ português lançou várias mixtapes e fez colaborações com artistas como MLK da Mano a Mano.
 
O Portal 100% DJ deixa as suas condolências a toda a família, amigos e fãs de DJ Bernas.
 
Publicado em Artistas
quinta, 09 dezembro 2021 15:23

Faleceu o DJ Magazino

O DJ português Magazino (Luís Costa) morreu hoje, em casa, em Lisboa, dois anos após ter sido diagnosticado com uma leucemia, disse à Lusa fonte próxima da família.
 
Luís Costa nasceu em Setúbal, em 1977, cidade onde aos 17 anos começou a carreira de DJ, que acabou por o levar a vários palcos internacionais.
 
Em dezembro de 2019, foi diagnosticado com uma leucemia e ao longo últimos dois anos foi partilhando, através da rede social Instagram, a luta que travou “pela vida”, como disse numa entrevista em outubro.
 
À Família e amigos próximos do DJ, a redação 100% DJ endereça as sentidas condolências.
 
Publicado em Artistas
O comunicado foi divulgado esta tarde na Página Oficial no Facebook do artista. Peter Rauhofer perdeu a sua batalha contra um cancro que tinha no cérebro. Estava internado num hospital em Nova York desde o passado mês de abril.
 
"Ele partiu cedo demais, mas será para sempre que teremos o legado da música que deixou para nós. Através da sua música Peter viverá para sempre" pode ler-se num texto assinado pelo seu empresário Angelo Russo.
 
Peter foi internado após ter sofrido uma convulsão. Na altura, os exames médicos diagnosticaram tardiamente um tumor cerebral, cuja informação foi divulgada no passado dia 17 de abril.
 
Na nota, Angelo faz ainda um pedido especial - "Peço aos verdadeiros fãs do Peter que mantenham o seu legado vivo, compartilhando a sua música com aqueles que não tiveram a oportunidade de a ouvir por eles mesmos."
 
Peter Rauhofer foi DJ, remixer e produtor também conhecido como 'Club 69' ou 'Size Queen'. Nasceu em Vienna na Áustria, e foi famoso por ter remisturado vários temas que rodaram as pistas de dança de todo o Mundo vezes sem conta, como Cher - "Believe", Madonna - "Nothing Really Matters", "American Life", "Nothing Fails, "Nobody Knows Me", "Get Together, "Impressive Instant e "4 Minutes". Fez igualmente remisturas para Whitney Houston, Jessica Simpson, Britney Spears, Christina Aguilera, Yoko Ono, Pink e Mariah Carey. Esteve por trás da label de tribal house Star 69.
 
Fãs de todo o mundo utilizam as redes sociais para manifestar o pesar pela morte do DJ. O Portal 100% DJ aproveita a oportunidade para enviar as sentidas condolências à familia e amigos de Peter.
Publicado em Artistas
Andrew Weatherall, DJ e produtor musical britânico faleceu esta manhã aos 56 anos. Esteve em Lisboa, no ano passado, na Discoteca Lux Frágil.

"Lamentamos profundamente anunciar que Andrew Weatherall faleceu nas primeiras horas desta manhã, segunda-feira, 17 de fevereiro, no Whipps Cross Hospital, em Londres. A causa da morte foi uma embolia pulmonar. Estava a receber tratamentos no hospital, mas infelizmente o coágulo de sangue atingiu-lhe o coração. A sua morte foi rápida e pacífica" escreveu, em comunicado, a agência que representa o artista.

Weatherall foi uma figura-chave no movimento acid house dos anos oitenta e noventa. Era mais conhecido pelo seu trabalho de produção no álbum Screamadelica de 1991 do Primal Scream. Amplamente reconhecido como um dos principais inovadores da música eletrónica no Reino Unido, continuou a trabalhar como DJ até ao seu falecimento.

Depois de Screamadelica, o artista britânico produziu discos para artistas como Beth Orton e One Dove. Além disso, produziu remixes para artistas como Björk, New Order, My Bloody Valentine e Siouxsie Sioux.

Publicado em Artistas
Klas Bergling, pai de Avicii, fez esta semana a sua primeira aparição pública desde a morte do filho, que se suicidou em abril aos 28 anos de idade. Bergling esteve presente na cerimónia de entrega dos prémios Rockbjörnen, realizados anualmente pela publicação sueca Aftonbladet aos melhores artistas do último ano. 

Ao aceitar um prémio em nome do filho, Klas agradeceu aos fãs pelo apoio prestado, não só ao longo dos últimos anos mas especialmente nestes últimos meses. "Obrigado pelas homenagens que fizeram ao Tim e à sua música. Por parte de todos os seus fãs e não só: igrejas, escolas, festivais e muito mais. Tem sido quase incompreensível e tem aquecido os corações de toda a família durante este período difícil. Muito obrigado", disse.

Recorde-se que o DJ e produtor sueco pôs termo à vida no passado dia 20 de abril, em Mascate, capital do sultanato de Omã, onde se encontrava há alguns dias de férias com amigos. Desde o seu desaparecimento e por todo o mundo têm sido registadas inúmeras homenagens, feitas não só por colegas DJs como por fãs do artista.

Avicii atuou três vezes em Portugal: em 2012, em Leça da Palmeira, Matosinhos, em 2013 no festival Sudoeste, na Zambujeira do Mar, Odemira, e em 2016 no Rock in Rio Lisboa, ano em que anunciou que iria deixar de atuar ao vivo.
 
Publicado em Artistas
quarta, 10 maio 2017 21:31

Faleceu Robert Miles, lenda do trance

O mundo da música eletrónica internacional acaba de ficar mais pobre. Robert Miles, considerado uma das lendas do trance, faleceu ontem aos 47 anos depois de lutar durante 9 meses contra um cancro.
 
A trágica notícia foi dada pela rádio espanhola OpenLab, fundada pelo próprio artista suíço. O DJ e produtor, cujo nome verdadeiro era Roberto Concina, estava neste momento na ilha espanhola de Ibiza onde residia.
 
Num comunicado oficial publicado pela OpenLab, a estação radiofónica declara que “ele foi forte, determinado, incrivelmente corajoso e fez de tudo o que poderia para lutar contra esta doença terrível. Robert era mais do que um artista. Ele foi um pioneiro, um criador, uma inspiração, um filho, um pai, nosso amigo”.
 
Robert Miles ficou conhecido na área da música eletrónica após o lançamento do hit “Children” em 1994, lançando dois anos depois o seu disco de estreia intitulado de “Dreamland”.
 
Muitos são os artistas que já reagiram à morte de Robert, como é o caso de Armin van Buuren: “Estou em choque com a morte de Robert Miles aos 47 anos. A sua música (e não só a fantástica “Children”) significou muito para mim num tempo em que eu estava a evoluir como artista. Desejo as minhas condolências à sua família e amigos. Obrigado Robert por tudo o que fizeste pela música”.
 
O próximo episódio do radioshow de Armin van Buuren, “A State Of Trance”, vai contar com uma homenagem a Robert Miles.
 
{youtube}6QEPrDBMqJ0{/youtube}
Publicado em Artistas

 
A noite portuguesa, especialmente a lisboeta, ficou hoje mais pobre. Manuel Reis, fundador do Lux-Frágil e revolucionário da noite de Lisboa e do Bairro Alto faleceu este domingo, aos 71 anos, vítima de doença prolongada.
 
Manuel Reis foi um dos responsáveis pela renovação do Bairro Alto nos anos 80, fundando em 1982 o bar Frágil e em 1998 o famoso Lux-Frágil, que se tornou num dos grandes espaços e símbolos da capital portuguesa.
 
A abertura Frágil marcou a história da noite em Portugal e Lisboa. Era um espaço cultural onde se encontravam todos os grandes artistas nacionais e marcou uma época de mudança na forma da sociedade viver e se divertir. O bar foi inaugurado juntamente com o sócio Carlos Fonseca. Poucos anos depois, Manuel abre a discoteca Lux, em Santa Apolónia, considerada como uma das melhores do mundo pela revista DJ Mag.
 
Miguel Esteves Cardoso considerava Manuel Reis como “um génio de Lisboa, daqueles que emergem das lamparinas e que nos oferecem três desejos”, pode-se ler numa recente crónica do escritor português. Já o político João Soares, partilhou na sua página oficial de Facebook a seguinte mensagem: “Alguém de um bom gosto, sensibilidade e talento raros. A quem a cidade de Lisboa deve uma obra notável”.
 
Manuel Reis era algarvio e estudou em Lisboa, sempre associado ao teatro, moda e ao design. Antes de abrir alguns restaurantes como a Bica do Sapato, o empresário português foi assistente de bordo da TAP.
 
O corpo vai estar em câmara ardente na próxima terça-feira, no Teatro Thalia.
 
Publicado em Nightlife
domingo, 26 agosto 2018 15:51

Morreu o DJ e produtor Razat

Vítima de doença prolongada, o artista português morreu este sábado. A notícia é avançada pela página Crew Hassan. Razat era considerado, por muitos, um dos produtores de música mais versáteis em Portugal. Nas suas atuações criava uma viagem alucinante pela bass music, que considerava um potenciador dinâmico da pista de dança. O DJ atuou no passado sábado no evento "Fresh Liquid Nights" no Time Out Market em Lisboa.

Natural de Lisboa, Baltazar Gallego, criador do projeto Razat, lançou várias músicas exclusivas e EPs por editoras como a Heavy Artillery Recs, Lu10 e Horny Bass Music. Colaborou com diversos artistas como os Dealema, Orelha Negra, Ricardo Gordo, Zeder, Drop Trop, Stereossauro e, com Beatbombers que incluíram a sua faixa "Ready to Get Funky” no set vencedor dos IDA Awards de 2011 e "Crazy" - no set dos IDA Awards 2012. 

À família e amigos, o Portal 100% DJ envia sentidos pêsames.
Publicado em Artistas
O DJ australiano Adam Sky morreu neste sábado, durante as suas férias no resort Hillstone Villas Resort, na ilha de Bali, na Indonésia, aos 42 anos.

Segundo a BBC, o artista terá morrido quando tentava salvar uma amiga que caiu no terraço. Enquanto corria para ajudá-la, Adam bateu numa porta de vidro, fazendo cortes profundos e perdendo muito sangue, acabando por morrer.

Segundo relatos dos órgãos de comunicação da Indonésia, a mulher sobreviveu e foi levada para o hospital com uma perna partida. De acordo com a Nine News, as autoridades estão a investigar e acreditam que o músico estaria alcoolizado quando aconteceu o acidente.

Adam foi classificado como o terceiro DJ mais popular da Ásia no ano passado. A Juice Magazine Asia descreveu-o mesmo como um "DJ superstar australiano em ascensão".
 
Publicado em Artistas
sábado, 19 novembro 2022 10:38

Faleceu Eddie Ferrer

A comunidade da música eletrónica nacional está novamente de luto. Eddie Ferrer faleceu esta madrugada, não resistindo a um aneurisma.
 
O DJ e produtor estava a recuperar de uma cirurgia a que tinha sido submetido num hospital de Istambul. Dias antes, viajava para o Catar onde iria atuar a pretexto do Mundial de futebol, quando se sentiu mal durante a escala na Turquia.
 
Embora a intervenção médica tivesse corrido dentro do esperado, a situação clínica reverteu-se esta madrugada, acabando por ter o pior desfecho possível. Eddie deixa-nos aos 42 anos de idade.
 
À família e amigos, a redação da 100% DJ, endereça as mais sentidas condolências e associa-se também a este momento de dor, pela perda de um amigo, talentoso, sempre disponível para ajudar e bem-disposto.
 
Publicado em Artistas
Pág. 1 de 3

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.