20-06-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

Faleceu Manuel Reis, o homem que mudou a noite de Lisboa

Posted On domingo, 25 março 2018 23:43 | Escrito por

 
A noite portuguesa, especialmente a lisboeta, ficou hoje mais pobre. Manuel Reis, fundador do Lux-Frágil e revolucionário da noite de Lisboa e do Bairro Alto faleceu este domingo, aos 71 anos, vítima de doença prolongada.
 
Manuel Reis foi um dos responsáveis pela renovação do Bairro Alto nos anos 80, fundando em 1982 o bar Frágil e em 1998 o famoso Lux-Frágil, que se tornou num dos grandes espaços e símbolos da capital portuguesa.
 
A abertura Frágil marcou a história da noite em Portugal e Lisboa. Era um espaço cultural onde se encontravam todos os grandes artistas nacionais e marcou uma época de mudança na forma da sociedade viver e se divertir. O bar foi inaugurado juntamente com o sócio Carlos Fonseca. Poucos anos depois, Manuel abre a discoteca Lux, em Santa Apolónia, considerada como uma das melhores do mundo pela revista DJ Mag.
 
Miguel Esteves Cardoso considerava Manuel Reis como “um génio de Lisboa, daqueles que emergem das lamparinas e que nos oferecem três desejos”, pode-se ler numa recente crónica do escritor português. Já o político João Soares, partilhou na sua página oficial de Facebook a seguinte mensagem: “Alguém de um bom gosto, sensibilidade e talento raros. A quem a cidade de Lisboa deve uma obra notável”.
 
Manuel Reis era algarvio e estudou em Lisboa, sempre associado ao teatro, moda e ao design. Antes de abrir alguns restaurantes como a Bica do Sapato, o empresário português foi assistente de bordo da TAP.
 
O corpo vai estar em câmara ardente na próxima terça-feira, no Teatro Thalia.
 
Este artigo foi lido 1257 vezes
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.