20-05-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 106

Na próxima quarta-feira dia 25 de Maio, a Associação de Discotecas Nacional (ADN) vai realizar juntamente com o Governo Civil do Porto e a SPA, mais uma sessão pública de esclarecimento sobre Direitos de Autor.
 
Desta feita, esta importante sessão terá lugar no Salão Nobre do Governo Civil do Porto situado na Rua Gonçalo Cristóvão, nº 373, às 15:00h.
Publicado em Mix
A divulgação foi feita na reunião pública do executivo pelo vereador da Proteção Civil e Fiscalização, António Sousa Lemos, que acrescentou estarem pendentes dez processos, devido a providências cautelares interpostas pelos donos dos estabelecimentos.

Novas medidas para disciplinar a noite portuense foram aprovadas hoje pela autarquia, incluindo a proibição da venda de bebidas em vasilhame de vidro, para consumo na via pública, e a possibilidade de encerrar estabelecimentos ou de lhes reduzir horários, em caso de infração.

As alterações incluídas no Código Regulamentar do Município mereceram o voto contra da CDU, que pretendia uma duplicação do valor das coimas, e não impediram duas moradoras de se queixarem de mercearias abertas "até à meia-noite", cafés a vender "litrosas", esplanadas que não cumprem horários, estacionamento caótico e falta de limpeza das ruas.

A Câmara poderá ainda proceder à "cassação da autorização de utilização" do estabelecimento se, "nos últimos três anos", o seu titular tiver sido condenado por "três contraordenações relacionadas com o exercício da atividade".
Nestes casos, o novo código regulamentar determina que durante dois anos "não pode ser concedido ao titular" novo título de utilização.

As novas "regras de funcionamento dos estabelecimentos" impõem que os espaços com "aparelho emissor de som com amplificação ou mesa de mistura" comprem e instalem um "limitador de potência sonora, que deverá ser calibrado e selado pelos serviços municipais competentes".

A Câmara pretende também proibir "a instalação de colunas e demais equipamentos de som no exterior do estabelecimento ou nas respetivas fachadas", e vedar a instalações dos mesmos na via pública. O incumprimento reiterado destas regras pode determinar "a restrição do horário de funcionamento para as 24:00", durante um período mínimo de 30 dias ou de 90 dias, no máximo.

O espaço pode ser encerrado pela Câmara quando a culpa do agente e a gravidade da infração "o justifique" ou nos "casos de reincidência". Porém, o fecho deverá ser feito "durante um período não inferior a três meses e não superior a dois anos".

A Câmara do Porto aprovou em março medidas para disciplinar a movida noturna, mas, segundo explica Rui Rio na proposta hoje votada, "importa acautelar a eficácia das referidas medidas".

A Associação de Bares da Zona Histórica (ABZH) do Porto disse no dia 11 à Lusa que disciplinar a movida implica mexer na "lei geral", já que a distinção feita entre sociedades por quotas e empresários em nome individual permite que os primeiros paguem multas "entre os 2.500 e os 30.000 euros" e os segundos "entre os 250 e os 3.000 euros".
 
Fonte: Lusa.
Publicado em Nightlife
A Super Bock associou-se ao evento Urban Market & Os Grandes Amores do Porto, que decorreu esta semana na Exponor – Porto, ao criar uma instalação que tem como matérias as grades de cerveja da marca. Ao todo foram utilizadas 4.128 grades na instalação que retrata a baixa portuense, numa homenagem aos monumentos e ruas emblemáticas da Invicta.

Esta Super instalação nasceu de uma ideia da Portugal Lovers tendo a execução ficado a cargo dos arquitetos Bruno Barbosa e Inês Ferreira. A obra ocupou 1.200 m2 e utilizou 1.600 metros lineares de rede Rachel, 2.000 abraçadeiras e 2.000 metros de corda. Os arcos e as ruas estreitas, característicos da baixa do Porto, foram materializados através de uma cortina de malha (rede rachel) criando percursos invisíveis.

Os visitantes poderam circular na instalação como se estivessem a passear nas ruas do centro histórico do Porto, indo assim ao encontro do tema do evento da Exponor – o Regresso à Baixa – e do conceito do Urban Market.

O Urban Market & Os Grandes Amores do Porto, criado pela Portugal Lovers, integra o "Projeto Casa", evento de arquitetura e design da EXPONOR, e conta com 50 criadores portugueses nas áreas do design, moda, produto, mobiliário, joalharia e foodesign.
 
Publicado em Marcas
O conceito Baixa Clubbing está de regresso para mais uma temporada, com a primeira noite a contar com a presença de Felix Da Housecat, no Porto, no próximo dia 7 de setembro.
 
“Este novo ciclo vai ter início com a presença do DJ Felix Da Housecat, um nome que muito nos agrada trazer à Baixa do Porto, uma vez que representa este novo ciclo no qual o Baixa Clubbing quer apostar”, afirmou Hugo Barros, mentor do projeto.
 
Este projeto pretende continuar a proporcionar noites exclusivas e repletas de house music e nesta nova temporada quer ainda dar destaque às novas gerações de DJs nacionais e internacionais.
 
No line-up da festa constam ainda nomes como Sara Abdul e Nuno Cacho. A abertura de portas do Baixa Clubbing, situado na rua Cândido dos Reis, está marcada para as 23 horas. O Portal 100% DJ é Media Partner oficial deste evento.
 
 
Publicado em Eventos
O North Music Festival, que vai decorrer nos dias 24 e 25 de maio na Alfândega do Porto, já tem o seu alinhamento completo. Além do palco principal, o evento conta ainda com um palco sunset.

Moullinex, DJ Kitten, Rich & Mendes, Cave Story, MurMur, Skills & The Bunny Crew, Stone Dead, Bush, Emir Kusturica & The No Smoking Orchestra, Expensive Soul, Franz Ferdinand, Bastille, Capitão Fausto e Glockenwise são os nomes confirmados para a edição deste ano do North Music Festival.

O recinto contará ainda com duas zonas de restauração, uma interior e exterior, onde os visitantes poderão usufruir de vários tipos de street food, wine gardens com provas de vinho e outras experiências.

Os bilhetes já se encontram à venda nos locais habituais com preços entre os 35 (bilhetes diários) e os 59 euros (bilhetes para os dois dias).
Publicado em Festivais
Após o forçado adiamento da edição do Happy Holi no Porto devido a condições climatéricas adversas, o festival de música e dança mais alegre e colorido do planeta tem uma nova data. 1 de setembro marca a estreia em Portugal do festival que pretende celebrar o que de melhor a vida tem, numa combinação de música, dança, cor e incomparável diversão.
 
A Invicta receberá assim o primeiro 'Happy Holi - Festival das Cores' no próximo domingo e promete trazer ao Parque da Cidade uma tarde de celebração, alegria e música inigualável.
 
Pelo palco principal irão passar Expensive Soul, os DJs Quentito's, Funkyou2, Pedro Cazanova e Nelson Cunha (DJ oficial Mega Hits) onde irão pôr a dançar as cerca de 10 mil pessoas esperadas, ao ritmo do reggae, world music, hip-hop e eletrónica.
 
Segundo a organização, o festival é para pessoas de todas as idades que queiram passar uma tarde de pura alegria, bem-estar e diversão, tendo, contudo, os menores 16 anos de estar acompanhados por um adulto. O valor dos bilhetes inclui sacos de pó coloridos, sendo ainda possível adquirir pacotes extra no recinto do festival. No recinto irão existir stands de comida e bebida.
 
A entrada no Parque da Cidade poderá ser feita a partir das 15 horas, estando o lançamento de Gulal previsto para as 17 horas. O Dress Code exige a utilização de t-shirts/tops de cor branca.
 
Depois da Invicta, o Happy Holi segue para capital alfacinha no dia 15 de setembro no Estádio Universitário de Lisboa. O cartaz conta já com os NuSoul Family, Diego Miranda, Funkyou2, Meninos da Vadiagem e do Nelson Cunha (DJ oficial Mega Hits).
 
Inspirado no 'Holi Festival das Cores' realizado na Índia com o intuito de celebrar a transição do inverno para a primavera e o hinduísmo - vitória do bem sobre o mal - o festival Happy Holi apresenta uma particularidade muito especial: de hora a hora, os participantes ajudarão a originar momentos únicos de euforia e magia com o lançamento do Gulal (pó colorido).
 
Publicado em Eventos
O RPMM Festival, o novo grande evento de música eletrónica que vai chegar ao Porto nos dias 28 e 29 de julho, divulgou novos artistas para o cartaz da primeira edição portuguesa.
 
Jackmaster, Matt Tolfrey, Matthias Tanzmann, Margaret Dygas, Barac, D’Julz, Art Department, Death on the Balcony, Kenny Glasgow, Nitin, Robin Ordell, Geddes, Varhat e Alexis Raphael são as mais recentes confirmações para o festival.
 
O cartaz conta ainda com nomes portugueses como Rui Vargas, Photonz, Violet, Switchdance, Cleeymore, Pixel 82, Gusta-vo, Heartbreakers, Sum M e Vasco Valente.
 
O local central do evento será na Alfândega do Porto, mas toda a cidade do norte de Portugal vai receber as melhores sonoridades da música eletrónica nacional e internacional.
 
Os passes para os dois dias já se encontram disponíveis e limitados a um preço de 55 euros no site oficial do festival.
 
Publicado em Festivais
sexta, 23 março 2012 23:00

Noite portuense vai "acabar" mais cedo

O executivo camarário do Porto vai aprovar na próxima semana um conjunto de medidas para disciplinar a "movida" noturna na baixa da cidade. O documento, a que a Agência Lusa teve acesso, vai ser votado pelo executivo na próxima terça-feira e vai impor medidas mais apertadas para bares e cafés.
 
As medidas, que incluem um reforço da fiscalização e tolerância zero em caso de incumprimento, abrangem "estabelecimentos de restauração e/ou bebidas e recintos de diversão" nas ruas Galerias de Paris, Cândido dos Reis, Conde Vizela, José Falcão, e Passos Manuel, bem como as praças Parada Leitão e dos Poveiros.
 
A venda ambulante de bebidas vai passar a ser proibida, os estabelecimentos vão ter de de encerrar até às 04:00, adquirir limitadores de potência sonora e fechar as esplanadas mais cedo, são algumas das determinações do documento.
 
"Em caso algum, poderá ser autorizado o alargamento de horário para além das 04:00", diz a proposta do vereador da Proteção Civil, Fiscalização e Juventude, António Sousa Lemos. O documento refere que lojas de conveniência, cafés, pastelarias, cervejarias e similares "estabelecimentos de bebidas" vão ter de encerrar até às 02:00 e que os "clubes noturnos e estabelecimentos de bebidas ou restauração com espaços destinados a dança" fechem até às 04:00 da madrugada.
 
O plano estipula também uma revisão dos "horários de abertura e funcionamento alargados" já autorizados, para que todos cumpram o que está previsto no Código Regulamentar do município.
A partir de agora, todas as "eventuais autorizações de alargamento de horários serão "ponderadas caso a caso", depois de "consultados os sindicatos, as associações patronais e de consumidores, a PSP e a Junta de Freguesia onde o estabelecimento se situa, bem como as adjacentes quando assim se considere necessário", refere.alt
 
Em caso algum será autorizado o alargamento até depois das 04:00 e os prolongamentos de horários até essa hora. Apenas serão autorizados "para os dias de sexta, sábado e vésperas de feriado".
 
Também de acordo com o documento, as esplanadas passam a ter de fechar mais cedo do que o estabelecimento, "sempre que o ruído produzido seja suscetível de perturbar terceiros". Os estabelecimentos com "música ao vivo ou amplificada" terão de adquirir e instalar um limitador de potência sonora, sob pena de "restrição do horário de funcionamento".
 
A autarquia vai assegurar ainda um "reforço da fiscalização", em articulação com a PSP, no que toca ao "cumprimento de horários" e da existência de "licenças e autorizações de utilização" A autarquia avisa que "não haverá qualquer tolerância caso ocorra o incumprimento das medidas fixadas".
 
O plano prevê também um "reforço da limpeza pública na área de intervenção". O trânsito será proibido em "algumas artérias", com exceção para os moradores, "entre as 22:00 e as 04:00, em todas as sextas-feiras, sábados e vésperas de feriados". O município pretende também instensificar uma maior fiscalização da Polícia Municipal e da PSP, de forma a "disciplinar" o estacionamento noturno na zona.
 
Fonte: Lusa.
Publicado em Nightlife
É já hoje que a dupla mais animada do país está de regresso à Discoteca Vogue no Porto.

Prometem uma grande festa para deitar a casa abaixo e curtir a noite toda com o party people a não querer sair do dancefloor.
A 2ª edição do evento 'Vogue Fun For All' conta portanto com a boa vibe dos FUNKyou2 - 'The Party Rockers' na cabine.
Recorde-se que em 2010 esta dupla constituída por Daniel Poças e Francisco Praia, venceu o prémio de melhor dupla nacional, pela revista noite.pt.
Publicado em Artistas
sábado, 02 junho 2012 14:15

Optimus Primavera Sound movimenta invicta

O Optimus Primavera Sound vai assentar palco no Porto, entre os próximos dias 7 e 10 de junho.
Beach House, Washed Out, The Flaming Lips, Neon Indian, We Trust e The XX são alguns dos nomes que vão actuar naquele festival de música independente, e para o qual a organização espera uma afluência de, em média, 25 mil pessoas por dia. Destes, mais de 10 mil são estrangeiros, em representação de mais de 40 países como Inglaterra, Espanha, Suécia, França, Itália, Alemanha, Argentina e EUA.

Em 2001 o festival recebeu 7.700 pessoas por dia, 210 jornalistas e 19 bandas. Em 2011 foram já 101.200 as pessoas que marcaram presença no evento, diariamente, junto de 1.181 jornalistas e 193 bandas.

Dentro de dias chega a vez da Invicta acolher o Optimus Primavera Sound, que será composto por quatro palcos: palco Optimus, palco Primavera, palco ATP e palco Club.

De referir que de 7 a 9 de Junho o festival vai realizar-se no Parque da Cidade, para rumar no dia 10 à Casa da Música e ao Hard Club, no Porto.
 
Publicado em Festivais
Pág. 1 de 12
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.