01-06-2020
  Diretor Ivo Moreira  \  Periodicidade Diária
O DJ e produtor francês David Guetta realizou no passado sábado em Miami um liveset solidário transmitido em direto nas redes sociais que também fez vibrar as cerca de oito mil pessoas que habitam nos prédios próximos do terraço onde decorreu o espetáculo.

"Apesar de ser um momento muito invulgar, foi mágico conectar-me com todos através da música. O mais importante é que conseguimos juntar dinheiro que irá ajudar aqueles que mais precisam" referiu o artista francês.

Durante a transmissão foram angariados 700 mil dólares (mais de 600 mil euros), que servirão para apoiar os esforços globais da Organização Mundial de Saúde no combate à pandemia da COVID-19.
 
Publicado em Artistas
O Ultra Music Festival vai comemorar o seu 20º aniversário com um cartaz de fazer inveja, entre os dias 23 e 25 de março do próximo ano, no Bayfront Park, em Miami (EUA).
 
Afrojack, Armin van Buuren, Axwell /\ Ingrosso, Carl Cox, Eric Prydz, Hardwell, Jamie Jones, Marshmello, Steve Aoki e Tiesto são alguns dos artistas que já confirmaram a presença.
 
A organização promete novidades para breve, incluindo o restante line-up, e adianta que irão existir atuações especiais de aniversário. Podes consultar todos os artistas confirmados no site oficial do Ultra Music Festival.
 
Os bilhetes para o tão desejado festival já estão disponíveis no website no evento.
 
Publicado em Ultra Music Festival

 
Dia 6
 
Hoje inicia-se o Ultra! É a primeira vez que cá estou e a ansiedade é muita.
 
Almoçámos perto do recinto num restaurante mexicano. Dirigimo-nos para a entrada do festival. Está uma fila interminável! Demorámos cerca de 1h30 para conseguirmos entrar. As revistas foram rápidas ou quase inexistentes.
 
Entrámos e fomos descobrir todos os palcos. O espaço é pequeno e os palcos encontram-se relativamente perto uns dos outros. Optámos por disfrutar do máximo de atuacoes no mainstage como Oliver Heldens, Steve Aoki, Armin van Buuren, Hardwell, DJ Snake e finalmente Axwell /\ Ingrosso. Armin passou um set sem igual. DJ Snake também surpreendeu e claro, a dupla que tanto gosto Axwell /\ Ingrosso.
 
Terminou o primeiro dia de ultra. A saída é bastante confusa. Não haviam Ubers e estava um trânsito interminável. Apanhámos o metro até à central de autocarros. Finalmente apanhamos o autocarro até casa. São 2h da madrugada. Estamos estourados. Está na hora de descansar porque amanhã há mais!
 
Publicado em Ultra Music Festival
É uma das semanas da música eletrónica mais esperadas ano após ano. A Miami Music Week decorreu na semana passada nos Estados Unidos da América, entre os dias 15 e 20 de março e incluiu o famoso Ultra Music Festival.
 
À semelhança do que aconteceu no Amsterdam Dance Event, foram vários os artistas portugueses que se deslocaram a Miami para viver uma aventura recheada de boa música.
 
 
Diego Miranda foi um dos DJs lusitanos que mais se destacou, sendo o único português a atuar na edição deste ano do Ultra Music Festival, no palco Stage7. Apesar da sua performance não ser transmitida no livestream, foram vários os festivaleiros portugueses que estiveram presentes e ergueram a bandeira nacional. E como o que é nacional é bom, Diego Miranda aproveitou para estrear o seu mais recente single “Kami”, uma colaboração com o jovem produtor Prilho.
 
Antes do grande festival, o português a ocupar a posição 58 do Top 100 DJs viu a sua mais recente faixa “Nashville”, uma colaboração com Wolfpack, ser reproduzida no início do set da dupla Dimitri Vegas & Like Mike, numa das muitas atuações dos artistas belgas em Miami. Para recordar os seus tempos mais dedicados à música underground, Diego Miranda assumiu a cabine do Blume Nightclub e reproduziu temas como “So Get Up” dos Underground Sound Of Lisbon. Dimitri Vegas & Like Mike, Kura, Steven Rod e Wolfpack foram alguns dos artistas com quem privou em Miami.
 
 
Já habituado a Miami está Steven Rod, que mais uma vez partiu para a cidade norte-americana com uma mão cheia de atuações. Os seus gigs decorreram no Vedado Social Club, Mambo, Seaspice, Segafredo Brickell, Lolita’s Lounge e Baôli. Steven foi um dos companheiros de viagem de Diego Miranda, mas também encontrou outros nomes da música eletrónica internacional como Norman Doray, Carl Cox, Don Diablo e Dimitri Vegas.
 
 
Após uma atuação no Porto, a dupla Club Banditz rumou até Miami, preparados para uma semana musicalmente ativa. Além de subirem ao palco de uma festa, cujo line-up era composto por Dubvision e Moti a dupla teve ainda a oportunidade de conviver com artistas como Martin Garrix, Third Party, Oliver Heldens, Matisse & Sadko, Otto Knows, Swanky Tunes e Shapov.
 
 
O jovem DJ e produtor Ben Ambergen foi também um dos sortudos que viajou até Miami viver um sonho. Com atuação marcada no The Bunker e partilhando a cabine com Halfway House e Exodus, o artista teve ainda tempo de conhecer Chuckie, Sander van Doorn e Jay Hardway. Como o saber não ocupa lugar, Ambergen assistiu à masterclass da Revealed Recordings, que contou com testemunhos de Dannic, Kura, Thomas Gold, Lucky Date, Sick Individuals e Kill The Buzz.
 
 
Kura já está habituado a grandes palcos e em Miami não foi uma exceção. O artista português atuou nas festas oficiais da Revealed Recordings e da Spinnin’ Records, no Nikki Beach e no Nautilus Hotel respetivamente, além de lecionar uma masterclass da editora de Hardwell. Antes do lançamento oficial da sua colaboração com Hardwell, Kura viu a faixa ser reproduzida no mainstage do Ultra Music Festival e transmitida em direto para todo o mundo através do livestream.
 
Quem também ganhou algum destaque durante o Ultra Music Festival foram os portugueses KEVU (Kerafix & Vultaire), pois uma das suas mais recentes faixas, a colaboração com Olly James, foi reproduzida pelos Blasterjaxx e teve um feedback extraordinário.
 
Publicado em Reportagens
O habitual livestream do Ultra Music Festival, que decorre em Miami nos próximos dias 27, 28 e 29 de março, foi hoje anunciado, incluindo os horários das transmissões.
 
As rádios SiriusXM e UMF Radio vão reproduzir em direto os sets de vários artistas que compõem o cartaz da edição deste ano do festival americano, bem como entrevistas exclusivas. A transmissão ao vivo com imagens pode ser vista no site Twitch.tv, a partir de sexta-feira, às 20 horas.
 
Martin Garrix, que vai atuar no palco principal do festival, é a cara do anúncio publicitário deste livestream. Também presente no line up está o portuense RAC, que terá o apoio de cinco portugueses que vão viajar até Miami.
 
Confere abaixo os horários das transmissões:
 
  • Sexta-feira: 20h00 às 04h00
  • Sábado: 19h00 às 04h00
  • Domingo: 19h00 às 03h00

 

 

Publicado em Ultra Music Festival

 
Dia 4
 
Acordámos bem cedo de forma a aproveitarmos a praia. À tarde, espera-nos uma das maiores festas da Miami Music Week: o evento da Axtone no hotel Delano Beach Club em South Beach. O cenário era fantástico: sol, palmeiras, uma piscina enorme e um mega palco para receber os melhores DJs internacionais. O cartaz contemplava nomes como Bob Sinclar, Cid, Dirty South, Kryder, Shapov, Matisse & Sadko e claro, o grande Axwell. Pudémos ver a presença de alguns DJs a assistir a esta festa tais como Hardwell, Thomas Gold, Yves V, entre outros. Saímos depois do set de Axwell para jantar.
 
A noite prometia ser longa numa das maiores discotecas de Miami: a Liv. Sunnery James & Ryan Marciano já tocavam. O ambiente era indiscritível, típico das discotecas americanas. Toda a gente aos saltos a vibrar com a música e bailarinas a dançarem em cima da cabine. De seguida, entrou Cedric Gervais num set sem igual.
 
Não temos palavras para descrever a noite que vivemos. Uma coisa chamou-nos à atenção: de cada vez que eram lançados confetis, vinham empregados da Liv varrê-los.
 
Terminámos o dia cansados, mas de coração cheio.
 
Publicado em Ultra Music Festival
segunda, 19 março 2018 15:12

Miami Music Week: Dia 1 - A chegada

Dia 1
 
Chegou o tão aguardo dia 18 de março de 2018. A viagem estava marcada há quase um ano e finalmente chegou o dia. Encontrei-me com a Márcia no aeroporto do Porto e fizemos escala em Lisboa onde o Dylan, que vive em França, se juntou a nós. É sempre tão bom reencontrar quem partilha a mesma paixão por música! Estamos prontos para quase 10 horas de voo.
 
São 18h00 em Miami e já 21h00 em Portugal. Finalmente chegámos! Tão bom sentir este calor depois de muitos dias de chuva intensa no nosso país. Estamos cansados mas felizes por cá estar. Na viagem até ao nosso apartamento, pudemos disfrutar das magnificas paisagens de Miami, mas também do louco dia-a-dia dos americanos. Segundo o motorista do Uber, Miami está repleto de gente pelo facto de ser o St.Patrick’s day, a Spring Break, o Miami Music Week, mas também o Open de Miami.
 
Miami não dorme e vê-se de tudo na Washington Avenue. Estamos cansados e aproveitamos para dormir mais um pouco porque avizinham-se dias intensos. 
 
Publicado em Ultra Music Festival
O Ultra Music Festival (UMF) regressa à baixa de Miami pela 18ª vez consecutiva nos próximos dias 18, 19 e 20 de março. É um dos festivais de música eletrónica mais famosos, reconhecidos e desejados a nível internacional, com um cartaz de luxo e repleto de novidades a cada ano que passa.
 
Este ano o cartaz é composto por nomes como Blasterjaxx, Don Diablo, Alok, Dyro, Julian Jordan, Afrojack, Carl Cox, Dash Berlin, deadmau5, Kygo e o português Diego Miranda que se estreia no UMF no Stage7.
 
Para quem não tem oportunidade de se deslocar, existem as habituais transmissões em direto através da internet, que deixam os fãs do evento literalmente colados ao ecrã durante várias horas. O livestream da edição deste ano já foi anunciado, através de um video que tem como protagonista Hardwell e o seu cão Jager van de Corput. A transmissão em direto vai ter início a 18 de março e prolonga-se durante os dois dias seguintes.
 
 
A exemplo do ano passado, o Portal 100% DJ esteve à conversa com vários amantes da música eletrónica que já embarcaram no avião com destino a Miami, para viver e experienciar toda a magia do UMF e da Miami Music Week.
 
João Santos é natural de Sintra, tem 22 anos e vai pela primeira vez ao festival. Com expectativas “muito elevadas”, pretende ver bem de perto artistas como The Prodigy, Yellow Claw, Andrew Rayel, e deadmau5. “Para mim existem dois festivais de música eletrónica no mundo: Tomorrowland (Bélgica) e UMF (Miami). O resto é cópia. Uma vez que já fui ao Tomorrowland, falta-me o UMF para cumprir o meu sonho. Não podia estar mais feliz!”, confessa o jovem ao Portal 100% DJ. As suas preferências recaem sobre Pete Tha Zouk e Massivedrum, quando questionado sobre os artistas nacionais que gostaria de ver no "UMF". Na mala de viagem leva a bandeira de Portugal, t-shirt da "Tomorrowland Crew Portugal", protetor solar e calçado confortável. Na opinião do português, no nosso país falta um festival “grandioso”, uma vez que estão reunidas todas as condições tais como “espaço, sol e cerveja”. “Bastava um espaço cuidado e um cartaz competitivo! As pessoas vinham de todo o lado. Vejam o exemplo do Tomorrowland”, diz. Uma vez que ir ao "UMF" não é um investimento barato, o jovem admite que “não foi nada fácil arranjar todo o dinheiro necessário” e teve de “fazer uma espécie de contrato” consigo mesmo: todos os meses, levantava uma quantia certa de dinheiro. O bilhete e os voos foram planeados com alguma antecedência “para garantir os melhores preços”.
 
 
Uma das representantes do sexo feminino português é Susana Coelho, de 35 anos, que partiu diretamente de Boliqueime para Miami pela primeira vez. Apesar de já ter estado presente em alguns festivais, “as expectativas são as mais altas possíveis” e nem as consegue exprimir por palavras. Em Portugal, Susana afirma que existem “excelentes profissionais e pessoas super talentosas” que poderiam subir a um dos palcos do "UMF", como vai acontecer com Diego Miranda. Sapatos e roupa confortável “para dançar e pular todos os segundos do festival”, máquina fotográfica “para poder reviver em Portugal os grandes momentos” e a bandeira nacional são alguns dos objetos que leva na bagagem. Para viajar até Miami, a algarvia realizou algumas poupanças mas afirma que “com algum esforço todos os meses, 'grão a grão' consegue-se. Quando colocamos metas e objetivos, tudo se consegue!”. Um dos conselhos que deixa a quem pretende ir ao "UMF" no futuro é comprar as viagens e bilhetes bastante tempo antes, uma vez que o preço é mais acessível e “não custa tanto, porque os pagamentos são faseados ao longo do ano”.
Hardwell, Armin van Buuren e Steve Angello são os artistas que deseja ver com mais atenção em Miami. “Já que temos tanto turismo, praia e clima fantásticos, porque não sermos conhecidos também por festivais brutais e controlados”, que ao mesmo tempo atraem “mais pessoas a virem conhecer o nosso país?”, questiona Susana deixando a sugestão para a realização de um grande festival em Portugal.
 
 
Tiago Rodrigues tem 27 anos e vive em Issy-les-Moulineaux, em França, de onde partiu em direção ao Ultra Music Festival pela primeira vez. O português não vive de ilusões e vai para Miami com o objetivo de “ver para crer”, toda a grandiosidade do festival de música eletrónica. Apesar de não estar presente atualmente em Portugal, Tiago não foge às suas origens e destaca Pete Tha Zouk como o artista nacional que gostaria de ver num palco do Ultra Music Festival. Na sua mala de viagem, além de todos os objetos essenciais, o português garante que não se vai esquecer da sua garrafa de whisky. Relativamente a Portugal, Tiago afirma que “a nível de festivais, não estamos mal servidos” e que não tem “razão de queixa” quando questionado a respeito do investimento feito para viajar até ao Ultra. Nos seus planos, a atuação de Martin Garrix será imperdível.
 
 
Residente em Leiria, Zé Manel leva as suas expectativas para Miami “muito altas, visto que o line-up está muito bom”. Em Portugal, considera que existem ótimos DJs como o Kura, afirmando que seria “muito bom” vê-lo atuar neste Festival. A câmara GoPro, carteira, bilhete do festival, bandeira de Portugal e da marca Armin van Buuren Intense são alguns dos objetos que irão consigo para Miami. “Infelizmente Portugal precisa de um festival a sério”, afirma Zé Manel ao Portal 100% DJ, poucos dias antes de embarcar no avião com destino aos Estados Unidos da América. Para esta viagem, o português admite que é fácil: “Basta querer. Lutei para ir, pois é complicado devido aos salários baixos que se recebe em Portugal”. Entre os artistas que pretende assistir estão deadmau5, Armin van Buuren e Tiesto.
 
 
Daniel Reis tem 28 anos e vive na Cordinhã (Coimbra). Esta vai ser a sua estreia no Ultra, juntamente com o seu irmão. As suas expectativas são “muito grandes” e consigo leva a bandeira de Portugal, uma “peça fundamental”, tal como o bilhete pois “sem ele não há festa”. Pete Tha Zouk seria a sua escolha nacional para estar presente no cartaz do UMF, se o português fizesse parte da equipa de organização do festival. A atuação dos The Prodigy é uma das mais esperadas por Daniel, que certamente irá assistir bem de perto, uma vez que para realizar esta “viagem de sonho para um festival único” teve “dois anos a juntar dinheiro”. Em relação ao facto de Portugal vir a receber no futuro um evento como o Ultra Music Festival, o jovem confessa que o território lusitano “não tem condições nem logística para um festival deste género”.
 
 
{youtube}F0xoBUDUYyo{/youtube}
 
Publicado em Reportagens
O festival Dancefloor, que vai decorrer no estádio municipal Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria nos dias 27 e 28 de julho, já tem música oficial. Chama-se "Be Free" e foi produzida pelos portugueses KEVU em colaboração com Vendark

Considerada pelos próprios como uma faixa "enérgica, emocional e surpreendente", a música promete viciar todos os amantes da música eletrónica e representar da melhor maneira o festival que vai fazer vibrar Leiria em pleno Verão.

"Esta música teve a particularidade de ser produzida quase totalmente em Miami uns dias antes da nossa atuação no Ultra Music Festival, pelo que aproveitámos a inspiração proveniente das paisagens da cidade, mas também um pouco dos DJ sets que fomos ouvindo por lá ao longo da semana", confessaram os KEVU, em entrevista ao Portal 100% DJ.

Uma vez que o Ultra Music Festival é um evento reconhecido a nível internacional, muitos são os DJs e produtores que aproveitam para experimentar novas faixas e sonoridades e isso contribuiu para a produção de "Be Free". "Reparámos que os DJs estavam a tocar faixas muito melódicas, e optámos por fazer algo nesse sentido", referiram. 

A dupla de artistas portugueses, que no ano passado ficaram colocados em 4º lugar no TOP 30 do Portal 100% DJ, sobe ao palco do festival Dancefloor no dia 27 de julho e consideram que o evento "é enorme" e conta com um "público muito energético, pelo que estamos bastante ansiosos e esperamos uma reação bastante positiva das pessoas em relação à nossa atuação." Além disso, prometem "apresentar novos temas" que vão "lançar depois do verão e, sim, também algumas colaborações com artistas de enorme renome".
 

Em relação ao festival, João Pedro e João Rosário consideram que "fazia muita falta, porque além de ter a particularidade de ser feito num estádio, o que é único em Portugal, também traz mais pessoas àquela zona do país onde os eventos daquela dimensão são menos frequentes".

O cartaz da edição deste ano do Dancefloor conta com nomes como Noisecontrollers, Blasterjaxx, Audioctricz, KEVU, Borgore, Nicky Romero, Will Sparkz, Tujamo e Zatox no line-up. "O cartaz que podemos ver até agora, está bastante diverso com artistas de enorme qualidade e algumas estreias em Portugal. Pensamos que o nosso país está cada vez com maiores nomes, ano após ano, nos diversos eventos de música eletrónica que cá se organizam e o Dancefloor em nada fica atrás", concluíram.

Os bilhetes para o festival podem ser adquiridos na Bilheteira Online a partir de 10 euros. O Portal 100% DJ é Media Partner Oficial do evento.
Publicado em Festivais

 

Dia 2
 
Acordámos cedo, talvez pela vontade de descobrir este mundo à parte que é Miami. São centenas as máquinas que desfilam pelas principais ruas de Miami, tais como Mustang, Roll Royce, Lamborghini, BMW, entre outras.
 
Dirigimo-nos até à praia, apreciando até lá todas as lojas. A praia é lindíssima e o cenário é perfeito: céu azul, areia branca, água azul turquesa, palmeiras... Há grupos de americanos que levam colunas enormes para a praia e ouvem música nas alturas a tarde toda.
 
São vários os promotores de festas, clubes e restaurantes que percorrem a praia a distribuir panfletos e tentar recrutar turistas para os seus estabelecimentos.
 
Aproveitámos a praia o dia todo. No final do dia chegaram mais portugueses assim como os DJs Steven Rod e KEVU. Jantámos num restaurante cubano e aproveitámos para passear pela Ocean Drive, com bares repletos de turistas.
 
 Amanhã é outro dia com festa no Nikki Beach.

Publicado em Ultra Music Festival
Pág. 1 de 5