22-03-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

O Festival mais aguardado pelos noctívagos de toda a Europa começa já na próxima sexta-feira na cidade de Boom a 26 quilómetros de Bruxelas.
Neste momento fazem-se os últimos preparativos no evento que receberá os melhores DJs do Mundo e milhares de festivaleiros, incluíndo portugueses.
 
Este é um dos maiores festivais mundiais de música eletrónica, um dos eventos mais impressionantes do planeta. É realizado todos os anos por altura do Verão na Bélgica (Boom) e produzido pela ID&T belga.

O Tomorrowland tem cerca de 12 áreas diferentes, desde o mais comercial ao mais underground, recordando também a década de 90 com a presença bons e grandes nomes da dance music electrónica mundial.
 
Nas fotos em baixo captadas nas montagens iniciais, pode ver-se a grandiosidade do palco principal do evento.
 
 
 
 

 
Publicado em Tomorrowland
segunda, 20 janeiro 2014 00:43

Quanto custa entrar no Tomorrowland?

 

Há preços para todas as carteiras e "crise" é palavra que aqui não entra. No ano em que cumpre 10 anos, o gigantesco Festival europeu Tomorrowland, duplicou os dias da sua realização para dois fins-de-semana, aumentando desta feita, a procura dos ingressos. 

 
 
Muita procura significa muita oferta. Recorde-se que em fevereiro de 2013 foram vendidos 180 mil bilhetes para 214 países diferentes, em apenas... um segundo. Por esse facto, a organização do Festival que anda nas bocas do mundo há 10 anos, mais uma vez, irá disponibilizar uma vasta e reforçada oferta de ingressos onde apresenta vários tipos de pacotes para todos os interessados em viajar até Boom, na Bélgica.
 
Nos dias 18, 19, 20, 25, 26 e 27 de julho a província De Schorre, localizada em Boom, na Bélgica, volta a ganhar vida com um dos festivais mais procurados de sempre. Os festivaleiros que desejam ir ao festival mais internacional do mundo, deverão fazer o seu pré-registo no site do evento até dia 15 de fevereiro e aguardar todas as informações.
 
No gráfico em baixo, poderás conferir os preços dos vários tipos de ingressos.
Importa ressalvar que em Portugal, a agência de viagens certificada pela produção do evento para a venda de pacotes é a Ocean Tour sediada em Póvoa do Varzim.
 
 
 
Publicado em Tomorrowland

Quando temos oito anos, o sonho é ir à Disneyland. Mas isso muda após a adolescência, quando se torna numa viagem ao maior festival do mundo: o Tomorrowland, em Boom, na Bélgica, que se realiza nos próximos dias 22, 23 e 24 de julho. A área do festival é chamada de De Schorre e fica a 30 minutos de Bruxelas, se utilizarmos táxi ou autocarro.

 
É o festival onde atuam alguns dos maiores nomes da música eletrónica a nível mundial, de todos os géneros, em diversos palcos espalhados pelo recinto. O Mainstage é o palco mais procurado do evento, cujo tema e cenário muda de ano para ano.
 
Apesar do sonho não estar à altura de todas as carteiras, é algo que não é impossível, no entanto, é necessário um grande planeamento da viagem e de vários pormenores importantes.
 

COMO E ONDE COMPRAR BILHETES?

 
Em primeiro lugar, se pretendes ir ao Tomorrowland, deverás fazer o teu pré-registo, que tem início no próximo dia 11 de janeiro às 15 horas e termina a 6 de fevereiro No registo, terás de submeter algumas informações pessoais e de contacto, como por exemplo o nome, morada, telemóvel e e-mail. Se queres adquirir bilhete para algum dos teus amigos (no máximo quatro), tens de saber estas informações, uma vez que o nome da pessoa tem de corresponder com a pulseira.
 
Após o pré-registo, receberás um e-mail da organização, com o link que te dará acesso à compra do tão desejado bilhete, que só estará disponível no dia 6 de fevereiro, através de cartão de crédito. Após o pagamento, recebes na caixa de entrada do teu e-mail a confirmação de compra dos bilhetes. Algum tempo depois receberás em casa a tua pulseira personalizada.
 
É importante que tenhas em conta e apesar de existir um pré-registo, não é garantido que consigas ingresso para o festival. Mas nem tudo está perdido. Se não foste um dos felizes contemplados, podes incluir-te numa lista de espera chamada “Exchange Desk” e acreditar que alguém volte atrás na decisão e não queira comprar os bilhetes, deixando-os para ti.
 
A venda de bilhetes a nível mundial tem início no próximo dia 6 de fevereiro (sábado) às 16 horas. Os pacotes Global Journey, que incluem voo, transferes, bilhete e estadia, começam a ser vendidos no próximo dia 23 de janeiro às 16 horas. Para o pacote Global Journey, não é necessário pré-registo.
 
Na edição do ano passado, foram vendidos um total de 180 mil bilhetes e milhões de pessoas tentaram a sua sorte. Os ingressos tinham um custo de 195 euros/dia. Este ano, o passe para os três dias de festival tem o preço de 275,50 euros. Existem ainda outros tipos de bilhetes de várias modalidades, que podes consultar no site oficial do evento.
 
 

RECEÇÃO AO CAMPISTA: THE GATHERING

 
 
É a festa mais exclusiva do Tomorrowland, destinada apenas para os campistas do festival. O palco, composto pelo Sol e pela Lua, é apenas um pequeno exemplo daquilo que os festivaleiros vão viver nos três dias seguintes.
 

ONDE FICAR?

 
Para se viver o verdadeiro espírito do Tomorrowland, quem viveu o sonho em anos anteriores sugere a famosa Dreamville. Com os bilhetes mais baratos, tens a possibilidade de levar tenda, mas se preferires chegar a De Schorre sem a tenda às costas, poderás adquirir o Confort Pass, ingresso que já incluí uma tenda, “cabana” ou ainda uma mansão.
 
Se acampar é algo que não te assiste, existem várias opções que oscilam entre os 70 e os 150 euros.
 
 

COMIDA E BEBIDA

 
Para dentro do Dreamville é possível transportar comida. Uma excelente opção para quem tem um orçamento mais contido. No entanto dentro do recinto do evento existe uma grande oferta para todos os gostos na área da restauração. Desde restaurantes com prestigiados chefes a nível mundial, a pequenas áreas de refeição com comida chinesa, espanhola, indiana, hambúrgueres, sopas, pizzas, sushi e muito mais.
 
Já na parte das bebidas, encontra-se também um pouco de tudo e a vários preços. Desde gin, vodka e a habitual cerveja, que tem um preço que ronda os 3 euros. O pagamento da alimentação e bebidas é feito através da pulseira, que podes carregar com dinheiro no multibanco, online ou em máquinas disponíveis no recinto, que transformam a mesma quantia em “pearls”.
 
 

VESTUÁRIO

 
Acima de tudo, o Tomorrowland é um festival de larga escala e a dança vai ocupar grande parte do teu tempo. Para tudo correr bem, a roupa e calçado confortável são essenciais para os três dias de festa. Durante o dia, o clima é quente e a probabilidade de chover por vezes é grande. Há muitos festivaleiros que utilizam as cores néon para se destacar entre a multidão ou fatos temáticos de personagens conhecidas de todos. Mas há algo essencial que não deve ser esquecido: a bandeira do teu país.
 

O LINE UP

 
O cartaz é divulgado de forma gradual. As novas confirmações de artistas são feitas através das páginas oficiais de Facebook e Twitter do festival. À priori poderás contar com um line up composto pelos artistas mais reconhecidos a nível mundial dos mais variados estilos musicais.
 

OS DJS RESIDENTES

 
 
Os DJs residentes do Tomorrowland são os irmãos Dimitri Vegas & Like Mike, que em 2015 ficaram colocados no número 1 do Top 100 da DJ Mag. O DJ e produtor Yves V também é um dos DJs residentes do Tomorrowland. Apesar de não pertencer à categoria “residente”, o francês David Guetta é o único artista que já atuou em todas as edições do festival belga.
 

COMPANHEIROS PORTUGUESES

 
 
Seja em que país for realizado o festival Tomorrowland, os portugueses estão presentes. Neste caso, a probabilidade é ainda maior, pois a Bélgica fica relativamente perto do nosso país. Se embarcar até ao Tomorrowland está nos teus planos, mas não tens companhia ou precisas de outras informações, não hesites em falar com a “Tomorrowland Crew Portugal”. Fundado por Laetitia Esteves, é um grupo de portugueses que já passou por esta experiência única e que este ano vai novamente viver os melhores dias das suas vidas.
 

RECORDAÇÕES

 
 
Há quem prefira guardar todos os momentos na memória, em fotografias ou em vídeos, mas há também quem goste de uma recordação física. Todo o tipo de vestuário e vários objetos estão disponíveis na loja oficial do Tomorrowland, tanto no festival, como online
 
Publicado em Reportagens
Depois de aftermovies e documentários, chegou a vez do maior festival do mundo lançar um filme. O Tomorrowland vai estrear no próximo dia 26 de novembro o filme “This Is Was Tomorrow”, na Arena Sportpaleis, na Bélgica.
 
São esperadas mais de 20 mil pessoas na estreia da longa metragem, que promete mostrar os melhores momentos da edição deste ano das diferentes edições do festival e do “People Of Tomorrow”. O cenário do local vai ser diferente, com efeitos especiais e vai contar ainda com a Orquestra Nacional da Bélgica, que este ano também pisou o palco do Tomorrowland.
 
Os bilhetes para a sessão de cinema vão ser colocados à venda no próximo dia 5 de outubro no site oficial do festival, com preços entre os 35 e os 43 euros (mais 5 euros de taxas de serviço).
 
{youtube}O49pbIFsDT8{/youtube}
Publicado em Tomorrowland
No ano em que celebra 10 anos de existência, o Festival Tomorrowland volta a surpreender tudo e todos no novo recorde de bilheteiras. Em menos de uma hora, os 360 mil ingressos que havia disponíveis, foram vendidos para todos os cantos do planeta, comprovando assim o interesse a nível mundial que há pelo Festival belga.
 
"A procura foi global e foram vendidos bilhetes para todo o mundo. Pessoas de mais de 220 países diferentes garantiram a sua presença no festival, fazendo do Tomorrowland o evento mais internacional do planeta" disse a produção do evento.
 
No total, ao longo dos dois fins-de-semana, cerca de 16 mil passageiros vão decolar com a companhia aérea belga "Brussels Airlines" perfazendo um total de cerca de 150 voos a partir de 50 cidades na Europa, África e EUA. Outros 4.000 festivaleiros voarão para a Bélgica com a "Lufthansa", "Thai Airways" e pela "Air Canada" a partir de vários destinos na Ásia, América do Norte e América do Sul e Austrália. Os festivaleiros que optaram por usar o comboio, vão viajar pela "Eurostar" e "Thalys".
 
Mesmo estando esgotado, a bilhética do evento vai abrir a 28 de fevereiro com uma "lista de espera" para aqueles que não conseguiram garantir os seus ingressos. Esta ação servirá como "depósito" para as pessoas que pretendam vender os seus bilhetes, sendo esta a única oportunidade das pessoas interessadas comprarem ingressos pelo seu real preço.
 
Nos dias 18, 19, 20, 25, 26 e 27 de julho a província De Schorre, localizada em Boom, na Bélgica, volta a ganhar vida com um dos festivais mais procurados de sempre.
 
O line-up para os dois fins-de-semana está a ser gradualmente divulgado nas redes sociais do evento e até ao momento já conta com importantes nomes de vários géneros musicais como é o caso de Hardwell, Tiesto, Carl Cox, Armin Van Buuren, Eric Prydz, Diplo, Netsky, Sven Väth, Dave Clarke, Erol Alkan, Dillon Francis, Sander van Doorn, DVBBS, Jamie Jones, Loco Dice, Bassnectar, Nicky Romero, Alesso, Krewella, Vitalic, Steve Angello, New World Punx, Erol Alkan e a dupla Above & Beyond. Recorde-se que em 2013 passaram pelo Festival cerca de 230 artistas, espalhados por vários palcos instalados no gigantesco jardim de Boom.
 
Publicado em Tomorrowland
Os ingressos para o Tomorrowland estão praticamente esgotados e mais uma vez o Festival belga está prestes a aumentar a lista dos seus recordes. Se ainda não adquiriste o teu bilhete, ainda estás a tempo (!), pois só existe em Portugal e em número limitado, os pacotes “Global Journey” que incluem o tão desejado bilhete de acesso, voo, estadia e transferes. Tudo isto com acesso ao campismo pelo preço aproximado de 918 euros (taxas incluídas) desde o Porto, Lisboa e Faro.
 
Milhares de pessoas dos quatro cantos do mundo vão rumar até Boom, na Bélgica, nos dias 21, 22, 23 e 28, 29 e 30 de julho, e segundo Laëtitia Esteves, responsável pela “Tomorrowland Crew Portugal”, o nosso país estará representado por mais de uma centena de festivaleiros. 
 
O cartaz para esta edição de dois fins-de-semana ainda está a ser divulgado, e até ao momento já conta com vários nomes da música eletrónica como Armin van Buuren, Oliver Heldens, Martin Garrix, Dimitri Vegas & Like Mike, Deadmau5, Marshmello e David Guetta, Sven Väth, Ricardo Villalobos, Seth Troxler, Luciano e Kerri Chandler.
 
 
Publicado em Tomorrowland
A 12ª edição do Tomorrowland está quase a chegar e a Lipton Ice Tea tem uma grande surpresa para os amantes de música eletrónica. Cinco portugueses vão ter a oportunidade única de ganhar três passes triplos para o festival belga, incluindo ainda viagens de avião, transfers, acesso ao camping e entrada no stand da Lipton.
 
Para participar neste passatempo, tens até ao próximo dia 15 de junho para comprar uma das latas especiais da edição Tomorrowland da Lipton Ice Tea, entrares no site www.liptonicetea.pt e deixar uma mensagem inspiradora para o futuro. A hashtag oficial desta iniciativa é #mensagemparaoamanhã.
 
Os vencedores serão selecionados por um júri composto por elementos da organização do Tomorrowland e da equipa da Lipton Ice Tea.
 
Este passatempo é uma parceria entre a Lipton Ice Tea e ao Tomorrowland, que têm como objetivo principal tornar o mundo num lugar melhor, através de palavras positivas que devem ser partilhadas.
 
{youtube}YlFeop_toXk{/youtube}
Publicado em Tomorrowland
Boom, na Bélgica, é uma cidade com menos de 20 mil habitantes. Durante os próximos dias 24, 25 e 26 de julho, a localidade vai receber milhares de festivaleiros unidos por um objetivo: a música eletrónica, vivida nos vários palcos do festival Tomorrowland.
 
A edição deste ano conta com nomes como Alesso, Avicii, David Guetta, Dyro, Nicky Romero, Oliver Heldens, Steve Aoki, Ummet Ozcan, W&W, Armin van Buuren, Axwell /\ Ingrosso, Blasterjaxx, Deorro, Martin Garrix e muitos outros.
 
Pelo segundo ano consecutivo, o Portal 100% DJ foi ao encontro de alguns portugueses que vão embarcar na experiência Tomorrowland e que têm uma única paixão: a música eletrónica.
 

“NÃO É UM FESTIVAL, É UMA RELIGIÃO!”

 
Já tentei explicar a centenas de pessoas. É mais do que um festival, é uma religião! Não se explica, sente-se. Uma vez ‘Tomorrowlander, Tomorrowlander’ até à morte! Estranho? Depois de lá irem vão entender”, são as palavras de João Santos, de 48 anos e natural de Sintra, que parte para o festival belga pela terceira vez. Na sua mala de viagem constam produtos de higiene e roupa prática para ver alguns dos seus artistas favoritos como Coone e Brennan Heart.
 
Em relação às expetativas para a edição deste ano, João afirma que “as lágrimas ameaçam quando começo a pensar só de entrar no avião e ouvir aquela mensagem arrepiante do comandante: ‘flight to Tomorrowland’”. O sintrense considera ainda que “este festival é muito caro, mas é um facto que as pessoas como eu, que adoram electronic dance music (EDM) e apesar da minha idade e de já ter ido duas vezes... ainda vou uma terceira. Isto tem a ver com um facto: o Tomorrowland não é um festival, é uma religião!”.
 
Apesar de achar que Portugal tem falta um evento deste género, João Santos não acredita “que fosse possível um espírito igual ao da Bélgica”.
 

“TENTO NÃO CRIAR EXPETATIVAS”

 
Bruno Alves tem 31 anos e vai ao festival pela primeira vez, diretamente de Vizela. “Tento não criar muitas expetativas para poder ser completamente surpreendido por tudo! Mas como é lógico, são elevadíssimas”, confessou o festivaleiro em exclusivo ao Portal 100% DJ. Na sua mala, além da bandeira nacional, leva a GoPro, telemóvel, óculos de sol e a camisola do seu ídolo: Francesco Totti (jogador do Roma).
 
No festival pretende assistir às atuações de Axwell /\ Ingrosso e Oliver Heldens, e destaca “o ambiente, os palcos que são mágicos, as pessoas e claro, a música”. Em relação a Portugal, Bruno considera que o público não se pode queixar com o que já tem, visto que já existem “eventos que vão decorrendo ao longo do ano e onde podemos ver os melhores DJs do mundo”.
 

“VALE TODOS OS CÊNTIMOS GASTOS”

 

Com 33 anos, Marco Reis parte da Trofa em direção à Bélgica pela segunda vez consecutiva. “Tudo no Tomorrowland é especial. É o festival que promove a magia e o amor. Isso nota-se a cada passo que damos: existe magia no ar e é tudo feito ao pormenor. Não se consegue exprimir em palavras o que é o Tomorrowland”, salientou Marco.
 
As suas expetativas “são sempre elevadas”, principalmente para “ver como será o palco Main Stage”. Na bagagem leva “o essencial”, como a máquina fotográfica e telemóvel “para registar todos os momentos e mais tarde recordar”, comida, bebida, um impermeável e objetos de higiene.
 
“É um festival caríssimo. Temos de poupar um ano inteiro para termos três dias de loucura inesquecível. Mas vale todos os cêntimos gastos. É talvez a maior e melhor memória que teremos para o resto das nossas vidas”, destaca Bruno.
 
O português garante que Portugal não necessita de um festival desta envergadura, pois existe o MEO Sudoeste e outras festas com grandes nomes da música eletrónica, porém, atesta que “o país em si, não inspira confiança para um festival do género”.
 

“É O MAIOR FESTIVAL DO MUNDO”

 
Rui Sá, natural de Braga, tem 22 anos e também é estreante no Tomorrowland, prometendo que vai “aproveitar ao máximo aquele que é o maior festival do mundo. Sentir o ambiente proporcionado pelos artistas e que entusiasma o público e, acima de tudo, conhecer malta que, tal como eu, ‘vive’ a música eletrónica!”.
 
A bandeira portuguesa e a camisola de Steve Angello, o seu “artista de eleição” que não quer perder, vão bem guardadas na mala de viagem. Para conseguir ir à Bélgica, Rui confessa que quem “tem o sonho de ir ao Tomorrowland, que nunca desista desse objetivo, pois mais cedo ou mais tarde, há-de conseguir”, apesar de não ser fácil economicamente.
 

“UM SONHO DO QUAL QUEREMOS FAZER PARTE”

 
Depois de viajar até ao Ultra Music Festival de Miami e Ultra Europe na Croácia, Cristina Lima parte agora para o Tomorrowland pela segunda vez. A portuguesa de 31 anos e natural do Porto confessou estar “bastante ansiosa por ver o Main Stage” e afirma que os organizadores do evento “vendem um sonho do qual queremos fazer parte”.
 
Dois pares de sapatilhas e uma câmara fotográfica “para captar os melhores momentos” são os objetos essenciais que destacou em exclusivo ao Portal 100% DJ. Após ver Tiesto no Ultra Europe, Cristina está “curiosa por vê-lo no Tomorrowland”.
 
“Em Portugal fazem-se festivais à medida das mentalidades. Neste momento temos bons festivais, com bons cabeças de cartaz de EDM”, respondeu a portuense quando questionada sobre a falta de um festival do género no nosso país. Para viajar até Boom, “desejar apenas não chega, é preciso querer. Quando se quer algo temos de fazer opções, ir menos vezes ao café, despender menos dinheiro na noite... para quando chegar a hora temos tudo a postos para comprar o sonho!” confessou Cristina Lima.
 

“É A DISNEYLAND PARA ADULTOS!”

 
Laëtitia Esteves, de 29 anos e natural de Guimarães, viaja pela terceira vez consecutiva até Boom e espera voltar a “ser surpreendida com a magia que se respira durante aqueles três dias”, destacando ainda “um dos momentos marcantes e mais emocionantes” de cada ano como “a descoberta do Main stage”.
 
“Na realidade, tudo é especial. Eu costumo dizer que não se consegue descrever, é preciso vivê-lo e toda a gente deveria de lá ir pelo menos uma vez na vida. Tudo é pensado ao pormenor de forma a marcar as nossas vidas para sempre. E marca mesmo!”, confessou Laëtitia.
 
A amante de EDM destaca ainda que “a música é sem dúvida o ponto alto do festival com os seus inúmeros artistas de renome internacional. Mas a decoração, a organização, o ambiente que se vive... é a Disneyland para adultos! São mais de 200 mil pessoas vindas dos quatro cantos do mundo com a mesma paixão. Não interessa a cor, raça, idade, sexo e nacionalidade, porque no fundo a música une-nos”.
 
Na mala de viagem não vai poder faltar a bandeira nacional, roupas leves, calçado confortável, óculos de sol, protetor solar e a camisola do seu ídolo, Alesso. Quando questionada sobre que atuações mais deseja assistir, Laëtitia salienta Alesso, Armin van Buuren, Steve Angello e Axwell /\ Ingrosso, deixando ainda uma sugestão à organização: “um dia gostava de ver Pete Tha Zouk no Tomorrowland. É o meu ídolo nacional”.
 
Relativamente aos seus gostos musicais, a vimaranense considera que Portugal tem falta de um festival como o Tomorrowland, mas tem dúvidas em relação à adesão das pessoas. E porquê? “A entrada para o Tomorrowland é cerca de três vezes mais cara do que a de um MEO Sudoeste” e “neste momento está enraizada uma ‘onda’ de Kizomba no nosso país. As casas foram praticamente obrigadas a apostarem nessa ‘onda’ porque é o que se vende”.
 
O investimento para uma aventura como estas não é “nada fácil”. “Termina um Tomorrowland e já estamos a poupar para o próximo, porque os bilhetes são vendidos cerca de seis meses antes da realização do festival. Fica caro pelo facto de serem apenas três dias, mas vale cada cêntimo investido”, confessou Laëtitia Esteves ao Portal 100% DJ.

 

{youtube}NtDG-Cnj-pw{/youtube}

 

Publicado em Tomorrowland
quarta, 18 novembro 2015 23:27

Tomorrowland anuncia datas para 2016

A edição belga e original do Tomorrowland já tem datas. Nos dias 22, 23 e 24 de julho do próximo ano, a cidade de Boom, na Bélgica, volta a receber os festivaleiros de várias partes do mundo, que se juntam apenas por um motivo: a música eletrónica.
 
Ainda sem cartaz definido para a edição belga, vai ser lançado em dezembro o filme “This Was Tomorrow”, que promete retratar os dias vividos naquele festival pelos seus visitantes e também pelos DJs e produtores que sobem aos vários palcos do recinto.
 
A organização do evento, a SFX, tem vindo a sofrer com a crise económica nos últimos tempos e muitos são os rumores que circulam na internet sobre o assunto, chegando a falar-se da falência da empresa. A última edição norte-americana, o TomorrowWorld, ficou marcada pelas piores razões devido às más condições climatéricas, que até levaram ao cancelamento do último dia do evento.
 
Em relação ao Tomorrowland Brasil, a primeira confirmação para o line-up será revelada na próxima segunda-feira.
 
{youtube}HuAxVfZasUk{/youtube}
Publicado em Tomorrowland
De entre vários motivos e razões, o Festival Tomorrowland destaca-se de todos os outros festivais eletrónicos realizados na Europa.
Este Festival que ocorre na cidade de Boom começou a anunciar os primeiros artistas logo no primeiro dia do ano 2012.

O Line-Up desta 8ª edição está fechado e acolhe dezenas de talentos de todos os géneros musicais espalhados por cerca de 16 palcos, todos eles diferentes.
 
No website do evento, já se encontra disponível o horário das atuações de todos os palcos e artistas. Recorde-se que o fuso horário da Bélgica é +1 hora.
 
Numa aplicação que existe no website, é possível criar o seu próprio line-up com os artistas que se pretende assistir ao vivo para que os festivaleiros não percam nenhuma atuação.

O Line-up do primeiro dia, sexta-feira, foi ligeiramente alterado porque Calvin Harris teve de cancelar alguns shows, incluíndo este no Tomorrowland por outros compromissos promocionais que não podem ser evitados ou reprogramados.
Publicado em Tomorrowland
Pág. 1 de 9
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.