23-01-2020

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

O canal de televisão A&E, disponível em Portugal, vai estrear no próximo dia 7 de outubro pelas 21 horas uma nova série sobre música eletrónica, com o DJ Tommie Sunshine.
 
Intitulada de “Música Eletrónica”, a série retrata a viagem de Tommie por nove cidades diferentes para descobrir o que existe de melhor na área da electronic dance music em todo o planeta.
 
São Francisco, Las Vegas, Ibiza, Los Angeles e o festival Mysteryland são alguns dos locais por onde Tommie Sunshine esteve a gravar a série, dividida em sete episódios e que será transmitida todas as sextas-feiras a partir do dia 7 de outubro.
 
  • 7 de outubro (21h00): Ibiza
  • 7 de outubro (21h25): Mysteryland
  • 14 de outubro (21h00): Los Angeles
  • 21 de outubro (21h00): Las Vegas
  • 28 de outubro (21h00): São Francisco

 

{youtube}j_Ghm7bllws{/youtube}

Publicado em Mix
domingo, 25 novembro 2012 14:49

6 Músicas para consumo obrigatório

Desta vez apresentamos uma lista de 6 músicas para serem obrigatoriamente consumidas e de vicío fácil. O play está à espera do teu clique!
 
1
 
 
 
3
 
4
 
5
 
6
 
 
Publicado em Mix
Numa parceria entre a Farol Música e a Cool Beat Records, foi colocado hoje à venda a nova compilação “Tropical Club Summer 2015”, que tem obtido sucesso nas suas edições anteriores.
 
A compilação incluí grandes hits do momento, que têm sido reproduzidas nas estações de rádio e nas pistas de dança mais badaladas do último verão. Algumas novas faixas, que são apostas para a próxima temporada, também estão presentes no álbum. Kygo, Afrojack, Avicii, Phill Kay, Nuno Prilho e No Maka são alguns dos artistas presentes nesta compilação, que já está à venda nas lojas.
 
{youtube}9Sc-ir2UwGU{/youtube}
Publicado em Mix
A partir das sete da tarde desta quinta-feira, 9 de maio, a AIMEC Portugal receberá um novo workshop, desta vez dedicado ao negócio por trás da música. Neste Workshop Music Business, a Academia Internacional de Música Eletrónica, a celebrar um ano de existência em Lisboa, convidou Paulo Silver para partilhar a sua vasta experiência na música e na organização dos conhecidos eventos Rebel Bingo, Battle Royale, HARD On e mais recentemente as Revenge of the 90's. A juntar a esses conceitos, Silver é ainda responsável pela curadoria de vários palcos em diferentes festivais nacionais.

Os lugares são limitados e todos os interessados em participar deverão enviar um e-mail para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. com nome e contacto de forma a confirmarem a sua presença.
Publicado em Mix
À semelhança do que acontece em Miami ou em Amesterdão, com a Miami Music Week e o Amsterdam Dance Event respetivamente, o Dubai vai receber uma conferência mundial de música eletrónica.
 
A cidade dos Emirados Árabes Unidos tem vindo a crescer a cada dia que passa e tornou-se num grande destino de férias de luxo, com várias discotecas e clubs de prestígio internacional.
 
Esta nova conferência está prevista para acontecer entre os dias 18 e 19 de fevereiro do próximo ano, no hotel JW Mariott Marquis, com grandes nomes da música eletrónica a nível mundial, incluindo marcas e pioneiros da tecnologia. Tal como acontece em Miami e em Amesterdão, a conferência do Dubai vai contar ainda com um festival, que vai decorrer durante os mesmos dias do evento.
 
Em breve, serão revelados mais detalhes sobre a conferência e os respetivos artistas.
Publicado em Eventos
O amor é um sentimento que muitos não conseguem explicar ou expressar e muitas vezes a música é a forma mais fácil de o fazer. Muitos são os críticos que consideram a música eletrónica como um género ‘mecânico’, que não transmite sentimentos aos seus ouvintes. Está errado.
 
A revista Billboard divulgou uma lista de 50 músicas românticas, dentro do género de eletrónica, onde constam nomes como deadmau5, Kaskade, Daft Punk, Alesso e Calvin Harris. Esta lista é ideial para ser a banda sonora oficial do Dia dos Namorados, para os amantes de música eletrónica.
 
Confere abaixo a lista completa:
 
  • 50. Axwell - "Centre of the Universe" (2013)
  • 49. Filo & Peri ft. Audrey Gallagher - "This Night (Dash Berlin Remix)" (2010)
  • 48. Kaskade & Tiesto ft. Haley - "Only You" (2010)
  • 47. Third Party vs. Cicada - "Feel" (2012)
  • 46. Fedde Le Grand - "So Much Love" (2011)
  • 45. Major Lazer ft. Wild Belle - "Be Together" (2015)
  • 44. Duke Dumont - "The Giver (Reprise)" (2015)
  • 43. Alison Wonderland - "I Want U" (2014)
  • 42. Nadia Ali - "Rapture (Avicii Remix)" (2010)
  • 41. Gareth Emery ft. Lucy Saunders - "Sanctuary" (2010)
  • 40. Magnetic Man - "I Need Air" (2010)
  • 39. Late Night Alumni - "Empty Streets" (2005)
  • 38. Above & Beyond ft. Richard Bedford - "Thing Called Love" (2011)
  • 37. Tiësto ft. Sneaky Soundsystem - "I Will Be Here (Wolfgang Gartner Remix)" (2009)
  • 36. Tim Berg - "Seek Bromance" (2010)
  • 35. Oliver Heldens x Becky Hill - "Gecko (Overdrive)" (2014)
  • 34. Hot Natured - "Benediction" (2012)
  • 33. Gorgon City - "Ready for Your Love" (2014)
  • 32. Duke Dumont ft. Jax Jones - "I Got U" (2014)
  • 31. Marvin Gaye - "Sexual Healing (Kygo Remix)" (2013)
  • 30. Porter Robinson - "Language" (2012)
  • 29. Seven Lions - "Days to Come" (2012)
  • 28. Galantis - "Gold Dust" (2015)
  • 27. Benny Benassi - "Cinema (Skrillex Remix)" (2011)
  • 26. Frank Wiedemann & Ry X - "Howling (Âme Remix)" (2012)
  • 25. Calvin Harris ft. Ellie Goulding - I Need Your Love (2012)
  • 24. Armin van Buuren ft. Laura V - "Drowning (Avicii Remix)" (2010)
  • 23. The Chemical Brothers - "Snow" (2010)
  • 22. Fatboy Slim - "Praise You" (1999)
  • 21. Calvin Harris - "Feel So Close" (2012)
  • 20. Alex Gaudino - "I'm in Love (I Wanna Do It)" (2010)
  • 19. Nadia Ali ft. Starkillers & Alex Kenji - "Pressure (Alesso Remix)" (2011)
  • 18. Zedd ft. Matthew Koma - "Spectrum" (2012)
  • 17. Galantis - "Runaway (U&I)" (2014)
  • 16. Avicii - "Fade Into Darkness" (2011)
  • 15. Alesso & Ingrosso ft. Ryan Tedder - "Calling (Lose My Mind)" (2012)
  • 14. Stardust - "Music Sounds Better With You" (1998)
  • 13. Daft Punk - "Something About Us" (2001)
  • 12. Kölsch feat. Troels Abrahamsen - "All That Matters" (2012)
  • 11. David Guetta ft. Kelly Rowland - "When Love Takes Over" (2009)
  • 10. Skrillex - "With You, Friends (Long Drive)" (2010)
  • 9. Kaskade - "Eyes" (2011)
  • 8. Krewella - "Alive" (2012)
  • 7. Rihanna ft. Calvin Harris - "We Found Love" (2011)
  • 6. OneRepublic vs. Alesso - "If I Lose Myself" (2013)
  • 5. Disclosure ft. Sam Smith - "Latch" (2012)
  • 4. Zedd ft. Foxes - "Clarity" (2012)
  • 3. Steve Angello & Laidback Luke ft. Robin S. – "Show Me Love" (2009)
  • 2. Deadmau5 & Kaskade – "I Remember" (2008)
  • 1. Daft Punk - "Digital Love" (2001)
 
Publicado em Mix
A página do motor de busca mais famoso do mundo apresenta hoje um doodle que assinala o 66.º aniversário do estúdio de música eletrónica Westdeutscher Rundfunk (WDR), na Alemanha. Criado por Werner Meyer-Eppler, Herbert Eimert e Robert Beyer, tornou-se no primeiro estúdio dedicado em exclusivo à música eletrónica.
 
O WDR surgiu na cidade de Colónia com as experiências dos criadores, que se juntaram na rádio NDWR para desenvolver sons produzidos com equipamentos eletrónicos.
 
A experiência foi feita na noite de 18 de outubro de 1951, a preparar um programa para a rádio, a propósito da música eletrónica, que os três compositores aproveitaram uma divisão da rádio para criar um estúdio inovador, onde sintetizaram sons eletronicamente.
 
O espaço viria a tornar-se num paraíso para músicos e produtores que rumavam ao WDR para editar e misturar sons, criar batidas e usar novos equipamentos de origem eletrónica.
 
Nesta homenagem o doodle foi criado pelo ilustrador Henning Wagenbreth, que vive em Berlim, e celebra a diversidade de pensamento e imaginação que construiu o estúdio WDR e transformou as possibilidades da música. Note-se que foi graças a este estúdio que a música eletrónica se separou em definitivo dos outros estilos, nomeadamente do rock.
Publicado em Marcas
quinta, 20 dezembro 2012 21:46

10 Músicas que vão impedir o fim do mundo

Não sabemos ao certo nem podemos prever se a "coisa", se "dá". Os grandes cérebros da NASA dizem que não, e é tudo mentira. O reboliço é tanto, que até já entrámos na onda.
Temos a certeza que as 10 músicas que apresentamos em baixo, impedem que isto algum dia acabe. Play!
 
1
 
 
2
 
 
3
 
 
4
 
 
5
 
 
6
 
 
7
 
 
8
 
 
9
 
 
10
 
 
Publicado em Mix
A história da música eletrónica em Portugal vai ser contada através de um documentário. “Tecla Tónica” é o nome da longa metragem realizada por Eduardo Morais e está neste momento a ser gravado, com o apoio da Jameson.
 
A imagem fica a cargo de João Pombeiro, enquanto que o som é obra de Helena Fagundes e as entrevistas feitas por Rui Miguel Abreu.
 
Rui Estêvão, DJ Vibe, DJ Ride e Carlos Lopes são algumas das caras conhecidas que foram entrevistadas para o documentário.
Publicado em Mix

São dois nomes incontornáveis da cena eletrónica e do hip hop, sobejamente conhecidos pelas suas atuações energéticas e pelas produções repletas de talento. Cruzfader e Stickup dão vida ao projeto Dynamic Duo, que anda imparável e tem percorrido o país em grandes eventos. Durante o Rock in Rio Lisboa, o Portal 100% DJ teve a oportunidade de estar à conversa com a dupla, onde ficámos a saber algumas curiosidades e novidades para o futuro.

 

Com tantas atuações a nível nacional e internacional, como é que vocês têm tempo para os vossos projetos paralelos?
Stikup: Vou dizer uma coisa que parece uma bocado estranha. Nós viemos de uma ‘escola’ chamada turntables, que te dá bastante técnica para se fazer tudo a nível de produção e mistura. O scratch é uma coisa que se ganha, treina-se e tem um complemento totalmente diferente dos outros tipos de DJs. Nós conseguimos fazer isso, conseguimos conciliar tocar aqui hoje, amanhã outro estilo, depois outro e ainda estar a produzir. É um bocadinho por aí. Ajuda-nos bastante.
 
Como é a reação do público aos vossos sets, recheados de hip hop nacional e internacional, que é muito habitual nas vossas atuações?
Stikup: É um complemento. O Cruzfader é o pilar do hip hop dos Dynamic Duo.
Cruzfader: Cada atuação é diferente e cada caso é um caso. Por vezes experimento tocar hip hop e não pega e aí vimos que neste caso será mais música eletrónica, mais comercial.
Stikup: Basicamente, eu acho que esse vai ser o futuro do DJ, ser uma pessoa, que não toque só uma linha de música. Eu vejo isto a longo prazo porque as pessoas cada vez mais estão “come e deita fora”, o chamado consumo rápido. E acho que o DJ já é isso. É aquele DJ que toca tudo, que o faz bem porque também não é fácil tocar todos os estilos musicais.
 

(...) as pessoas cada vez mais estão “come e deita fora”, o chamado consumo rápido.

 
Vocês conseguem observar esse aspeto logo no início das atuações?
Stikup: Não. Dynamic Duo é um projeto 100% freestyle. Se for uma Queima das Fitas como a de Coimbra, nós levamos algo já estruturado ou se for algo diferente usamos mais o microfone, o que conta também bastante hoje em dia, mas usamos muito o freestyle.
Cruzfader: Também tem a ver com o line-up do evento. Se for um cartaz com mais artistas de hip hop, obviamente que o público vai estar mais virado para esse estilo. Se há um cartaz mais virado para o kizomba e outros artistas, vai ser um set mais comercial. A leitura do cartaz em si indica mais ou menos como irá ser o set. Nos primeiros 10 a 15 minutos consegue-se ver o que o pessoal quer ouvir.
Stikup: Muitos DJs não têm noção disto. Como me disse sempre o Cruzfader, “os primeiros 15 minutos são a tua marca”. 
Cruzfader: Outra coisa importante que nós fazemos é criar picos de subida e descida dentro do nosso estilo musical. Por exemplo, quando tem de subir, passa-se por uma coisa mais afro, não propriamente hits. Às vezes o balanço da música, o bpm em si, chama pelo público. Depois vamos contornando. É muito importante fazer a gestão do set, que não é só disparar as músicas: é saber coordena-las com o público para criar um ambiente com altos e baixos.
 
Alguma vez pensaram atuar no Rock in Rio Lisboa?
Cruzfader: Sinceramente, não. Quer dizer, como dupla já me passou pela cabeça aquela vontade.
Stikup: Havia uma vontade mas nunca me passou pela cabeça vir ao Rock in Rio. Tem mais a ver connosco o MEO Sudoeste. Mas o Rock in Rio é o início.
 
O que representa esta atuação para vocês?
Cruzfader: Representa um reconhecimento da nossa rádio, a Mega Hits.
Stikup: Nós estamos aqui muito por causa da Mega Hits. É preciso referir isso. E também é certo que o Rock in Rio também tem a sua parte de dizer vai ou não vai. Por isso é um reconhecimento das duas partes.
 
Para quando um tema original dos Dynamic Duo?
Cruzfader: Não sabemos. Estamos sempre a produzir e a fazer coisas mas ainda não veio essa parte.
 
Que projetos pretendem desenvolver agora a curto prazo?
Stikup: Eu tenho um projeto novo com o Kking Kong, que trabalha com o Branko dos Buraka Som Sistema e com o Sensi, o irmão do Fred dos Orelha Negra, que se chama KNS, ou seja Kanalhas e estamos a vir aí com um registo mais trap, de música mais urbana, mais bass music. Temos os nossos projetos a solo.
Cruzfader: Estamos muito em estúdio, sempre a trabalhar.
 
 
Segue Dynamic Duo nas redes sociais

    

 
Publicado em Entrevistas
Pág. 1 de 5
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.