21-04-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

×

Erro

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario6/29390958_1217462075052001_1403569645_o.jpg, 36578304 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

[sigplus] Erro crítico: A pasta da galeria de imagens umfpalco deve ter um caminho relativo para a pasta base das imagens especificada na back-end.

Hardwell – Ultra Music Festival Live 2013
Mainstage 16-03-2013
 
TrackList:
  • 01. Hardwell - Spaceman (Hardwell Intro Edit)[REVEALED]
  • Hardwell vs. Above & Beyond - Thing Called Spaceman (W&W Mashup)[ANJUNABEATS/REVEALED]
  • Ignazio (86)w/ Above & Beyond feat. Richard Bedford - Thing Called Love (Acappella)[ANJUNABEATS]
  • 02. ID - ID
  • cybershot (191)1min Hardwell & MAKJ - ID
  • Hardzik (234)5min Hardwell & W&W - ID
  • w/
  • Alesso & Sebastian Ingrosso feat. Ryan Tedder - Calling (Lose My Mind) (Acappella)[REFUNE]
  • Pyroblazer (294)
  • 03. Hardwell feat. Amba Shepherd - Apollo (Lucky Date Remix)[REVEALED]
  • w/
  • Hardwell feat. Amba Shepherd - Apollo (Noisecontrollers Remix)[REVEALED]
  • 04. Krewella - Alive (Cash Cash & Kalkutta Remix)[KREWELLA]
  • 05. Hardwell - ID
  • 06. Jordy Dazz vs. Linkin Park vs. Chuckie & Glowinthedark - At Night vs. Numb vs. Who Is Ready To Jump (Hardwell Smashup)[BIG BEAT]
  • 07. Showtek & Justin Prime - Cannonball[MUSICAL FREEDOM]
  • 08. Zedd feat. Foxes - Clarity (W&W Bootleg)[INTERSCOPE]
  • w/
  • ID - ID
  • Hardwell & W&W- ID
  • 09. Tiesto & Hardwell vs. Sebastian Ingrosso & Tommy Trash - Reload Zero 76 (Hardwell Clashup)
  • 10. Hardwell - Encoded[REVEALED]
  • w/
  • Charlie Darker - ID
  • w/
  • Matt Caseli & Danny Freakazoid - Raise Your Hands (Acappella)[AXTONE]
  • Ignazio (86)10:11track after AutoErotique & Felix Cartal - The Alarm (Charlie Darker Remix / Hardwell Edit)[DIM MAK]
  • 11. Hardwell & Showtek - How We Do[REVEALED]
  • 12. W&W & Ummet Ozcan - The Code[REVEALED]
  • w/
  • Daft Punk - Harder Better Faster Stronger (Acappella)[VIRGIN]
  • 13. ID - ID
  • 14. ID - ID
  • 15. Hardwell & Dyro - ID
  • Guest45min Hardwell & Dyro - Never Say Goodbye
  • 16. Kid Cudi feat. MGMT - Pursuit Of Happiness (Steve Aoki Remix)
  • 17. Dada Life - Kick Out The Epic Motherfucker (Vocal Mix)[SO MUCH DADA]
  • 18. Alvaro & Mercer feat. Lil Jon - Welcome To The Jungle
  • 19. Dyro - Leprechauns & Unicorns[REVEALED]
  • 20. Noisecontrollers & Showtek - Loose (When The Beat Drops)[OWSLA]
  • w/
  • Noisecontrollers & Showtek - Loose (When The Beat Drops) (Tiesto Remix)

 

Video:

 

 

Live Set

 

 
 
 
Publicado em Ultra Music Festival

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario6/29390958_1217462075052001_1403569645_o.jpg, 36578304 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

 
Dia 6
 
Hoje inicia-se o Ultra! É a primeira vez que cá estou e a ansiedade é muita.
 
Almoçámos perto do recinto num restaurante mexicano. Dirigimo-nos para a entrada do festival. Está uma fila interminável! Demorámos cerca de 1h30 para conseguirmos entrar. As revistas foram rápidas ou quase inexistentes.
 
Entrámos e fomos descobrir todos os palcos. O espaço é pequeno e os palcos encontram-se relativamente perto uns dos outros. Optámos por disfrutar do máximo de atuacoes no mainstage como Oliver Heldens, Steve Aoki, Armin van Buuren, Hardwell, DJ Snake e finalmente Axwell /\ Ingrosso. Armin passou um set sem igual. DJ Snake também surpreendeu e claro, a dupla que tanto gosto Axwell /\ Ingrosso.
 
Terminou o primeiro dia de ultra. A saída é bastante confusa. Não haviam Ubers e estava um trânsito interminável. Apanhámos o metro até à central de autocarros. Finalmente apanhamos o autocarro até casa. São 2h da madrugada. Estamos estourados. Está na hora de descansar porque amanhã há mais!
 
{gallery}stories/ultra/diario6/{/gallery}
Publicado em Ultra Music Festival

 
É um dos maiores e mais desejados festivais de música eletrónica a nível internacional e está de regresso a Miami, entre os dias 23 e 25 de março. O Ultra Music Festival comemora 20 anos e a organização já prometeu muitas surpresas que vão deixar tudo e todos boquiabertos.

O festival norte-americano, inserido na Miami Music Week, conta este ano com a presença dos portugueses Kura e Kevu, mas também de artistas internacionais como Laidback Luke, Andy C, Pete Tong, Armin van Buuren, Carl Cox, Axwell /\ Ingrosso, entre outros.

Como já vem sendo um hábito, o Portal 100% DJ entrevistou em exclusivo quatro festivaleiros portugueses que se preparam para viver a melhor semana das suas vidas, em Miami, com a melhor música eletrónica do mundo.
 
 
Aos 24 anos, o português Dylan Silva parte de Paris diretamente para Miami, para assistir pela primeira vez ao Ultra Music Festival. "Como é o 20.º aniversário espero que surpreendam!", confessou em exclusivo ao Portal 100% DJ.
 
Segundo Dylan, essas surpresas podiam ser "nomes que não estão no line-up" já divulgado, como é o caso de Alesso, Martin Garrix e também de Swedish House Mafia "que muito se fala".
 
No festival de música eletrónica, o português não quer perder os espetáculos de Armin van Buuren, Hardwell, The Chainsmokers e Eric Prydz. Na bagagem levou roupa, dinheiro e, claro, "umas garrafinhas de vinho português para animar a malta!", concluiu.
 

Apesar de já ter estado presente em grandes festivais de música eletrónica um pouco por todo o mundo, Laëtitia Esteves decidiu "este ano conhecer o Ultra", uma vez que desde o ano 2013 a sua escolha "sempre foi o Tomorrowland".
As suas expectativas são altas "pelo facto do Ultra prometer várias surpresas devido à comemoração do seu 20.º aniversário". Apesar de estar "um pouco desiludida com o cartaz" da edição deste ano, Laëtitia garante que só vai ser realmente surpreendida "com o regresso dos Swedish House Mafia", há muito esperado por todos os fãs de música eletrónica.
 
Habituada a percorrer todos os palcos de vários festivais, a portuguesa de 32 anos, natural de Guimarães, quer estar na frontline das atuações de Kaskade, Armin van Buuren, Axwell /\ Ingrosso e dos portugueses KEVU.
 
Como "Miami é sinónimo de calor e praia", Laëtitia leva consigo protetor solar, óculos de sol, bikini, a câmara GoPro e as bandeiras de Portugal e do seu grupo Tomorrowland Crew Portugal.
 
Para os interessados em fazer uma viagem deste género, Laëtitia aconselha a "comprar tudo com antecedência, principalmente os voos e estadia". Este ano, o seu grupo preferiu reservar um apartamento, para assim "poupar nas refeições".
 
 
Desde Lousada e também pela primeira vez no Ultra Music Festival, estreia-se Márcia Pinto, de 23 anos. "Como este é o 20º aniversário, espero que haja surpresas", como já referiu a própria organização do festival.
 
Durante o festival, Márcia não quer perder nem um segundo de Armin van Buuren, Carl Cox, Tiësto, KSHMR e da dupla Sunnery James & Ryan Marciano. Na sua bagagem transporta o essencial, "roupa e calçado bem confortável" e tudo preparado para o calor porque tudo aponta para as "temperaturas estarem altas na altura do festival", referiu ao Portal 100% DJ.
 
 
Lilita Menezes, de 47 anos, vai estrear-se no Ultra Music Festival em Miami, com um plano bem definido, para que "seja um festival memorável". A festivaleira natural de Porto Santo pretende ver Carl Cox, Armin van Buuren, Alesso, Tiësto, "entre tantos outros", durante os dias em que vai estar presente no Ultra.
 
Nas suas malas, além da roupa, leva também bandeiras "alusivas ao festival", equipamento para captar foto e vídeo e o seu telemóvel.
 
Na preparação de toda esta aventura, Lilita aconselha todos a "planear bem a viagem, de maneira a que possamos desfrutar desde as festas a sítios a visitar, por preços mais acessíveis" e que possam também "aproveitar o máximo o Ultra, e não só!", afirmou em entrevista ao Portal 100% DJ.
 
Publicado em Reportagens
A segurança do Ultra Music Festival será novamente uma prioridade não só da organização como também das autoridades de Miami. No 20.º aniversário do festival, agendado para o próximo fim de semana, os padrões de segurança serão altíssimos e todas as operações são definidas ao pormenor. Além de inúmeras câmaras de videovigilância, pontos de controlo e barreiras anti-colisão nas movimentadas avenidas, as imediações do festival serão vigiadas por mais de 300 polícias auxiliados por centenas de seguranças.

A propósito do tiroteio que ocorreu no passado mês de outubro em Las Vegas durante o Festival Route 91 Harvest, muitos festivais tomaram importantes medidas com vista a  reforçar protocolos de segurança e o Ultra Music Festival seguiu o exemplo, não fosse a configuração também semelhante, com vários hotéis ao redor do Bayfront Park. Em conferência de imprensa, a Polícia divulgou que irá atribuir um número a cada prédio, de forma a localizar rapidamente possíveis ocorrências. 

A política "clear-bag" será também reforçada. De forma a que drogas, armas de fogo e outros objetos sensíveis não entrem no festival, a organização irá disponibilizar várias caixas à entrada para que os participantes possam anonimamente depositar materiais ilícitos sem qualquer tipo de sanção. 

Freddie Cruz, o comandante da polícia de Miami, nessa mesma conferência de imprensa, enfatizou a importância de todos os festivaleiros serem responsáveis. "Se vir alguma coisa, diga alguma coisa. Qualquer movimento nesses edifícios, qualquer coisa suspeita, lembre-se, ligue para o 911."
 
Publicado em Ultra Music Festival
O Ultra Music Festival (UMF) regressa à baixa de Miami pela 18ª vez consecutiva nos próximos dias 18, 19 e 20 de março. É um dos festivais de música eletrónica mais famosos, reconhecidos e desejados a nível internacional, com um cartaz de luxo e repleto de novidades a cada ano que passa.
 
Este ano o cartaz é composto por nomes como Blasterjaxx, Don Diablo, Alok, Dyro, Julian Jordan, Afrojack, Carl Cox, Dash Berlin, deadmau5, Kygo e o português Diego Miranda que se estreia no UMF no Stage7.
 
Para quem não tem oportunidade de se deslocar, existem as habituais transmissões em direto através da internet, que deixam os fãs do evento literalmente colados ao ecrã durante várias horas. O livestream da edição deste ano já foi anunciado, através de um video que tem como protagonista Hardwell e o seu cão Jager van de Corput. A transmissão em direto vai ter início a 18 de março e prolonga-se durante os dois dias seguintes.
 
 
A exemplo do ano passado, o Portal 100% DJ esteve à conversa com vários amantes da música eletrónica que já embarcaram no avião com destino a Miami, para viver e experienciar toda a magia do UMF e da Miami Music Week.
 
João Santos é natural de Sintra, tem 22 anos e vai pela primeira vez ao festival. Com expectativas “muito elevadas”, pretende ver bem de perto artistas como The Prodigy, Yellow Claw, Andrew Rayel, e deadmau5. “Para mim existem dois festivais de música eletrónica no mundo: Tomorrowland (Bélgica) e UMF (Miami). O resto é cópia. Uma vez que já fui ao Tomorrowland, falta-me o UMF para cumprir o meu sonho. Não podia estar mais feliz!”, confessa o jovem ao Portal 100% DJ. As suas preferências recaem sobre Pete Tha Zouk e Massivedrum, quando questionado sobre os artistas nacionais que gostaria de ver no "UMF". Na mala de viagem leva a bandeira de Portugal, t-shirt da "Tomorrowland Crew Portugal", protetor solar e calçado confortável. Na opinião do português, no nosso país falta um festival “grandioso”, uma vez que estão reunidas todas as condições tais como “espaço, sol e cerveja”. “Bastava um espaço cuidado e um cartaz competitivo! As pessoas vinham de todo o lado. Vejam o exemplo do Tomorrowland”, diz. Uma vez que ir ao "UMF" não é um investimento barato, o jovem admite que “não foi nada fácil arranjar todo o dinheiro necessário” e teve de “fazer uma espécie de contrato” consigo mesmo: todos os meses, levantava uma quantia certa de dinheiro. O bilhete e os voos foram planeados com alguma antecedência “para garantir os melhores preços”.
 
 
Uma das representantes do sexo feminino português é Susana Coelho, de 35 anos, que partiu diretamente de Boliqueime para Miami pela primeira vez. Apesar de já ter estado presente em alguns festivais, “as expectativas são as mais altas possíveis” e nem as consegue exprimir por palavras. Em Portugal, Susana afirma que existem “excelentes profissionais e pessoas super talentosas” que poderiam subir a um dos palcos do "UMF", como vai acontecer com Diego Miranda. Sapatos e roupa confortável “para dançar e pular todos os segundos do festival”, máquina fotográfica “para poder reviver em Portugal os grandes momentos” e a bandeira nacional são alguns dos objetos que leva na bagagem. Para viajar até Miami, a algarvia realizou algumas poupanças mas afirma que “com algum esforço todos os meses, 'grão a grão' consegue-se. Quando colocamos metas e objetivos, tudo se consegue!”. Um dos conselhos que deixa a quem pretende ir ao "UMF" no futuro é comprar as viagens e bilhetes bastante tempo antes, uma vez que o preço é mais acessível e “não custa tanto, porque os pagamentos são faseados ao longo do ano”.
Hardwell, Armin van Buuren e Steve Angello são os artistas que deseja ver com mais atenção em Miami. “Já que temos tanto turismo, praia e clima fantásticos, porque não sermos conhecidos também por festivais brutais e controlados”, que ao mesmo tempo atraem “mais pessoas a virem conhecer o nosso país?”, questiona Susana deixando a sugestão para a realização de um grande festival em Portugal.
 
 
Tiago Rodrigues tem 27 anos e vive em Issy-les-Moulineaux, em França, de onde partiu em direção ao Ultra Music Festival pela primeira vez. O português não vive de ilusões e vai para Miami com o objetivo de “ver para crer”, toda a grandiosidade do festival de música eletrónica. Apesar de não estar presente atualmente em Portugal, Tiago não foge às suas origens e destaca Pete Tha Zouk como o artista nacional que gostaria de ver num palco do Ultra Music Festival. Na sua mala de viagem, além de todos os objetos essenciais, o português garante que não se vai esquecer da sua garrafa de whisky. Relativamente a Portugal, Tiago afirma que “a nível de festivais, não estamos mal servidos” e que não tem “razão de queixa” quando questionado a respeito do investimento feito para viajar até ao Ultra. Nos seus planos, a atuação de Martin Garrix será imperdível.
 
 
Residente em Leiria, Zé Manel leva as suas expectativas para Miami “muito altas, visto que o line-up está muito bom”. Em Portugal, considera que existem ótimos DJs como o Kura, afirmando que seria “muito bom” vê-lo atuar neste Festival. A câmara GoPro, carteira, bilhete do festival, bandeira de Portugal e da marca Armin van Buuren Intense são alguns dos objetos que irão consigo para Miami. “Infelizmente Portugal precisa de um festival a sério”, afirma Zé Manel ao Portal 100% DJ, poucos dias antes de embarcar no avião com destino aos Estados Unidos da América. Para esta viagem, o português admite que é fácil: “Basta querer. Lutei para ir, pois é complicado devido aos salários baixos que se recebe em Portugal”. Entre os artistas que pretende assistir estão deadmau5, Armin van Buuren e Tiesto.
 
 
Daniel Reis tem 28 anos e vive na Cordinhã (Coimbra). Esta vai ser a sua estreia no Ultra, juntamente com o seu irmão. As suas expectativas são “muito grandes” e consigo leva a bandeira de Portugal, uma “peça fundamental”, tal como o bilhete pois “sem ele não há festa”. Pete Tha Zouk seria a sua escolha nacional para estar presente no cartaz do UMF, se o português fizesse parte da equipa de organização do festival. A atuação dos The Prodigy é uma das mais esperadas por Daniel, que certamente irá assistir bem de perto, uma vez que para realizar esta “viagem de sonho para um festival único” teve “dois anos a juntar dinheiro”. Em relação ao facto de Portugal vir a receber no futuro um evento como o Ultra Music Festival, o jovem confessa que o território lusitano “não tem condições nem logística para um festival deste género”.
 
 
{youtube}F0xoBUDUYyo{/youtube}
 
Publicado em Reportagens
Tal como o Portal 100% DJ confirmou oficialmente desde Miami, os Swedish House Mafia regressaram ao palco principal do Ultra Music Festival com uma atuação épica, encerrando a 20ª edição do festival na noite de ontem.
 
O espetáculo contou com os maiores hits dos produtores suecos tais como “Miami 2 Ibiza”, “Leave The World Behind”, “Save The World” e “One (Your Name)”, sempre acompanhados por um grande show de pirotecnia, fogo e efeitos visuais que incluíram ainda várias imagens inéditas dos artistas. No set, foram ainda reproduzidas algumas faixas novas, sem nome nem data de lançamento confirmada.
 
O público reagiu com euforia, lágrimas, saltos e acompanhou todas as músicas ao segundo, erguendo bandeiras e cartazes dos Swedish House Mafia, numa noite que ficou marcada para sempre na história da música eletrónica internacional.
 
“It’s Swedish House Mafia for life this time”, afirmou Axwell, em palco, deixando no ar uma possível digressão que pode vir a acontecer em breve. Segundo a Phouse, o trio mais popular da música eletrónica a nível mundial já terá sete datas marcadas, com um cachet de 1 milhão de euros.
 
Recorde-se que os Swedish House Mafia estiveram em Portugal em 2012 com a digressão “One Last Tour”, em Lisboa. Gostavas que regressassem ao nosso país?
 
Publicado em Artistas
O DJ e produtor português Diego Miranda acaba de anunciar a sua confirmação na edição 2016 do Ultra Music Festival a decorrer no próximo fim-de-semana no Bayfront Park em Miami.
 
O português que atualmente ocupa a posição número 58 do Top 100 da DJ Mag irá atuar no Stage7, pela 1 hora da madrugada (hora de Portugal) de sábado dia 19 de março. Pela cabine deste palco e neste dia irão também passar outros artistas como Infuze, Adam Trigger, Nick Talos, Tommy Walker e o brasileiro Rodrigo Vieira que recentemente assinou a faixa “I Luv U baby” em conjunto com Eddie Ferrer e Rizzo.
 
Na sua página de Facebook, Diego Miranda revelou que este é “mais um sonho realizado” e que o mesmo não seria possível de concretizar sem a ajuda dos seus fãs, os quais descreve mo “os melhores do mundo”. 
 
Este não é o seu único sonho a ser realizado. Durante a semana passada, o artista português viu também a sua presença a ser confirmada no Tomorrowland Brasil, festival onde irá atuar na sexta-feira dia 22 de abril no “Fusion Pool Stage”, ao lado de artistas como Alok, Romeo Blanco e Dirtyloud.
 
Recorde-se que Diego Miranda foi um dos três artistas que mais votos recebeu na ação realizada pelo Portal 100% DJ “Os 20 Mais de 2015”, onde 17 artistas foram distinguidos pela redação e 3 foram reconhecidos pelo público, numa votação online. 
 
 
Publicado em Ultra Music Festival
O design do palco do Ultra Music Festival deveria estar no segredo dos deuses, mas foi acidentalmente divulgado por Martin Garrix, através de uma fotografia publicada na sua página oficial de Instagram.
 
Na foto, o DJ e produtor holandês aparece junto da sua equipa, que preparam os efeitos de iluminação e vídeo. É possível observar nos ecrãs a maquete do palco do Ultra Music Festival, com os testes dos efeitos que irão ser utilizados.
 
Em entrevista ao website Your EDM, Martin Garrix revelou que irá reproduzir no seu espetáculo do primeiro dia do Ultra Music Festival, 8 ou 9 faixas inéditas, que fazem parte do seu álbum de estreia com data de lançamento marcada para abril. O festival de Miami vai decorrer entre os dias 18, 19 e 20 de março, com o português Diego Miranda no cartaz.
 
 
Publicado em Ultra Music Festival
segunda, 19 março 2018 15:12

Miami Music Week: Dia 1 - A chegada

Dia 1
 
Chegou o tão aguardo dia 18 de março de 2018. A viagem estava marcada há quase um ano e finalmente chegou o dia. Encontrei-me com a Márcia no aeroporto do Porto e fizemos escala em Lisboa onde o Dylan, que vive em França, se juntou a nós. É sempre tão bom reencontrar quem partilha a mesma paixão por música! Estamos prontos para quase 10 horas de voo.
 
São 18h00 em Miami e já 21h00 em Portugal. Finalmente chegámos! Tão bom sentir este calor depois de muitos dias de chuva intensa no nosso país. Estamos cansados mas felizes por cá estar. Na viagem até ao nosso apartamento, pudemos disfrutar das magnificas paisagens de Miami, mas também do louco dia-a-dia dos americanos. Segundo o motorista do Uber, Miami está repleto de gente pelo facto de ser o St.Patrick’s day, a Spring Break, o Miami Music Week, mas também o Open de Miami.
 
Miami não dorme e vê-se de tudo na Washington Avenue. Estamos cansados e aproveitamos para dormir mais um pouco porque avizinham-se dias intensos. 
 
Publicado em Ultra Music Festival

[sigplus] Erro crítico: A pasta da galeria de imagens umfpalco deve ter um caminho relativo para a pasta base das imagens especificada na back-end.

Dois dos quatro trabalhadores, que estavam a operar no palco principal do Ultra Music Festival, que começa hoje no centro de Miami, ficaram gravemente feridos, na noite de ontem, quando uma tela gigante de LEDs caiu, prendendo-os debaixo do mesmo.

Segundo Inácio Carroll, porta-voz dos bombeiros, dois homens sofreram lesões fatais, e possivelmente um deles terá ambas as pernas partidas.

Dois outros trabalhadores também foram atingidos pela queda de equipamentos, sendo que um está considerado estável, e o outro foi tratado no local. Os trabalhadores gravemente feridos foram transportados para o Hospital universitário de Miami 'Jackson Memorial'.

O acidente ocorreu nas 24 horas que antecedem a abertura de portas do Festival, quando um ecrã gigante de leds estava a ser içado no palco. Em vez disso, caiu sobre os quatro homens. Várias fontes, indicam que o LED screen iria ser utilizado na atuação do trio sueco Swedish House Mafia marcado no line-up para as 10:30 [pm].
 
O porta-voz dos bombeiros, adiantou à comunicação social que às primeiras horas do dia, iriam voltar ao local, em conjunto com a organização, para determinar as possíveis causas do acidente.

A comemorar 15 anos de existência, o UMF, considerado um dos maiores festivais de música eletrónica do mundo, receberá durante 6 dias (2 fins-de-semana), artistas como David Guetta, Swedish House Mafia, Deadmau5, Armin van Buuren, Avicii, Snoop Dogg, Afrojack, Fedde Le Grand, entre outros, espalhados por 7 palcos/zonas instalados no Bayfront Park em Miami.

Nota de redação: As primeiras notícias a serem divulgadas indicavam que tinha sido o próprio palco, que tinha colapsado, no entanto veio a confirmar-se, já com equipas de reportagem no local e informações das autoridades, que apenas tinha caído equipamento de leds.
 
Última atualização: 15-03-2013, 15:02h.
 
{gallery}umfpalco{/gallery}
 
 
Publicado em Ultra Music Festival
Pág. 1 de 5
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.