01-04-2020

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

Nos dias 23 e 24 de junho, a Cidade do Rock recebeu cerca de 153 mil pessoas no Parque da Bela Vista, em Lisboa. O Rock in Rio voltou ao nosso país com mais uma edição que continua no próximo fim-de-semana.
 
No primeiro dia estiveram presentes 71 mil pessoas no recinto, enquanto que no segundo dia, com lotação esgotada há meses, estiveram 85 mil festivaleiros, que assistiram aos concertos de Anitta, Demi Lovato e Bruno Mars.
 
O próximo fim-de-semana volta a encher o Parque da Bela Vista nos dias 29 e 30, com atuações de The Chemical Brothers, Katy Perry, Diego Miranda, Revenge The 90s ou Vintage Culture. 
 
Os bilhetes estão disponíveis nos locais habituais com preços a partir dos 69 euros.
 
Publicado em Rock in Rio
Lisboa ultrapassa este ano o Rio de Janeiro como a cidade que mais vezes acolheu o festival Rock in Rio, evento brasileiro que cumpre dez anos de existência em Portugal.
 
A capital portuguesa acolheu o Rock in Rio pela primeira vez em 2004, colocando a Cidade do Rock no Parque da Bela Vista, uma área arborizada e relvada com 200 mil metros quadrados - o equivalente a 20 campos de futebol.
 
Desde então, o festival, criado pelo empresário brasileiro Roberto Medina, aconteceu em Lisboa em todos os anos pares, cumprindo agora a sexta edição e dez anos de permanência em Portugal.
 
Este festival nasceu no Rio de Janeiro em 1985 como um evento destinado a promover o Brasil, tornando-se num dos maiores festivais de música do mundo, tendo tido edições também em 1991, 2001, 2011 e 2012. A sexta edição do Rock in Rio, no Brasil, acontecerá em 2015.
 
Roberto Medina escolheu Lisboa como porta de entrada do festival na Europa, pela proximidade linguística e pelo potencial da cidade. Já depois de Lisboa, o festival estendeu-se a Madrid (em três edições) e terá uma estreia nos Estados Unidos em 2015, em Las Vegas.
 
Nos dez anos de existência em Portugal, o festival Rock in Rio contou com cerca de 1,7 milhões de espetadores, cerca de 400 concertos de alguns dos mais sonantes artistas do pop rock, como Paul McCartney, Peter Gabriel, Stevie Wonder, Metallica, Foo Fighters, Sting, Roger Waters ou Shakira.
 
Na memória ficaram também a atuação cambaleante de Amy Winehouse, o concerto da cantora Britney Spears - acusada de ter feito «playback» - e o de Miley Cyrus, na altura já a transitar da personagem Hanna Montana para a irreverente e polémica intérprete pop da atualidade.
 
A organização do festival tem já garantida a realização do Rock in Rio Lisboa em 2016 e 2018. A autarquia de Lisboa aprovou em abril as duas novas edições do festival, isentando a promotora do pagamento de taxas.
 
Semanas antes da decisão camarária, a responsável pelo festival, Roberta Medina afirmava à agência Lusa a vontade de a organização se manter em Lisboa, dado o sucesso dos anos anteriores: "A nossa intenção é ficar para sempre".
Publicado em Rock in Rio
sexta, 26 março 2010 17:14

Rock In Rio Lisboa fecha cartaz

A organização do Rock In Rio, acaba de confirmar a presença dos últimos nomes para o Palco Mundo – Amy Macdonald actua a 29 de Maio e os Soulfly no dia 30 de Maio.

Com estas confirmações fica fechado o line-up do Palco Mundo da quarta edição do Rock in Rio-Lisboa. À semelhança das outras edições, a organização preparou dias temáticos para agradar a diferentes gostos musicais. O dia 21 de Maio será dedicado aos fãs da música pop; a 22 de Maio irá celebrar-se o 25º aniversário que o Rock in Rio comemora este ano, com música que tem marcado várias gerações; o dia 27 de Maio é dedicado aos fãs do rock, o dia 29 destina-se à família e o dia 30 está reservado para os fãs de rock mais pesado.

Para Roberta Medina, Vice-Presidente do Rock in Rio “Estamos muito felizes por termos, mais uma vez, conseguido um cartaz bastante eclético que irá agradar a um grande número de pessoas e com vários artistas que vão actuar em Portugal pela primeira vez. O Rock in Rio é um evento para todas as idades e gostos por isso tentamos sempre fazer um cartaz variado, que agrade a todos.”

Amy Macdonald vem a Portugal apresentar “A Curious Thing”, o novo disco lançado este mês e recordar o seu primeiro trabalho que foi um grande sucesso de vendas. Com o lançamento do novo disco previsto para Maio, também os Soulfly trazem novidades para apresentar aos fãs.
Publicado em Rock in Rio
sábado, 26 maio 2012 11:22

O primeiro dia em números

A cor negra dominou o cenário no primeiro dia de Rock in Rio-Lisboa 2012 mas de longe foi sinónimo de luto ou tristeza. Muito pelo contrário, 42 mil pessoas cruzaram os portões da Cidade do Rock, no Parque da Bela Vista, para assistirem aos concertos de sonoridades mais pesadas, com os Metallica como cabeças de cartaz.
 
Antes de começarem os concertos nos palcos Mundo e Sunset, a Rock Street, com casas coloridas inspiradas em Nova Orleães, foi a sala de visitas do Rock in Rio-Lisboa 2012, recebendo os visitantes com música, performances e artistas de rua.
Ao longo da noite, a animação continuou neste espaço e os números não negam o sucesso da Rock Street: 69 por cento do público deu nota máxima a esta novidade do evento.

Pelo Palco Mundo, passaram nomes sonantes do heavy metal, como Sepultura, Mastodon ou Evanescence, mas James Hetfield e companhia eram os mais aguardados pelo público.

76 por cento dos espetadores vieram nesta sexta-feira ao Rock in Rio-Lisboa 2012 para ver Metallica. E a banda não dececionou, mostrando por cerca de duas horas o seu carinho pelo público português.

E, como não poderia faltar, as tradicionais diversões do festival foram muito procuradas e quem quis andar na roda gigante, montanha russa e slide teve que esperar, em média, 30 minutos.

Hoje, os cabeça de cartaz são os Smashing Pumpkins e os Linkin Park, num dia que também contará com as atuações dos Offspring e Limp Bizkit.
 
Publicado em Rock in Rio
A Cidade do Rock recebeu mais de 345.000 fãs ao longo dos cinco dias de evento, e ultrapassou a meta dos 2 milhões de pessoas que passaram as portas da Cidade do Rock, ao longo dos 10 anos do evento em Portugal.
 
O dia 25 de maio, com o regresso a Portugal de Robbie Williams recebeu cerca de 60 mil pessoas, que vibraram com um concerto cheio de classe e bom humor. Já o segundo dia, 29 de maio, teve lotação esgotada com os míticos The Rolling Stones, que tiveram 90 mil pessoas a assistirem ao seu concerto, e que contou com Bruce Springsteen como convidado surpresa.
 
O terceiro dia, 30 de maio, 68 mil pessoas vibraram com o rock de Linkin Park, que levou a multidão à loucura e assistiram ao espectáculo do DJ Steve Aoki, que atirou bolos e barcos ao público. A 31 de maio, 47.500 pessoas vibraram com a estreia de Lorde em Portugal, e com o espetáculo de Arcade Fire e Ed Sheeran, e celebraram a obra de Variações, durante a Homeagem que o Palco Mundo acolheu. 
No encerramento, a 1 de junho, 80 mil pessoas dançaram ao ritmo da boa disposição de Jessie J e receberam Justin Timberlake com uma verdadeira ovação.
 
Na edição que comemora os 10 anos do Rock in Rio-Lisboa, foi ultrapassada a marca dos 2 milhões de pessoas que passaram pela Cidade do Rock, no Parque da Bela Vista, desde 2004. Entretanto, já foi confirmada a edição do evento, que regressa em 2016 e 2018.  
 
Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio deixou uma mensagem de agradecimento "Mais uma vez, a Cidade do Rock encheu-se de sorrisos e foram cinco dias cheios de histórias e memórias bonitas. A Rock Street voltou a ser um êxito, a Street Dance continuou a surpreender, e o Palco Vodafone conseguiu conquistar milhares de pessoas, que todos os dias assistiram aos concertos. E, todas as noites terminaram na impressionante aranha Eletrónica, que ganhou vida e fez a festa continuar até às 04h00." 
 
O maior evento de música e entretenimento do mundo segue agora para Las Vegas, onde a primeira edição do evento nos Estados Unidos acontece em maio de 2015. Em Setembro de 2015, o Rock in Rio volta também ao Rio de janeiro.
 
Publicado em Rock in Rio
terça, 03 abril 2012 23:04

Kaiser Chiefs no Rock in Rio Lisboa

A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo confirma a presença dos Kaiser Chiefs no Palco Mundo no dia 3 de junho. Esta será a primeira banda a atuar no dia que conta ainda com a presença dos James, Xutos & Pontapés e Bruce Springsteen & The E Street Band, como cabeça de cartaz.

Os eletrizantes Kaiser Chiefs regressam ao Rock in Rio-Lisboa para contagiarem o público com a sua inesgotável energia após terem atuado para 90 mil pessoas na edição de 2008.
A banda britânica formada em 1997 e composta por Ricky Wilson (voz), Andrew Whitey White (guitarra), Simon Rix (baixo), Nick Peanut Baines (teclado e sintetizador) e Nick Hodgson (bateria) já editou 4 discos de originais e atuou para milhões de pessoas em todo o mundo. Temas como “Ruby”, que foi nº1 no Reino Unido, “I Predict a Riot”, “Oh My God”, “Everyday I Love You Less and Less”, entre muitos outros, são conhecidos universalmente e são sinónimo de apoteose.

O Rock in Rio-Lisboa volta ao Parque da Bela Vista nos dias 25, 26 de maio e 1, 2 e 3 de junho de 2012 e até ao momento estão confirmadas as presenças de Metallica, Evanescence, Mastodon e Sepultura com os Tambours du Bronx no dia 25 de maio; Smashing Pumpkins, Linkin Park, The Offspring e Limp Bizkit no dia 26 de maio; Lenny Kravitz, Maroon 5, Ivete Sangalo e Expensive Soul no dia 1 de junho; e Bruce Springsteen & The E Street Band, Xutos & Pontapés, James e Kaiser Chiefs no dia 3 de junho.

Os bilhetes para os dias 25 e 26 de Maio, 1 e 3 de Junho já se encontram à venda e custam 61 euros. Os interessados em adquirir bilhetes para estes dias podem fazê-lo na FNAC, em 68 sucursais do Millennium bcp, nos postos de abastecimento da BP aderentes (33 euros + 1.500 pontos BP premierplus) e no site oficial do evento em www.rockinriolisboa.sapo.pt. Já é também possível comprar bilhetes para o evento no Continente com 20% de desconto em cartão, nas lojas da Amadora, Braga, Cascais, Colombo, Guia, Matosinhos, Oeiras e Vasco da Gama e em www.rockinrio.continente.pt.
A organização alargou a data de troca dos Vouchers do Kit de Natal do Rock in Rio-Lisboa 2012. Quem os adquiriu pode trocá-los até dia 7 de maio por um bilhete para qualquer dia de evento.
 
 
Publicado em Rock in Rio
O line-up do Palco Mundo para o primeiro dia do Rock in Rio-Lisboa 2018 (23 de junho) já está completo e conta com três grandes estreias. Aos já anunciados Muse juntam-se, agora, a banda britânica Bastille, as três irmãs americanas HAIM e o português Diogo Piçarra.
 
Num estilo indie rock e rock alternativo, Bastille trazem à Cidade do Rock o seu último álbum, Wild World, e vários hits que vão fazer o público vibrar, como “Flaws”, “Laura Palmer”, “Things We Lost In The Fire” e “Pompeii”, o single que invadiu as rádios nacionais e pôs os fãs a cantar em uníssono. Neste mesmo dia, as três irmãs americanas - Este Haim (baixo), Danielle Haim (guitarra e bateria) e Alana Haim (guitarra e teclado) marcam presença pela primeira vez no Rock in Rio-Lisboa.

Também Diogo Piçarra promete surpreender os fãs com os seus temas do seu mais recente álbum, do=s. Intérprete das suas próprias músicas, foi em 2017 que o artista deu os primeiros passos fora de Portugal, com concertos por todo o mundo. Diogo Piçarra é também um recordista de de visualizações no YouTube e recebeu também múltiplas nomeações e distinções.

Os bilhetes diários para o dia 23 de junho, primeiro dia de festival, estão à venda nas lojas FNAC e em bilheteira.fnac.pt, Blueticket.pt, Festicket e Ticketmaster. Na sua 8ª edição, o Rock in Rio-Lisboa vai receber os seus visitantes com inúmeras novidades entre as quais uma nova Cidade do Rock com novas áreas (como o Pop District ou Gormet Square), novos palcos (como o Digital Stage), e muitos artistas de sucesso, como Bruno Mars, Demi Lovato, Muse, The Killers e The Chemical Brothers.
 
Publicado em Rock in Rio
Depois de estrear no Rock in Rio 2013, no Rio de Janeiro, a Cidade do Rock de Lisboa vai agora receber a nova Eletrónica: uma estrutura com 40 metros de diâmetro com uma cenografia futurista, inspirada na forma de uma aranha robótica em que pilares de 11 metros de altura simulam a forma de patas gigantes. Com um espaço para público de mais de 1300 m2, a Eletrónica aproxima ainda mais o público dos DJ's, ao colocar a cabine num espaço central, que fica completamente rodeado pelo público.
 
Na edição que marca os 10 anos do Rock in Rio-Lisboa, a organização do maior evento de música e entretenimento do mundo preparou inúmeras surpresas para os amantes de música eletrónica. Entre os DJ's internacionais confirmados para esta edição estão os canadianos Pretty Lights; Tiga, o canadiano que alcançou o êxito com "Push" ou "You Gonna Want Me"; Apollonia, Breakbot, Dusky, Le Youth, Frivolous, Flow & Zeo, entre outros. 
 
O cartaz conta ainda com nomes da nova geração da música eletrónica nacional como Voxels, Ramboiage, Pena, Bis Boys Please, Octa Push Live e DJ Ride, que atuou na Eletrónica do Rock in Rio, no Rio de janeiro, em setembro passado. 
Também na cabine vão encontrar-se pela primeira vez os "Underground Sound of Lisbon" - DJ Vibe e Rui da Silva - respetivamente. 
 
Para Miguel Marangas, Diretor Artístico do espaço "este é um cartaz que foi pensado para os verdadeiros amantes da música eletrónica e que pretende mostrar o melhor que a nova geração do panorama nacional e internacional está a fazer. Sempre apostámos em novos artistas, e mantemos essa aposta nesta edição."
Publicado em Rock in Rio
A edição deste ano do Rock in Rio Lisboa, que terminou no passado fim-de-semana, foi, mais uma vez, um verdadeiro sucesso. Nos vários palcos espalhados pela Cidade do Rock, muitos foram os artistas de música eletrónica que atuaram para milhares de pessoas durante a sexta-feira e sábado. 
 
 
MERGULHAR AO SOM DA MELHOR MÚSICA ELETRÓNICA
 
 
As Somersby Pool Parties vieram para ficar. Durante os dois últimos dias de Rock in Rio Lisboa, vários nomes como DJ Big, Van Breda, Isabel Figueira e o residente Francisco Praia deram música à piscina da Cidade do Rock. No último dia, houve ainda tempo para recriar o famoso programa “Ai os Homens”, apresentado por José Figueiras. Esta ação teve assinatura da organização das festas “Revenge Of The 90s”.
 
 
A RESIDÊNCIA CONTINUOU
 
 
Ficou sempre a cargo de inaugurar as Somersby Pool Parties. Francisco Praia, DJ residente daquele palco, apresentou mais uma vez vários sets dos mais diversos estilos musicais, que proporcionaram momentos únicos ao som de ritmos dançantes até sensivelmente ao pôr-do-sol.
 
 
NOVENTEIROS QUE SABEM FAZER A FESTA
 
 
Se és fã das eternas músicas dos anos 90 então não podes perder a próxima festa “Revenge Of The 90s”. Van Breda, Galão com Coca e André Henriques foram os DJs encarregues de recordar todos os festivaleiros que nos anos 90 também se fazia boa música. Ao longo da noite, com o tema “Welcome to the Jungle”, muitos foram os momentos em que se recordou a música, a televisão e figuras marcantes da época, com direito a convidados especiais como os Ena Pá 2000, ou os Haddaway. 
 
 
OS IRMÃOS DA ELETRÓNICA
 
 
The Chemical Brothers dispensam qualquer tipo apresentações. Deram um espetáculo único, ao som dos seus mais famosos êxitos, os irmãos apresentaram um show repleto de efeitos especiais no Palco Mundo que deliciou todos os festivaleiros amantes de música eletrónica.
 
 
O HIP HOP PELAS MÃOS DE DJ BIG
 
 
Uma das sunset parties da piscina da Somersby ficou a cargo de DJ Big. O artista português ofereceu um set recheado de sonoridades hip hop e todas as suas vertentes, fazendo dançar todos os presentes.
 
 
ISABEL FIGUEIRA: DA TELEVISÃO PARA OS PRATOS
 
 
Para quem pensa que a Isabel Figueira é apenas uma figura da televisão, engane-se. A artista portuguesa tem investido também na arte do djing e animou a piscina da Cidade do Rock, com um DJ set bastante versátil, para todos os gostos e idades.
 
 
DIEGO MIRANDA, A DOBRAR
 
 
Após o cancelamento de última hora dos Karetus, que não aceitaram as mudanças de horários devido à transmissão do jogo da Seleção Portuguesa de Futebol, Diego Miranda teve direito a um set alargado. Mais uma vez, o DJ e produtor português que se prepara para aterrar no Tomorrowland, pôs todos os seus fãs a dançar e a saltar.
 
 
PRODÍGIO BRASILEIRO
 
 
Vintage Culture foi o responsável de encerrar a edição deste ano do Rock in Rio Lisboa, no palco Music Valley. Sempre acompanhado de vários efeitos especiais, fogo e CO2, o artista brasileiro apresentou um set que recebeu nota positiva na pista de dança do festival.
 
 
Até 2020, Rock in Rio Lisboa!
 
 
Publicado em Reportagens
Enquanto rádio oficial do Rock in Rio Lisboa 2012, a Mega Hits informa que estará 45 horas em directo a partir do festival, que começa na próxima sexta-feira, dia 25 de Maio. “Instalado no maior T0 do Parque da Bela Vista, o estúdio vai receber durante os cinco dias ouvintes, fãs, artistas, músicos, actores, desportistas, modelos e VIP.

Além do estúdio e da área técnica, o stand conta com uma área VIP com zona lounge para os convidados, com vista panorâmica para o Palco Mundo”, indica a estação do grupo R/Com. André Henriques, Teresa Alves, Guilherme Fonseca, Filipa Galrão, Catarina Figueiredo, Daniel Fontoura, Letícia Pinheiro e David Carronha irão assegurar as emissões.

Por outro lado, também a SIC, enquanto parceira do evento de música, aposta numa emissão especial “quase exclusivamente no feminino e com o maior grupo de apresentadoras jamais convocado para um evento”. Assim, ao longo dos cinco dias, estarão na antena da SIC Radical, SIC Mulher e SIC K, Raquel Strada, Vanessa Oliveira, Carolina Patrocínio, Ana Rita Clara, Carolina Torres, Diana Bouça-Nova, Inês Folque, Ana Ventura, Maria Botelho Moniz, Marta Gil, Cindy Barardo e Joana Gama. Os apresentadores João Paulo Sousa e Nuno Casanova, vencedor do casting Rock in Rio, integram também a equipa.

“As transmissões de concertos propriamente ditas estão ainda sujeitas a confirmação, mas já se prevê que muita música chegará em directo a casa de todos os portugueses que não puderem estar presentes na Cidade do Rock”, diz a estação de Carnaxide, sendo que “os canais SIC K e SIC Mulher também terão emissões em simultâneo em dias ainda a definir”.
 
Publicado em Rock in Rio
Pág. 1 de 8
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.