09-07-2020
  Diretor Ivo Moreira  \  Periodicidade Diária
Miami é todos os anos palco de um dos maiores eventos de música eletrónica a nível mundial: o Ultra Music Festival. Inserido na Winter Music Conference, o festival junta na mesma cidade DJs, produtores, agências, editoras e várias pessoas da área da música, onde são apresentados novos temas e projetos a cada ano que passa.
 
O primeiro Ultra Music Festival aconteceu em 1999, com a duração de um dia, num local diferente dos dias de hoje. South Beach, em Miami, era o sítio escolhido pela organização, fundada pelos empresários Russel Faibish, Bruce Braxton e Alex Omes, falecido no ano passado. No ano de 2006, devido ao seu crescimento em larga escala, o festival passou a ter a duração de dois dias, já no local atual, no Bayfront Park, a zona baixa de Miami. 
 
Esse crescimento deve-se também ao livestream feito através do Youtube, no canal UMFTV para todo o mundo, aumentando a sua notoriedade. A partir do ano 2007, o Ultra Music Festival começou a sua expansão para outros países. Espanha (Ibiza), Brasil, Argentina, Coreia do Sul, Chile, Croácia, África do Sul, Colômbia, Japão, Paraguai, Tailândia, Bali e Macau são alguns dos locais por onde o evento já passou e irá continuar a ser realizado. 
 
Este ano, o Ultra Music Festival acontece entre os dias 27 e 29 de março, em Miami. O cartaz de luxo, composto com alguns dos melhores artistas a nível mundial, inclui também RAC, um português, que sobe ao palco do evento no dia 27 de março. As rádios SiriusXM e UMF Radio irão transmitir os sets de vários artistas, bem como entrevistas exclusivas.
 
O Portal 100% DJ entrevistou em exclusivo alguns portugueses que irão viajar até Miami para vivenciar o Ultra Music Festival de 2015.
 
Filipe Pereira tem 27 anos e viaja pela primeira vez para Miami desde Oliveira de Azeméis. Para ele, a sua presença no festival é a “realização de vários sonhos, num só sítio”, e a nível de adereços levará camisolas da seleção nacional, do clube de fãs do Armin van Buuren, do Space Ibiza e a bandeira portuguesa na sua bagagem. Um dos espetáculos que mais quer ver é de Dash Berlin e afirmou ainda que em Portugal não há condições “para um festival de tal envergadura, tanto a nível logístico como financeiro”. O investimento feito para a viagem de sonho foi feito “com muito sacrifício” e muita vontade.
 
 
Natural do Porto, Cristina Lima, de 31 anos, parte em direção ao Festival de Miami pela segunda vez. As suas expetativas “são sempre altas”, pois “é um festival fantástico, enquadrado dentro da cidade de Miami, o que lhe dá um ambiente espetacular”. Cristina tem conhecimento da atuação do português RAC e está “ansiosa por vê-lo ao vivo”, porque “será um orgulho erguer a nossa bandeira na frontline!”. Na sua mala de viagem, “para além do bilhete e da nossa bandeira”, estão também “um bom par de sapatilhas, protetor solar e uma mochila com depósito de água”, um objeto que considera “essencial”. Entre os artistas que mais quer ver ao vivo, destaca a dupla Axwell /\ Ingrosso, no local onde “estamos todos unidos pela cultura da EDM”. Em relação ao Ultra, Cristina afirmou que “não é só o cartaz que conta”, destacando “as condições de segurança, higiene e organização” do mesmo. Em relação ao público alvo, deve ser um conjunto de pessoas “que viva a música”, para não tornar o evento num “festival de adolescentes” que pensam que são “umas férias para estarem com os amigos fora de casa”. Além de ir a Miami, Cristina vai também ao Tomorrowland e ao Ultra Music Festival na Croácia, pois “com planeamento e organização tudo se consegue”.
 
Diogo Lobo é um português de 34 anos, que vive na Dinamarca, e embarca este ano pela primeira vez em direção ao Ultra, apesar de já ter estado presente na Winter Music Conference em 2011. A escolha deste festival deve-se aos artistas, à “variedade de estilo” de música eletrónica, à “praia, calor e a um ambiente multicultural”. Kygo, Gordon City, Odesza, Armin van Buuren e Eric Prydz são alguns dos artistas que tem mais curiosidade em ver, mas “com sete ou oito palcos a atuar ao mesmo tempo, o difícil vai ser escolher quem ver/ouvir”. Para isso, vai “imprimir um horário e definir previamente” a quais pretende assistir. Diogo leva consigo “a carteira, protetor solar, óculos de sol e talvez um boné”, referindo ainda que “não há muito espaço para levar coisas, pois as regras de segurança são muito restritas”. Apesar do território português ter muitos eventos de música durante o verão, “um festival destes faz falta em Portugal, pois seria um estilo alternativo e um público bem mais internacional do que é habitual”. O investimento feito para ir a este Festival “para a maioria das pessoas que vivem e trabalham em Portugal não é fácil, pois tem um peso elevado no orçamento das pessoas”.
 
Vive na capital portuguesa, tem 26 anos e chama-se Armando Gomes. O lisboeta estreia-se este ano no Ultra. Bandeiras de Portugal e calções de praia são alguns dos objetos escolhidos para o acompanharem na viagem, enquanto vai ver alguns dos seus artistas favoritos: Armin van Buuren, Carl Cox, Eric Prydz, Axwell /\ Ingrosso, Kygo, Krewella e Knife Party. Em relação a Portugal, Armando tem a opinião de que “temos condições” para receber um festival deste género, afirmando que o “Ultra Europe bem poderia ser realizado cá”. Para realizar este sonho americano, o jovem revelou que “não é fácil”, pois “estamos a falar de mais de 1000 euros, só entre a viagem de avião e o bilhete do festival”, além do 
“alojamento e os gastos com comida”. Para poupar um pouco, Armando confessa que “requer um controlo orçamental relativamente rigoroso, mas, como é óbvio, um sonho é um sonho e quem corre por gosto, não cansa!”.
 
Com expetativas “muito altas, uma vez que o local é Miami”, Tiago Gomes, de 29 e natural de Cucujães (Oliveira de Azeméis), leva essencialmente alguns dólares, a moeda americana, que certamente lhe irão fazer muita falta. Hardwell e Armin van Buuren são os seus artistas de eleição e não quer perder a sua atuação. Tiago preferiu o Ultra Music Festival ao Tomorrowland “por ser no local que é” e considera que Portugal precisa de um festival do mesmo género.
 
 
 
 
Publicado em Mix
Os governantes de Miami, cidade do estado americano da Flórida, vão debater esta quinta-feira, se permitem ou não a realização do segundo fim-de-semana (Phase 2), previsto e já anunciado pela produção do gigantesco evento de música electrónica Ultra Music Festival, para os dias 22, 23 e 24 de março.
 
Em 2012 os bilhetes para os três e únicos dias de evento esgotaram em poucas horas. Possivelmente esse facto pesou na decisão da produção em alargar o evento para mais um fim-de-semana de música. No entanto essa decisão não agradou aos moradores e empresários da cidade. Os mesmos afirmam que a realização do evento no Bayfront Park levará a perturbações de ruído e tráfego, que influenciam a estrutura da própria cidade e funcionamento dos ecossistemas. Os distúrbios e a desordem causada pelos festivaleiros, estão também em cima da mesa.
 
O documento se for aprovado pela autarquia da cidade, limita a 15ª edição do Festival a apenas um fim-de-semana. O responsável por este assunto - Vice-Presidente Marc Sarnoff - até ao momento, não teceu comentários à comunicação social.
 
A "Phase 1" do evento decorre nos dias 15, 16 e 17 de março e já estão confirmados os mais importantes nomes da música de dança, tais como Tiësto, David Guetta, Armin van Buuren, Avicii Above & Beyond, Afrojack, Bassnectar, Calvin Harris, Carl Cox, Fatboy Slim, Kaskade, Knife Party e Richie Hawtin.
 
Recorde-se que em 2012 passaram pelo festival cerca de 150 mil pessoas de todo o Mundo, divididas por três palcos que representavam diferentes sonoridades musicais. Avicii, David Guetta, Skrillex e Fatboy Slim foram apenas alguns dos artistas que passaram pelo Ultra 2012.
 
 
Publicado em Ultra Music Festival
O habitual livestream do Ultra Music Festival, que decorre em Miami nos próximos dias 27, 28 e 29 de março, foi hoje anunciado, incluindo os horários das transmissões.
 
As rádios SiriusXM e UMF Radio vão reproduzir em direto os sets de vários artistas que compõem o cartaz da edição deste ano do festival americano, bem como entrevistas exclusivas. A transmissão ao vivo com imagens pode ser vista no site Twitch.tv, a partir de sexta-feira, às 20 horas.
 
Martin Garrix, que vai atuar no palco principal do festival, é a cara do anúncio publicitário deste livestream. Também presente no line up está o portuense RAC, que terá o apoio de cinco portugueses que vão viajar até Miami.
 
Confere abaixo os horários das transmissões:
 
  • Sexta-feira: 20h00 às 04h00
  • Sábado: 19h00 às 04h00
  • Domingo: 19h00 às 03h00

 

 

Publicado em Ultra Music Festival
A edição deste ano do Ultra Music Festival acaba de ser cancelada devido ao vírus covid-19, segundo a imprensa internacional. O festival de música eletrónica ia decorrer entre os dias 20 e 22 de março em Miami.
 
A decisão foi tomada hoje, após uma reunião entre a organização do festival e o presidente de Miami, Francis Suarez. Até ao momento, a organização ainda não divulgou nenhum comunicado.
 
Este foi o segundo evento da família Ultra a ser cancelado devido ao novo coronavírus. Esta terça feira, a edição de Abu Dhabi, que iria começar amanhã, foi cancelada “por restrições de viagens impostas por alguns países e companhias aéreas, para indivíduos e grupos”, revelou a organização.
 
Esta é a primeira vez que o festival é cancelado desde a sua primeira edição, em 1999. O festival tem capacidade para acolher cerca de 55 mil pessoas por dia e contava, este ano, com as atuações de Major Lazer, Kygo, DJ Snake, Martin Garrix, entre muitos outros.
 
Os Estados Unidos da América já contam com 9 mortes e mais de 100 pessoas infetadas com o vírus covid-19. O coronavírus soma mais de 95,180 infetados, 3,254 mortes e 51,443 pessoas recuperadas a nível mundial.
 
Atualização (6 de março, 21h40): A organização do Ultra Music Festival emitiu logo um comunicado oficial acerca do cancelamento do festival, através da página oficial de Facebook do evento, lamentando a decisão do presidente de Miami e informou os festivaleiros que irão ser contactados através de e-mail a partir de segunda-feira, para procederem à devoluçao do dinheiro dos bilhetes.
 
O Ultra Music Festival regressa a Miami em 2021, entre os dias 26 e 28 de março.
 
Publicado em Eventos

 
Dia 7
 
Segundo dia de Ultra. A manhã é passada a descansar porque hoje o recinto abre ao meio dia. Entramos e vamos ver Fedde Le Grand no mainstage. Depois, andámos a percorrer todos os palcos e fomos até ao merchandising comprar umas lembranças.
 
Adorei o set do Tiësto e, para mim, o momento alto foi mesmo quando a mulher subiu ao palco. Foi arrepiante. Vimos também Jauz, Alan Walker e Afrojack. Fomos até ao palco Resistance ver o rei Carl Cox. Nunca desilude. Fomos até ao palco para ver Kevu e regressamos ao mainstage para o grande show dos The Chaimsmokers. Encerrou o segundo dia de Ultra.
 
Regressámos a casa para descansar porque amanhã será um dia histórico: o regresso do trio Swedish House Mafia aos palcos.
 
Publicado em Ultra Music Festival
O DJ e produtor português Pedro Carrilho assinou recentemente o tema "Jungle Queen" pela Dharma Worldwide, editora de KSHMR pertencente à Spinnin' Records. Esta faixa teve a sua estreia no passado mês de março no mainstage do Ultra Music Festival pela mão do britânico Jonas Blue e trata-se de uma colaboração com Patrick Moreno (POL) e Dennis Cartier (BEL) que certamente fica no ouvido dos fãs do tribal-house. No passado fim-de-semana, no festival Tomorrowland, Jonas voltou a colocar no seu set o remix de "Fast Car" faixa também assinada por Pedro Carrilho.
 
"Há mais algumas novidades com a editora, para já posso apenas adiantar que, para os adeptos da produção, estará disponível um vídeo in the studio no website da Dharma Worldwide, bem como um sample pack contendo elementos utilizados nesta faixa. É muito interessante fazer uma edição desta forma, pois estamos não só a disponibilizar música nova, mas igualmente a contribuir para a comunidade da Dharma / Spinnin, que é cada vez mais global!"

As novidades não ficam por aqui e Carrilho confirma também que há um novo club banger em parceria com Mixtec a sair pela Armada Music. O artista refere que "depois de tocado no radioshow de Tiesto e Fedde Le Grand, começámos a receber diversas mensagens de top DJs internacionais a requisitar uma promo. Por questões de contrato ainda não podemos anunciar data de lançamento, mas a expectativa é bem alta e o feedback tem sido extraordinário."

No próximo mês de agosto, o artista que ocupa a posição número 15 do TOP 30 nacional, terá uma agenda preenchida com atuações em Peniche, Vimioso, Pousade, Serpa e na Guarda.
 
Publicado em Artistas
O Ultra Music Festival em Miami, que decorrerá entre os dias 27 e 29 de março, fechou hoje o line up da edição de 2015, onde consta um nome português.
 
RAC é o nome artístico de André Allen Anjos, nascido no Porto, mas vive atualmente em Portland, nos Estados Unidos da América. Uma das suas especialidades são os remixes de grandes artistas como Lady Gaga, Katy Perry, Kings Of Leon ou Lana Del Rey. Recentemente lançou um álbum de originais pela Cherrytree/Interscope Records intitulado “Strangers”, onde estão incluídos os singles “Let Go”, “Hollywood” e “Cheap Sunglasses”.
 
O artista português faz parte do line up do Ultra Music Festival em Miami, subindo ao Live Stage no dia 27 de março. RAC também irá atuar na edição americana do Coachella, nos dias 12 e 19 de abril.
 
No cartaz do festival americano estão ainda incluídos nomes como Afrojack, Alesso, Armin van Buuren, Avicii, Axwell /\ Ingrosso, Carl Cox, David Guetta, Eric Prydz, Hardwell, Knife Party, Nicky Romero, Skrillex, Martin Garrix, Steve Angello, Tiesto, Steve Aoki, entre outros. Podes consultar a lista completa no site oficial do evento.
 
Publicado em Ultra Music Festival
Armin van Buuren, Axwell /\ Ingrosso, Hardwell e Martin Garrix são os cabeças de cartaz da edição do Ultra Music Festival da África do Sul, que vai decorrer nos dias 13 e 14 de fevereiro, na Cidade do Cabo e em Joanesburgo, respetivamente.
 
Outros nomes como a dupla DVBBS, Oliver Heldens e DJ Fresh também foram confirmados para a segunda edição africana do Ultra Music Festival.
 
A organização considera o evento como o “maior festival de música da história de África” e está prevista a presença de 40 mil pessoas.
 
Confere abaixo toda a programação:

 

 
Publicado em Eventos
O design do palco do Ultra Music Festival deveria estar no segredo dos deuses, mas foi acidentalmente divulgado por Martin Garrix, através de uma fotografia publicada na sua página oficial de Instagram.
 
Na foto, o DJ e produtor holandês aparece junto da sua equipa, que preparam os efeitos de iluminação e vídeo. É possível observar nos ecrãs a maquete do palco do Ultra Music Festival, com os testes dos efeitos que irão ser utilizados.
 
Em entrevista ao website Your EDM, Martin Garrix revelou que irá reproduzir no seu espetáculo do primeiro dia do Ultra Music Festival, 8 ou 9 faixas inéditas, que fazem parte do seu álbum de estreia com data de lançamento marcada para abril. O festival de Miami vai decorrer entre os dias 18, 19 e 20 de março, com o português Diego Miranda no cartaz.
 
 
Publicado em Ultra Music Festival
sexta, 23 março 2018 19:26

Miami Music Week: Dia 5 - Praia & festa!

 
Dia 5
 
Este calor sabe tão bem que só apetece passear pelas ruas e percorrer as praias! Foi mais um dia de praia e de apanhar muito sol.
 
Nota-se uma maior afluência de pessoas nestes últimos dias, mais concretamente festivaleiros dos 4 cantos do Mundo que vêm para o Ultra Music Festival. Já se sente um ambiente de festa.
 
Nos céus, avistam-se várias avionetas com publicidade dos diversos clubes com os maiores nomes dos DJs internacionais: Hardwell na Liv; Dash Berlin, Nervo e Deorro na E11even; Marshmello na Stor, entre muitas outras festas. Miami está repleta de festas a toda a hora. É o paraíso para qualquer fã de música electrónica.
 
A noite promete! Vamos até ao Ora NightClub com Nicky Romero como cabeça de cartaz. Foram várias as surpresas tais como Sunnery James & Ryan Marciano assim como Fedde le Grand. Também Matisse & Sadko marcaram presença.
 
É por isso que as noites de Miami me fascinam. Pensamos que vamos ver um DJ e no fim, aparecem uma 3 ou 4 a tocarem juntos. Já são 5h e temos de descansar porque amanhã começa o tão aguardado Ultra!
 
Publicado em Ultra Music Festival
Pág. 1 de 6