22-11-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

segunda, 21 maio 2012 19:25

Cidade do Rock está quase pronta

A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo apresentou hoje a Cidade do Rock e as infraestruturas que dela fazem parte nesta edição. Faltam apenas 4 dias para o início da grande festa e o público pode ficar a conhecer desde já os espaços que vai poder encontrar a partir de sexta-feira no Rock in Rio-Lisboa 2012.

O espaço único do Parque da Bela Vista, em Lisboa, com 200 mil metros quadrados volta a ser o local escolhido para receber o mais espetacular parque de diversões da música nos dias 25 e 26 de maio e 1, 2 e 3 de junho. Acessos, alimentação, segurança, saúde, luz, som e serviços de apoio, tudo foi pensado ao pormenor para proporcionar ao público momentos inesquecíveis.

Para além da música, a organização do Rock in Rio-Lisboa 2012 preocupa-se em oferecer um espaço confortável e de qualidade durante os cinco dias do evento. Com abertura às 16h00 e encerramento às 04h00 da manhã, a Cidade do Rock garante 12 horas de festa.
 
O Rock in Rio-Lisboa 2012 vai apresentar cerca de 140 artistas, entre bandas, DJs, bailarinos e artistas de rua. Os bilhetes custam 61 euros e dão direito a utilizar todas as diversões, assistir aos espetáculos e passar um dia verdadeiramente inesquecível. O público terá apenas de pagar pela alimentação, bebidas e as compras que queira fazer nos bares oficiais ou numa das 20 lojas presentes na Rock Street.
 
Publicado em Rock in Rio
terça, 23 novembro 2010 21:20

Nu Soul Family no casino de Lisboa

Os Nu Soul Family festejam um ano inesquecível com um concerto único no Casino de Lisboa no próximo dia 29 de Novembro. «Never Too Late To Dance» é o disco que se fala.

No mesmo dia o grupo recebe o galardão da MTV para «Best Portuguese Act», a banda sobe ao palco para uma festa que promete muitas surpresas. O prémio comprova um ano repleto de muito sucesso, com concertos por todo o país e nos festivais de verão.

«This is For My People» e «I Believe» são as portas de entrada para o disco de estreia «Never Too Late To Dance», editado em Abril de 2010.
Publicado em Artistas
quarta, 14 janeiro 2015 22:50

Talkfest revela novas confirmações

A organização da edição de 2015 do Talkfest anunciou hoje mais elementos para a sua programação. Jameson de Lima (curador Coquetel Molotov - Brasil), Gonçalo Riscado (gestor cultural CTLisbon/Musicbox) e Sérgio Hydalgo (responsável pela programação do ZBD) são as novas apostas para este ano.
 
Foi também revelado um novo seminário, intitulado de “Eficiência Energética em festivais”, que será ministrado pela EE Music e a exibição do documentário “Message to Love – The isle of Wight Festival”, com imagens dos anos 70. Em breve será divulgada toda a programação do Talkfest, que decorre de 4 a 6 de março, no Instituto Superior de Economia e Gestão e no Musicbox, em Lisboa.
 
Os bilhetes para o Talkfest’15 já se encontram à venda para o público em geral, a 70 euros (ficando mais tarde a 100 euros) e para os documentários e concertos as entradas têm um preço de 4 e 8 euros, respetivamente. O passe geral do evento, através do apoio da APORFEST – Associação Portuguesa de Festivais de Música, será gratuito para os associados profissionais e empresas, permitindo um desconto de 25% ao resto dos associados e estudantes universitários (número limitado de passes com obrigação de requisição prévia à organização do Talkfest).
 
Confere a programação do Talkfest revelada até ao momento:
 
Conferências:
  • Peter Smidt (Eurosonic – Holanda)
  • Joe Blackman (Collection 26 – Reino Unido)
 
Oradores:
  • Catarina Vaz Pinto (Câmara Municipal de Lisboa)
  • Francisco Viana (Caixa Geral de Depósitos)
  • Jamerson de Lima (curador Coquetel Molotov – Brasil)
  • Gonçalo Riscado (CTLisbon/Musicbox)
  • Joaquim Judas (Câmara Municipal de Almada)
  • José Barreiro (NOS Primavera Sound)
  • Karla Campos (Sumol Summer Fest)
  • Luís Ferreira (Bons Sons)
  • Maria João Santos (Instituto Superior de Economia e Gestão)
  • Mário Lopes (Público)
  • Miguel Ângelo
  • NBC
  • Paulo Campos Costa (EDP)
  • Rita Redshoes
  • Sérgio Hydalgo (Galeria Zdb)
  • Vera Marmelo (fotógrafa)
 
Moderadores:
  • Daniela Santiago (RTP)
  • Gonçalo Castro (RTP)
  • Joaquim Quadros (Vodafone FM)
  • Miguel Cadete (Blitz/Expresso)
  • Rui Santos (Antena 3)
 
Concertos:
  • D’Alva
  • NBC
  • Thunder & Co
 
Documentários:
  • “Message to Love – The isle of Wight Festival”
 
Seminários:
  • Financiamento Europeu para a Cultura, powered by Europa Criativa (4 horas)
  • Eficiências energética em festivais, powered by EE Music (4 horas)
  • Estratégia Digital VS Festivais, powered by EDIT (4 horas)
 
Publicado em Eventos
É um dos nomes da dance scene nacional que todos devem ouvir, ver e lembrar. Com uma carreira além fronteiras, Moullinex pisou o palco Music Valley na edição deste ano do Rock in Rio Lisboa numa atuação energética que pôs todos os presentes a dançar. O Portal 100% DJ esteve à conversa com o artista português nos bastidores do  evento e além da sua carreira, falou-nos sobre as suas parcerias e ainda do seu novo tema editado pela famosa Majestic Casual.
 
Como surgiu a oportunidade de criares remixes para os Two Door Cinema Club ou Cut Copy?
Comecei por fazer remixes não oficiais. Colocava-os online e comecei a ter alguma atenção em blogs, com pedidos para remixes oficiais. O primeiro grande remix foi o dos Cut Copy e mudou muita coisa, começaram a chamar-me aqui e ali para tocar e fazer remisturas. Com os Two Door Cinema Club surgiu nesse mesmo contexto, foi a editora deles que fez o convite. De facto, fiquei muito contente com esse início, foi uma grande ajuda para tudo o que faço agora.
 
Juntamente com Xinobi, és proprietário da editora Discotexas e já trabalharam muitas vezes juntos. O que vos ligou?
Desde o início do projeto Moullinex que eu trabalho com o Bruno (Xinobi), em “modo ping-pong”. Na altura em que eu lhe comecei a falar foi quando ele estava numa banda de rock português, a Vicious Five, que eu gostava muito e quis fazer uma remistura deles. Quem me respondeu ao pedido foi o Xinobi, que era o guitarrista. A partir daí começámos o nosso processo de “ping-pong” que nos motivou muito e então fazia todo o sentido criar a editora. Nós somos praticamente irmãos e vejo-o como um irmão mais velho e o projeto da editora acabou por fazer todo o sentido, para podermos editar a nossa própria música com aquela excitação da ingenuidade, de achar que era tudo muito fácil. É claro que nem sempre é. Fazemos edições digitais e físicas, em vinil e CD, mas editar música digitalmente hoje é muito fácil. Temos a sorte de ter muita gente por todo o mundo que nos apoia.
 
 
Como é aceitar um convite de pisar palcos de grandes festivais como o NOS Primavera Sound ou o Rock in Rio?
É com muito empenho, sobretudo numa altura em que me colocam a tocar em horários nobres e então é um privilégio muito grande. Normalmente respondo a estes desafios com muito trabalho e quero sempre dar o melhor de mim e o melhor espetáculo possível.
 
E o público adere, certamente...
Sim. Tem sido assim e é muito bom sentir esse carinho.
 
Fala-nos do teu tema mais recente, “Dream On”, editado pela Majestic Casual.
Essa editora começou como um canal de Youtube, normalmente com uma fotografia nos vídeos de uma menina bonita ou de um pôr-do-sol, mas depois ficou associada a um certo estilo de música mais chill e alguma eletrónica mais etérea. Na altura, eu tinha esse tema terminado e queria editá-lo o mais rápido possível. A editora mostrou interesse imediato, uma vez que já tinham publicado alguns temas meus e decidimos experimentar. Não queria ter a pressão de associar a música a um álbum ou numa edição mais longa. Tem corrido muito bem. Estou contente.
 
 
O que podes desvendar acerca da tua carreira a curto prazo?
Ainda estou a tocar muito este álbum que saiu em outubro. Acho que funciona muito bem em espetáculo ao vivo com banda e o Ghettoven a interpretar as diferentes personagens que são os cantores convidados. Estou a trabalhar em faixas novas, apesar de ainda não saber se serão apenas singles ou se irei incluir num novo álbum. Tenho uma linha de montagem quase alinhada de coisas para sair e não quero estar à espera de ter 20 músicas prontas para editar um álbum. Vou lançando músicas à medida que elas estiverem prontas e se for caso disso, editá-las. Se depois fizer sentido, ou não, incluí-las num álbum logo decido. Mas, por causa de vir também do mundo da pista, gosto muito de álbuns porque cresci a ouvir artistas de álbuns mas, também venho do mundo das 12 polegadas e faz sentido que as coisas saiam depressa. É uma tirania ter uma música pronta e ter de esperar 5 ou 6 meses para que elas saiam e então gosto de subverter esse processo. Como somos donos da nossa própria editora e donos do nosso destino, temos recursos para o fazer. É um privilegio, claro.
 
Que mensagem gostarias de deixar aos leitores e seguidores do Portal 100% DJ?
Continuem a apoiar a música de dança feita em Portugal. Acho que estamos num momento muito saudável da música de dança portuguesa e é bom sentir isso tanto a falar com público mais jovem como os da velha guarda. Apesar de já não me sentir desta geração, admiro os dois lados e sinto-me um bocado no meio disto tudo. É bom sentir que estamos a viver um momento muito saudável e os artistas estão muito bem representados nos festivais nacionais e internacionais. Para mim, é um privilégio que haja também pessoas interessadas em cobrirem o que está a acontecer, como vocês, e desejo o meu maior apoio para o vosso trabalho.
 

Publicado em Entrevistas
A dupla de DJs oficiais da RFM, Rich & Mendes, completam o cartaz do palco Music Valley do Rock in Rio Lisboa, com atuação marcada para o próximo dia 30 de junho.
 
Os artistas portugueses juntam-se assim a Diego Miranda e a Vintage Culture para encerrar a oitava edição do festival. O palco Music Valley vai receber ainda Moullinex, DJ Vibe, Karetus, Kamala, Revenge Of The 90s e muitos outros.
 
Rich & Mendes são presença assídua no RFM SOMNII – O Maior Sunset de Sempre e já apresentaram várias faixas em conjunto como “Shiver” ou “Titti Groove”, além de três álbuns e dois DVDs ao vivo. Todas as semanas podes ouvi-los no RFM SOMNII Radio Show e na SOMNII Web Rádio.
 
Os bilhetes para a edição deste ano do Rock in Rio Lisboa encontram-se à venda com preços entre os 69 e os 117 euros.
 
Publicado em Rock in Rio
segunda, 24 outubro 2011 19:24

LMFAO trazem 'Party Rock' a portugal

Os LMFAO, o novo fenómeno de hip hop e electro pop que já invadiu as rádios de todo o mundo, têm agora passagem marcada para Portugal.
Os autores de “Party Rock Anthem” estarão em Portugal nos dias 16 e 17 de Janeiro, com concertos em Lisboa e Porto, respectivamente.

O duo californiano é uma das maiores surpresas no mundo da música, atingindo números extraordinários com o seu álbum “Party Rock” – posições cimeiras nas tabelas de singles, airplay e de vendas digitais, como é o caso de Portugal, onde marcam presença há já 22 semanas nas tabelas o single “Party Rock Anthem” está perto do Top 20 e o single “Sexy And I Know It” está a ser bem recebido pelos ouvintes.

Mas como contra factos não há argumentos, os números que os legitimam, para os mais cépticos, são os seguintes – mais de 250 milhões de views no Youtube.
Portugal está agora prestes a receber os LMFAO, já em Janeiro de 2012. E temos a certeza de que ninguém vai ficar indiferente.
Publicado em Artistas
A primeira vez da nova agência Double Date especialista em "Música Electrónica Sem Swings" - vai ser em Lisboa, no incrível cenário do Le Chat (Janelas Verdes), e já tem data confirmada. Será no próximo sábado dia 10 de novembro.

Os sunsets (ainda) têm muito encanto, e a Double Date promete conquistar e deixar-se conquistar por todos os amantes de boa dança que queiram festejar o melhor da musica eletrónica, ao som de um Tejo sempre azul.

Nesta data - 10 de novembro, das 17h às 03h - pede-se a todos, que reservem o dia e a noite para a estreia da Double Date, que conta também com a indispensável presença de todos os seus artistas - DJs - agenciados. São eles, Mário Valente, Glam Slam Dance, Fulano47, Sininho, Pan Sorbe, Valise D'Images, 447DJs, Rui Estevão, Señor Pelota, Ramboiage, Trol2000, Vahagn e o DJ Tony.
 
Faltar é pecado - Ir é ordem (aconselhada).
Publicado em Mix
Realizou-se ontem, sábado 12 de maio, a formação geral e específica dos 400 voluntários que vão integrar a equipa do Rock in Rio-Lisboa 2012. Cláudia Vieira, Embaixadora do Projeto de Voluntariado desta edição, deu as boas-vindas aos voluntários selecionados de entre 8.695 inscritos e apresentou-lhes a Cidade do Rock.

Após a ação de formação, os voluntários juntaram-se à equipa do Rock in Rio e a todos os fãs do evento que se inscreveram no site oficial (www.rockinriolisboa.sapo.pt) para compor um logotipo humano de 35 metros com cerca de 650 pessoas que formaram as palavras “EU VOU”.

Os 400 voluntários vão dividir-se por seções chave e dar um contributo indispensável à equipa durante a antecipação e concretização do evento, colaborando nas áreas de Gestão de Público, Assessoria de Imprensa, Área VIP e Áreas de Entretenimento da Cidade do Rock: Palco Mundo, Palco Sunset, Eletrónica Heineken, Rock Street e Street Dance.
 
Publicado em Rock in Rio
A capital portuguesa vai ser palco de um novo festival de música eletrónica no próximo ano. Nos dias 4 e 5 de março de 2016, o Lisboa Dance Festival estreia-se com Sven Vath, Moullinex, Xinobi e outros nomes que vão ser revelados em breve.
 
A produção do evento tem a assinatura da da Live Experiences, que escolheu a LX Factory como o espaço que vai receber a primeira edição do Lisboa Dance Festival, um conceito inovador que vai ter três áreas distintas: Music, Talks e Market.
 
Vários espetáculos de DJs nacionais e internacionais, debates, seminários, workshops, masterclasses, conferências e um mercado com a presença de diversas marcas e editoras são algumas das iniciativas confirmadas.
 
Os bilhetes já estão à venda na Blueticket, Fnac, Worten, Mediamarkt, El Corte Inglés, ABEP, Portimão Arena, Bilheteiras MEO Arena e no Turismo de Lisboa (aeroporto de Lisboa e Praça do Comércio) a preços entre os 20 (quantidade limitada) e os 50 euros.
 
Confere os nomes confirmados até ao momento:
 
  • Sven Vath
  • Motor City Drum Ensemble
  • Move D
  • Prosumer
  • Vakula
  • XDB
  • Glenn Astro
  • Daze Maxim
  • S. A. M.
  • Moullinex
  • Xinobi (live)
  • Niagara (live)
  • Blacksea Não Maya
  • DJ Lilocox
  • DJ Maboku
  • Magazino
  • Cruz
  • Rompante (live)
  • St. Joseph
  • João Maria
  • Jorge Caiado
  • Artivista
  • Tiago
  • Black
  • Cleymoore & Diogo Lacerda
  • De Los Miedos
  • Gonçalo
  • Zé Salvador
 
{youtube}uInltd4OkTQ{/youtube}
Publicado em Festivais
terça, 29 setembro 2015 15:36

Rock in Rio Lisboa anuncia datas para 2016

Após uma edição brasileira repleta de sucesso e de boa música, o Rock in Rio regressa a Lisboa no próximo ano, nos dias 20, 21, 26, 27 e 28 de maio de 2016 num formato especial para comemorar os 30 anos do evento.
 
“Agora, chegou a altura de celebrar junto com o público português e estamos, já, a preparar uma edição recheada de grandes momentos e muitas surpresas”, afirmou Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock In Rio.
 
A cidade do Rock lisboeta foi o primeiro país do projeto de internacionalização do evento e por lá já passaram mais de dois milhões de pessoas, desde 2004. Este ano o festival de música estreou-se nos Estados Unidos da América, em Las Vegas.
 
Por Lisboa já passaram grandes nomes da música eletrónica nacional e internacional como The Underground Sound Of Lisbon, Miss Sheila, Steve Aoki ou 2Many DJs.
 
{youtube}9ICIDdLwxp0{/youtube}
Publicado em Rock in Rio
Pág. 1 de 41
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.