25-01-2021
  Diretor Ivo Moreira  \  Periodicidade Diária

Altice Arena recebe festival de música adaptado à pandemia

Publicado em segunda, 14 dezembro 2020 21:24 | Escrito por
Altice Arena recebe festival de música adaptado à pandemia D.R.
A Altice Arena, em Lisboa, acolhe esta quinta e sexta-feira o Rádio SBSR.FM em Sintonia, um festival de música portuguesa que inclui concertos e conferências, adaptado à pandemia atual. O uso de máscara será obrigatório e em todo o recinto será disponibilizado álcool gel.

Ao longo dos dois dias e a partir das 17h15, pelos três palcos do festival vão passar artistas e bandas como ProfJam e benjiprice, Capitão Fausto, B Fachada, Papillon, Chico da Tina, Afonso Cabral, Paulo Bragança, Amaura, Sreya e o espetáculo "Closer Integral" - Joy Division 40 anos depois, que junta Flak, Alexandre Cortez, Luís San Payo, Filipe Valentim, João Peste e Nancy Knox.

Luís Montez, responsável pela promotora Música no Coração explicou que "era quase uma obrigação da Música no Coração ajudar a nova música portuguesa. Se os artistas consagrados estão a passar dificuldade, imaginem os emergentes, os novos, e muitos deles com trabalhos acabados de sair que ainda não tiveram oportunidade de mostrar ao vivo".

Para este evento está assegurada "a questão do afastamento". "A Altice Arena tem uma capacidade para 20 mil lugares e nós vamos trabalhar para cinco mil, um quarto da capacidade", disse Montez.

Os palcos estarão situados em três salas diferentes - Arena, Sala Tejo e Sala Fernando Pessoa - e o público poderá circular entre eles. "Há vários corredores e só vão ter um sentido. As pessoas entram por um lado e saem pelo outro, nunca há cruzamento", explicou o promotor.

Além da componente musical, o festival inclui seis conferências, subordinadas ao tema "A Indústria da Música no Contexto Atual" que decorrerão entre as 15 horas e as 17h15 e terão transmissão nas redes sociais. 

Durante o festival, será feita no local uma recolha de alimentos não perecíveis para a União Audiovisual, grupo informal criado em contexto de pandemia para ajudar trabalhadores do setor da Cultura.
Este artigo foi lido 374 vezes